Ana Beatriz, que passou atrás da caminhonete, chegou a ser levada para o Hospital de Urgência, mas morreu minutos depois. Pais estão sob efeito de sedativos.

Uma menina de apenas dois anos morreu após ser atropelada acidentalmente pela mãe. Ana Beatriz Pismel de Paula passava por trás do carro no momento em que a mãe dava ré para arrumar o veículo dentro da garagem. A tragédia ocorreu no bairro Morada do Sol, em Rio Branco. Muito abalada, a tia da menina Maria José Pismel, contou que Ana Beatriz chegou a ser levada para o Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), mas morreu minutos depois. “Ela estava dentro de casa [menina] brincando quando viu a mãe dela. Foi muito rápido. Eu não estava em casa, meu filho estava lá, viu tudo e está em choque. Ela não viu porque o carro é grande, é uma caminhonete alta. [Ana Beatriz] ainda gritou ‘mãe, mãe’ e correu por trás do carro”, relembrou emocionada.


O suspeito, identificado como Marcus Machado, negou à polícia que tenha cometido o crime e afirma que a relação sexual foi consensual.

Um homem de 34 anos foi preso suspeito de ter estuprado uma jovem de 18 anos dentro de uma boate no município de Jacobina, no norte da Bahia. O caso teria ocorrido na madrugada de domingo (31). O suspeito, identificado como Marcus Machado, negou à polícia que tenha cometido o crime e afirma que a relação sexual foi consensual.

Em entrevista, Karen Dantas, uma amiga da vítima, contou que ambas estavam na casa de shows com um grupo de amigos. Em determinado momento da madrugada, a jovem teria ido ao banheiro e demorado para voltar. “Achei estranho e fui procurar. Sentei um pouco para ver se ela vinha ao meu encontro. Tem uma área de lanches. Eu sentei lá. Aí, eu ouvi de longe a voz dela falando ‘para’. Quando vi, ela estava em um beco, na porta da saída de emergência, ele em cima dela. Ela estava ensanguentada”. Veja o Vídeo:


Com 47 ações totalmente executadas, Rui está à frente dos governadores de São Paulo (34 promessas cumpridas), Goiás (26), Maranhão (22) e Piauí (21).

Rui Costa continua sendo o governador que mais cumpriu as metas de gestão entre os anos de 2015 e 2017, de acordo com levantamento nacional divulgado pelo portal G1 nesta terça-feira (2). Em três anos, ele executou 68 medidas, total ou parcialmente, o que corresponde a 59,13% do total prometido na campanha eleitoral de 2014.


Stefhany Brito, 22 anos, foi espancada até a morte pelo companheiro, identificado pelo prenome “Alberto”, que agora é caçado pela Polícia do Ceará.

Policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) caçam um homem suspeito de assassinar a ex-companheira na madrugada desta terça-feira (2) e, horas depois, circular com o corpo da vítima na garupa de sua motocicleta até, finalmente, tentar ocultar o cadáver nas margens de uma lagoa. O crime brutal ocorreu no bairro Mondubim, na zona Sul de Fortaleza. Conforme o relato de moradores, no começo da tarde, o homem foi visto trafegando na sua motocicleta com o corpo da vítima, que apresentava muitas lesões compatíveis com espancamento. Ele chegou a parar algumas vezes para perguntar para populares onde poderia encontrar uma farmácia. A Polícia foi acionada e começou a procurar o agressor.