Familiares identificaram os corpos como sendo de traficantes que atuavam no morro Chapéu Mangueira, no Leme (zona sul).

| Estadão Conteúdo 

Seis corpos foram localizados pelo Corpo de Bombeiros entre pedras, numa região conhecida como Pedra do Anel, na Urca, zona sul do Rio de Janeiro, na manhã deste domingo, 10. Familiares identificaram os corpos como sendo de traficantes que atuavam no morro Chapéu Mangueira, no Leme (zona sul), e estavam desaparecidos desde sexta-feira (8). A identificação oficial deles não havia sido divulgada até às 13h30.


Um homem ficou preso em um buraco na parede ao tentar fugir de uma delegacia na cidade de Óbidos, no interior do Pará.

Ele chegou a ficar com parte do corpo para o lado de fora, mas não conseguiu escapar. De acordo com informações do G1, o resgate foi feito por policiais. De acordo com o delegado Thiago Mendes, o homem havia sido preso em flagrante por violência doméstica.

Enquanto esperava em uma sala para ser ouvido pelo escrivão, ele retirou um aparelho de ar-condicionado da parede e tentou escapar pelo buraco. O homem já responde a três processos pela prática de furto e agora deve responder por violência doméstica.


Uma guarnição,da 77,receberam informações dando conta, de um homem que se encontrava agonizando, chegando local ,na rua Machado Costa em um terreno baldio,foi constatado a veracidade.

De acordo publicado no Blog do Léo Santos, com a chegada do SAMU 192 foi constatado que a vítima já se encontrava em óbito, equipe da Polícia Civil foi acionada onde deu início às investigações, com a chegada da equipe do Departamento de Polícia técnica o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal onde passara por perícia.


O deputado federal Antônio Brito (PSD) recebeu, na tarde deste sábado (08) na cidade de Itororó, interior da Bahia, mais um importante apoio à sua candidatura nas eleições desse ano.

Desta vez foi o vereador Márcio Leandro (PSDB), o conhecido Léo Gás. No último pleito o edil foi o mais votado da cidade com 1.055 votos, que declarou apoiar a reeleição do deputado. Além de Léo Gás, vários vereadores e lideranças itororoenses integram o projeto político de Antônio Brito.

“Sinto-me honrado com o apoio deste valoroso vereador, sempre recebi o apoio desta querida terra e confio que com o apoio Léo Gás e destes amigos, passo a uma forte expectativa de crescimento da campanha em Itororó”, agradeceu o deputado. Segundo Brito, a previsão é de receber novos apoios nas próximas semanas. “Estou dialogando com outros Parlamentares e lideranças de Itororó”, comentou, ao demonstrar confiança no crescimento do seu projeto político na terra da carne do sol, para as eleições que se aproximam.

Com inúmeros apoios que o deputado vem recebendo, Brito deve ser o parlamentar mais votado da região, inclusive em Itapetinga, onde sua campanha será novamente coordenada pelo Presidente do PR local, Léo Matos e também pela ex-vice-prefeita de Itapetinga, Kátia Espinheira (PR).


Ficou sem acertador o concurso da Mega-Sena deste sábado (9).

Com isso, o novo concurso, o 2049, da Mega pode pagar R4 14 milhões na próxima quarta-feira (13). Segundo a Agência Brasil, não houve ganhador para as seis dezenas sorteadas do concurso 2048 da Mega – 10, 19, 26, 35, 38 e 39 – realizado em Goiás. De acordo com a Caixa Econômica Federal, a Quina teve 36 apostas ganhadoras com R$ 57.189,69 para cada uma.


A informação é da Polícia Militar. Não há detalhes do tempo de vida do bebê.

Um recém-nascido foi abandonado nos fundos de uma residência, na localidade conhecida como Projeto Pedra Branca, no município de Curaçá, no norte da Bahia. Os policiais militares da 45ª Companhia Independente de Policia Militar (CIPM) foram acionados por moradores, na manhã de quinta-feira (7), após a criança ser encontrada por populares.

No local, os PMs realizaram os primeiros socorros, e em seguida encaminharam a criança para o Hospital Municipal de Curaçá. Após atendimento médico, o bebê foi apresentado ao Conselho Tutelar do município e ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) para a adoção das medidas necessárias.

A polícia ainda não tem detalhes sobre o paradeiro dos pais da criança, nem das circunstâncias em que a criança foi deixada nos fundos do imóvel. // As informações são do G1


Um tenente coronel da Polícia Militar foi baleado na perna, na madrugada deste sábado (9), por um agente da Polícia Civil, no município de Ilhéus, nesta madrugada.

Segundo informações, o fato ocorreu na casa de evento Mar Aberto, localizada no bairro do Pontal, por volta das 02h30 da madrugada de Sábado, 09, durante um desentendimento entre o policial civil e o tenente coronel da polícia militar da Bahia.

O militar alvejado em uma das pernas foi socorrido por equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital Costa do Cacau. Lá, ele passou por procedimentos médicos e foi transferido para o Hospital da Bahia, em Salvador. O estado de saúde do tenente coronel é estável. Veja o Vídeo:


A criança foi baleada quando supostamente foi usada como “escudo humano” pelo pai que queria evitar a própria morte.

Um ex-presidiário foi assassinado e a filha de três anos baleada no abdômen e na cabeça durante um suposto acerto de contas. O caso ocorreu na última quinta-feira (07), no Residencial Recanto dos Pássaros, zona Sudeste de Teresina.

O morto foi identificado como Elinaldo José da Silva, 29 anos, conhecido como Vaqueiro. Ele estava preso na Casa de Custódia e havia sido posto em liberdade há cerca de um mês. O delegado que investiga o caso, Jarbas Lima, relatou que o pai da criança, vítima do homicídio, “discutiu com uma pessoa em uma boca de fumo e ‘teria dado um tapa’ no rosto dessa pessoa”. “Essa pessoa para se vingar voltou no período da tarde com mais duas pessoas e efetuou disparos contra o rapaz (que teria batido nele). A vítima acreditando que os indivíduos que o mataram não fossem atirar nele segurou a própria filho como escudo, mas mesmo assim ‘os elementos’ atiraram”.


O crime aconteceu na madrugada da última quinta-feira, 07/06, no bairro Cupim, zona rural de Ibiúna, interior de São Paulo.

O elemento André Pedreira de Oliveira, de 43 anos, estava em processo de separação da sua mulher. Ele abusou e matou a própria filha, Ana Ester, de apenas 8 anos, para fazer a esposa sofrer.

O elemento já havia sido preso por mais de 10 anos por outros crimes brutais.  Um dos crimes foi um violento abuso sexual contra uma mulher em são Bernardo dos campos, na região do ABC paulista. Ele ainda tentou matar a vítima. Ele também já havia sido detido por uma tentativa de estupro em Taubaté, no interior de São Paulo. Há cinco anos ele matou um homem na cidade de Ibiúna, região de Sorocaba, SP, com um golpe de machado. Assista a reportagem: