O ciclista Marcos Lima dos Santos, que morreu ao ser atingido por um caminhão na BR-153, é suspeito de matar, pouco antes do acidente, uma mulher num hotel de Goiânia.

Segundo a Polícia Civil, Geane Silva de Oliveira, de 32 anos, estava com duas perfurações no pescoço, além de ter sido encontrado veneno de rato próximo ao corpo. Marcos morreu por volta das 11h de domingo (17).

A Delegacia Estadual de Investigação de Crimes de Trânsito (Dict) informou que ele seguia pela contramão da BR-153, mudou bruscamente de pista e foi atingido por um caminhoneiro. O motorista disse que tentou desviar, mas não houve tempo hábil. Os policiais apuraram que o acidente aconteceu logo depois de Marcos sair do hotel em que estava com Geane.


Um ex-detento foi encontrado enforcado nesta terça-feira, 19, em uma das janelas externas do Fórum Comarca, na cidade de Itiúba (a 382 quilômetros de Salvador). A vítima foi identificada como Zacarias Carneiro da Silva, conhecido como “Zé Perninha”

Zacarias que já havia cumprido pena por homicídio temia voltar a cadeia - Foto: Reprodução | Blog Do Netto Maravilha

De acordo com informações do delegado Atílio Dias, titular do município, Zacarias já havia cumprido pena por homicídio, mas, atualmente não tinha envolvimento com a criminalidade.

A polícia suspeita da possibilidade de suicídio. Segundo informações, a vítima consumia bebidas alcoólicas abusivamente, chegando a mencionar que preferia morrer a ter que voltar para a prisão um dia.


Mesmo com a prisão preventiva decretada pela Justiça de Vitória da Conquista, nessa segunda-feira (19), o auto-proclamado pastor evangélico Edimar dos Santos Brito, 39 anos, não tem planos de se entregar. Pelo contrário.

Segundo informações de fontes, ele quer se manter na atividade, abrindo uma pequena congregação na região de Itapetinga, com apoio de antigos aliados de Potiraguá e Iguaí. Os fieis da região, onde Edimar tem bases e relações diretas com a comunidade, defendem o líder de todas as acusações e acreditam em sua inocência.

Edimar foi preso sob acusação de ter sido o mandante do duplo homicídio que teve como vítimas a pastora Marcilene Oliveira Sampaio, então com 38 anos, e da prima dela, Ana Cristina Santos Sampaio, 36.

Ele também foi apontado como autor intelectual da tentativa de homicídio contra o marido da pastora, Carlos Eduardo de Souza, 52. Para consumar os crimes, ele contou com ajuda do também auto-proclamado pastor evangélico Fábio de Jesus Santos, 36, apontado como participante direto nos assassinatos.


A família de Vitória Emanuelle Lamontanha, 17 anos, moradora do Jardim Bela Vista, em Iracemápolis – São Paulo está desesperada. A garota desapareceu na tarde deste domingo (17), em Limeira/SP.

De acordo com informações que foram passadas por Sandra Regina Lamontanha, mãe da jovem, a garota estava com o namorado que mora em Limeira, e acompanhou o rapaz até o emprego dele, por volta das 14h, em um supermercado que fica na Avenida Agostinho Prada. Vitória disse ao namorado que iria descer até o ponto de ônibus que fica próximo à hípica em Limeira, e retornaria para sua casa, porém não foi mais vista.

De acordo com a mãe, a menina não tem nenhum problema com vícios e nunca havia desaparecido. A família tentou contato por várias vezes através do celular, mas o telefone está na caixa postal. A jovem vestia uma blusa de manga longa xadrez, shorts jeans e uma mochila da banda Slipknot. A mãe procurou a polícia civil para registrar um boletim de ocorrência do desaparecimento. // Rápido no Ar


Uma jovem de 21 anos foi vítima de feminicídio na tarde do último domingo (17), no município de Imbaú, no Paraná.

Bianca Melo Matias foi asfixiada até a morte pelo marido, que de acordo com a polícia, ainda tentou mudar a cena do crime para forjar um suicídio. De acordo com a polícia, o homem, que não teve o nome revelado, afirmou que o casal teve um desentendimento que teria descambado em agressão. Eles teriam brigado e a vítima teria partido para cima dele com uma faca. O homem disse que estava com o filho de 1 ano e dois meses no colo, e que a criança foi atingida pela faca.

Depois disso, ele enforcou a mulher e tentou manipular a cena do crime. A Polícia Militar foi acionada e o marido, num primeiro momento, disse que “encontrou a mulher morta no sofá, que ela teria cometido suicídio”.