A mulher que deixou um bebê na porta de uma igreja católica, na semana passada, em Itajuípe, foi encontrada pela polícia. Ela é mãe do menino e contou que abandonou o filho porque não tinha condições de criá-lo.

De acordo com o delegado Josemar Chianca, titular de Itajuípe, a mulher, que não teve a identidade divulgada, prestou depoimento nesta sexta-feira (27). Além do bebê, ela tem mais oito filhos. A família mora na zona rural da cidade de Santa Luzia, a cerca de 100 km de Itajuípe. Segundo o delegado, a mulher foi liberada após prestar depoimento, porque não houve flagrante. Ela será indiciada por abandono de incapaz. Conforme o delegado Josemar Chianca, a mãe do bebê contou que tentou doá-lo, mas não conseguiu e, por isso, resolveu deixar a criança na igreja, com a esperança de que alguém o pegasse para criar.


Uma criança de apenas um ano e sete meses morreu na noite de sexta-feira (27/07), após uma vasilha de leite quente cair sobre ela.

O acidente aconteceu por volta das 21:30h, no Distrito de Iguatemi em Livramento, onde a vítima morava com os pais. Ela foi socorrida e encaminhada para a UPA 24h, mas não resistiu e veio a óbito depois de dar entrada na unidade.

Ainda segundo informações, a menina, de prenome Fernanda teria se aproximado e puxado um recipiente que armazenava leite fervente no momento em que a mãe fazia atividades domésticas. A vasilha estava em cima do fogão e teria virado acidentalmente, o líquido atingiu o rosto da criança.


Uma pessoa ficou levemente ferida em um acidente envolvendo um carro de passeio e um caminhão, por volta das 8h30, desse sábado (28), no km 21 do Anel Rodoviário de Vitória da Conquista.

Segundo relato de testemunhas, o condutor do caminhão, que transportava mudança, perdeu o controle da direção invadiu a pista contrária e atingiu o Fiat Uno que seguia no sentido oposto.

A pesar da gravidade do acidente, o condutor do carro de passeio sofreu apenas ferimentos leves. Os três ocupantes do caminhão saíram ilesos.


Uma jovem de 21 anos de idade, identificada como Karollayne França Gonzaga dos Santos foi assassinada a tiros na madrugada deste sábado (28/7), na rua G, no bairro Monte Azul, no município de Guanambi (BA).

De acordo com informações preliminares repassadas pela polícia, o ex-namorado da vítima, identificado como Breno Dourado Meireles, idade não informada, é o autor do homicídio. Ele já tem passagens pela polícia.

A motivação do crime ainda é desconhecida, mas segundo apuração feita pelo Portal Vilson Nunes, o acusado não aceitava o término do relacionamento.


O bebê que foi agredido pelo próprio pai e perdeu o lábio inferior em razão de mordidas está passando por testes alimentares no setor de nutrição do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), no Piauí.

A equipe da unidade de saúde tenta adequar uma dieta para a criança semelhante ao que ela vai encontrar na casa da família, assim que tiver alta, o que deve ocorrer em 3 dias.

“A criança está na previsão de alta e está fazendo testes alimentares. Ela deverá ter alta daqui até a próxima semana ou em dois ou três dias se aceitar a dieta”, disse o diretor do HUT, Gilberto Albuquerque.


TAILÂNDIA – Um bebê foi resgatado em Laos nesta sexta-feira (28/07), após ficar quatro dias sem comer, enquanto ficou agarrado a sua mãe, em cima de uma árvore cercada por água e barro.

Um vídeo feito por socorristas tailandeses viralizou nas redes sociais e está sendo considerado um símbolo da catástrofe que deixou ao menos 27 mortos e 130 desaparecidos no país asiático. A ruptura de uma hidrelétrica em construção na segunda-feira liberou 5 bilhões de metros cúbicos de água.

As imagens mostram a equipe de socorristas tailandeses inspecionando a região perto da aldeia de Xaydonkhong, onde desapareceram 15 pessoas. Veja o Vídeo do Resgate:


Um homem foi preso em flagrante após ameaçar matar o filho de três meses com um martelo.

A ação ocorreu depois que, embriagado, ele discutiu com a esposa em Santo Antônio do Descoberto, na Região Metropolitana do Distrito Federal. Um vídeo gravado pela Polícia Militar de Goiás mostra a negociação dos policiais com o homem para que libere o bebê.

Na gravação, o homem aparece sentado na cama com o filho no colo com um martelo na mão direita. No diálogo com um militar do 17º Comando Regional de Polícia Militar, o suspeito diz que a raiva da esposa e que ele “iria para o jogo”. Em seguida, o policial pede para conversar e ele nega. Outro policial entra na negociação. Veja o Vídeo: