Ele ficou trancado em um imóvel de madeira por cinco dias, segundo a Polícia Militar. Pai e mãe quando detidos, não informaram que tinham um filho.

Um menino de apenas três anos foi resgatado por policiais militares, na última quinta-feira (6), depois de ficar ao menos cinco dias sozinho, preso em uma casa em Praia Grande, no litoral de São Paulo. O local estava sujo e a criança se alimentava apenas com bolachas. Os pais dele foram presos por tráfico de drogas.


O crime aconteceu na tarde desta sexta-feira (07). A adolescente foi apreendida e passará por audiência de custódia em Cachoeiro do Itapemirim.

Pouco depois da discussão, a mãe e o padastro da menina, pai da vítima, saíram de casa, deixando a jovem e a criança na residência. Segundo as informações do delegado, por volta das 15 horas, disso ela teria tomado banho e, ainda irritada, pegou um machado que a mãe guardava embaixo da cama e golpeou a cabeça o irmão, que estava deitado de bruços assistindo televisão. Após o homicídio, a jovem ainda teria feito vários cortes no próprio corpo com o auxílio de uma faca.

Quando a mãe e o companheiro voltaram para casa, por volta das 17 horas, eles se depararam com a situação e tentaram socorrer o filho e o levaram para o hospital. No local, a médica de plantão constatou que a criança já estava morta. A Polícia Militar foi acionada pelo hospital.


Mais um crime envolvendo membros da mesma família é registrado em Vitória da Conquista. O primeiro caso envolveu neto e avô. Surtado, o homem cravou uma faca nas costas do idoso de 77 anos, que se encontra no Hospital Geral de Vitória da Conquista. Na madrugada deste domingo (9) veio a segunda ocorrência que resultou em morte.

Após desentendimento, dois irmãos entraram em confronto na Rua Teodoro Fonseca, bairro Ibirapuera. Ambos ficaram feridos. Um foi levado ao Hospital Geral pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Cosme Joaquim de Oliveira morreu no local. A 78ª Companhia Independente de Polícia Militar e Departamento de Polícia Técnica registraram a ocorrência.