Courtney Whithorn começou a roer unhas quando estava no ensino médio e sofria bullying. O mecanismo de defesa acabou virando um hábito. Depois, um vício. Em 2014, a inglesa que mora em Gold Coast (Austrália) chegou a arrancar toda a unha de um dos polegares.

Logo depois disso, ela notou que o dedo começou a escurecer. Mas Courtney conseguiu esconder o problema de parentes e amigos. Até que em julho deste ano, a inglesa, de 20 anos, foi diagnosticada com um tipo de câncer no polegar que tem ligação ao vício de roer unhas e aos traumas por ele provocados.


Resultado de imagem para nutricionista

Fazer dieta não é uma tarefa fácil. Para conseguir perder peso e ganhar massa magra, você precisa ficar atento aos vilões da alimentação.

De acordo com a nutricionista esportiva Priscilla Lima, o segredo do sucesso está na variedade e no equilíbrio. “As refeições devem ser balanceadas, com quantidades adequadas de proteínas, carboidratos e fontes de gordura boa”. 


Uma mulher, de 38 anos, morreu de overdose ao fazer sexo oral no médico Andreas David Niederbichler, de 42. De acordo com o site “Bild”, a denúncia foi feita pelo pai da vítima.

O pai afirma que a filha, a cabeleireira Yvonne M, não sabia que o médico colocou cocaína no pênis. O médico tratava a cabeleireira de tendinite e acabaram tendo um caso.


Depois do crime, a mãe e vizinhos iniciaram um linchamento do suspeito, porém, a PM chegou antes e conduziu o elemento para o Hospital de Base, depois para depoimento a delegada de plantão.

A Polícia Militar prendeu um homem identificado como José Nunes de Oliveira Filho, 58 anos, o “Padeiro”, natural de Uruçuca, morador do bairro Califórnia, em Itabuna. Ele é acusado de abusar sexualmente de uma menina de seis anos, com as iniciais M.A, que é sua vizinha. O crime ocorreu na noite de domingo (9), após uma partida de futebol.


O cantor descobriu o câncer no começo de 2017, ocasião em que afirmou que havia parado de beber e reduzido o número de cigarros que fumava… Morreu na tarde deste domingo (9), em São Paulo, aos 49 anos, o funkeiro Mr. Catra. Ele lutava contra um câncer no estômago e estava internado no Hospital do Coração (HCor)

A assessoria de imprensa do cantor enviou comunicado oficial sobre a morte. “É com enorme pesar que comunicamos o falecimento do amigo e cliente, Wagner Domingues Costa o Mr Catra, que nos deixou na tarde deste domingo, 09, em decorrência de um câncer gástrico. O cantor e compositor estava internado no hospital do Coração (HCor), em São Paulo, e já vinha lutando contra a doença. A informação foi dada a família pelo cirurgião oncológico, Dr. Ricardo Motta, por volta das 15h20 da tarde. Catra deixou três esposas e 32 filhos. Neste momento de sofrimento, agradecemos o carinho, cuidado e compreensão dos amigos da imprensa, e pedimos, gentilmente, para que respeitem o momento de tristeza da família”, diz o comunicado enviado pela assessoria de imprensa do funkeiro.


A criança, de aproximadamente 2 anos, escapou com ferimentos leves e mãe acabou morrendo presa nas ferragens do ônibus. Uma mulher de 27 anos morreu após um ônibus colidir com um caminhão na Avenida Alberto Craveiro, no Bairro Boa Vista, em Fortaleza. O acidente ocorreu na tarde desta segunda-feira (10).

A mãe estava com o bebê nos braços. Ao perceber que haveria a colisão, ela jogou a criança para um homem que evangelizava dentro do ônibus. A mulher acabou morrendo presa nas ferragens; e a criança, de aproximadamente 2 anos, escapou com ferimentos leves.