Uma imagem postada nas redes sociais mostra os dois irmãos amarrados e já feridos pelas torturas

Dois irmãos foram encontrados mortos, na tarde de domingo (16), horas após terem sido sequestrados por bandidos dentro de casa, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Os corpos dos rapazes estavam decapitados, amarrados por cordas e com sinais de tortura. O duplo homicídio foi registrado na zona rural do Município de Ocara (a 101Km da Capital).

Os dois jovens, identificados inicialmente por Mikael e Felipe, eram moradores do bairro Croatá, na periferia de Pacajus, e foram sequestrados na madrugada de domingo por um grupo de homens fortemente armados e encapuzados. Colocados dentro de um carro, foram levados para a zona rural de Ocara, a cerca de 50 quilômetros de Pacajus, onde acabaram sendo mortos de forma brutal. Depois de torturados – ainda amarrados por cordas – foram decapitados.


.

O vereador Marcio Leandro Pires Miranda, conhecido como Léo Gás precisou ser hospitalizado após cair do forro de sua residência no início da tarde desta quarta-feira, 19.

Léo tentou subir no forro para realizar um reparo, mas, acabou se desequilibrando e veio ao chão. Após a queda Léo ainda conseguiu chamar a esposa, mas, parou de responder em seguida.


Na noite da última terça-feira (18), um estudante identificado como Lucas de Brito Vieira,19 anos, foi assassinado a facadas enquanto jogava videogame na casa de um amigo, em Itaquaquecetuba, interior de São Paulo.

Segundo testemunhas, a vítima foi atacada pelo irmão do amigo, de 21 anos, que fugiu depois do crime. De acordo com o delegado que atendeu o caso classificou o ataque como “de extrema brutalidade”. A vítima levou pelo menos sete facadas profundas em várias regiões do corpo, como rosto e tórax. Lucas chegou a ser socorrido ao Hospital da região, mas não resistiu.


Um jovem de 17 anos foi morto a tiros na noite desta terça-feira (18), na Travessa Boa Esperança, no bairro Tomba, em Feira de Santana.

Segundo informações do site Acorda Cidade, Ruan Patrick Ramos Cruz, de 17 anos, foi executado no limite entre as cidades de Feira de Santana e São Gonçalo dos Campos. Ele foi atingindo por tiros na cabeça e no tórax. Até o momento a autoria e motivação do crime são desconhecidas. O corpo de Patrick foi removido pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT).