A professora de inglês Yaira Tanies Cotto Flores, de 29 anos, foi condenada a 10 anos de prisão por ter feito sexo com um aluno de 14, em um motel de San Lorenzo (Porto Rico). De acordo com o processo, o menor era virgem. “Ela me ensinou a colocar uma camisinha”, disse o estudante a um juiz, segundo o jornal local “Noticias Xtra”. O menor afirmou, ainda, que a professora pagou um tratamento contra acne para ele e lhe deu headphones e um relógio Bulova. Ela também enviou nudes.

A relação sexual ocorreu em março de 2016. Em abril deste ano, Yaira foi condenada por júri popular. A sentença saiu nessa semana. Após o cumprimento da sentença, Yaira, classificada como “predadora” pela Promotoria, ficará oito anos sob supervisão da Justiça.


Resultado de imagem para jair e haddad

O Datafolha acaba de divulgar nesta quarta-feira (4), a mais nova pesquisa eleitoral para a Presidência da República. Segundo o levantamento, a tendência é haver um segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

Bolsonaro confirmou o crescimento e a três dias do primeiro turno, o deputado federal segue na liderança, agora, com 35%. Enquanto isso, o petista registra 22%. Ciro Gomes, do PDT, segue isolado em terceiro lugar, com 11%. Seguido de Geraldo Alckmin (PSDB), que soma 8% e a candidata da Rede, Marina Silva, que manteve 4% das intenções de voto. Veja os números:

Jair Bolsonaro (PSL): 35%

Fernando Haddad (PT): 22%

Ciro Gomes (PDT): 11%

Geraldo Alckmin (PSDB): 8%

Marina Silva (Rede): 4%

João Amoêdo (Novo): 3%

Alvaro Dias (Podemos): 2%

Henrique Meirelles (MDB): 2%

Cabo Daciolo (Patriota): 1%

O levantamento foi realizado com 10.178 eleitores de 387 municípios entre os dias 3 e 4 de outubro. Encomendada por Folha de S. Paulo e TV Globo, a pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-02581/2018.


Uma tragédia vitimou um menino de três anos na cidade de Ibaiti, no Paraná. A fatalidade ocorreu no carro do próprio pai, na tarde da última terça-feira (2). O caso só foi divulgado nesta quinta-feira (4). Em depoimento, o pai contou que o garoto brincava no carro, que estava estacionado, enquanto os pais colhiam café em uma propriedade rural.

Quando deram falta da criança, o homem foi até o veículo e encontrou o filho enforcado, apenas com a cabeça para fora. O vidro foi acionado para soltar a criança, que foi encaminhada à Fundação Hospitalar de Saúde Municipal. Ao chegar na unidade de saúde, a criança teve a morte confirmada.


                                       Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), em entrevista na manhã desta quinta-feira (4) a Rádio Jornal do Commercio, em Pernambuco, afirmou que, se eleito, “os homossexuais serão felizes” em sua gestão. “Queriam colocar no colégio filmes de meninos se beijando e meninas se acariciando. Crianças têm de ir ao colégio para estudar matemática, português e geografia. Como que o Joãozinho vai aprender sexo? O pai não quer que o filho aprenda a fazer sexo, homo ou hétero, a partir dos seus anos de idade. Aí inventaram que sou homofóbico, que vou matar gay”, defendeu.

O presidenciável foi condenado a pagar uma indenização de R$ 150 mil em novembro de 2017 por declarações contra homossexuais no programa CQC da Band em 2011. O ex-militar havia dito que seus filhos não seriam gays por terem tido um pai presente. “Então, não corro esse risco”, disse.


A Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização do estado da Bahia (Seap) apura as circunstâncias da morte de um detento encontrado em uma cela do Conjunto Penal de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, na madrugada desta quinta-feira (4).

Os outros presos que estão na mesma cela, segundo a Seap, informaram para os funcionários do Conjunto Penal que não perceberam nenhuma movimentação no local até vê-lo morto. O caso está sob investigação. //TV Sudoeste


Nesta quinta-feira (4), durante um assalto bandidos  se irritaram com o choro de uma criança de 2 anos, e mataram a mãe do bebê a tiros, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana de Goiás.

De acordo com informações do G1, no momento em que os ladrões solicitaram a chave do cofre, a menina começou a chorar e, segundos depois, os bandidos atiraram na mulher. “A Shirley era uma menina muito humilde, uma menina muito trabalhadora, trabalhava de domingo a domingo. ‘Supermãe’. Pessoa muito alegre, muito carinhosa, família, entendeu? Eles tiraram a vida de uma pessoa linda, maravilhosa”,  disse o primo da vítima, que preferiu não se identificar.


De acordo com informações do Daily Mail, o jovem admitiu ainda manter uma relação de caráter sexual com a adolescente, descrevendo-a como sendo sua namorada.

Ainda conforme a publicação, a criança tinha sido dada como desaparecida há dez dias. Foi vista pela última vez na casa dela, em Sochi. Os pais acionaram a polícia e relataram o sumiço da garota. A identidade do casal não foi divulgada mas, segundo as autoridades, teriam “cozinhado o cérebro” de Alexander Popovich, cuja cabeça foi encontrada dentro do forno de um apartamento, que pertencia à vítima, localizado a cerca de 90 quilômetros de São Petersburgo.