Com cerca de 95% das urnas apuradas e o resultado de segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) definido, internautas começaram a atacar o Nordeste — região em que o Partido dos Trabalhadores conseguiu seu melhor resultado. Mensagens, xingamentos e pedidos para que os estados nordestinos fossem separados do Brasil ficaram entre os assuntos mais comentados na noite deste domingo: “Haddad no segundo turno, vocês tão de sacanagem. Alguém tira o nordeste aí, por favor”.

“Se o nordestino tivesse a cabeça redonda pensariam melhor”, escreveu um usuário no Twitter.

“Povo nordestino votou em Haddad só por causa do Bolsa Família. Ninguém quer trabalhar”, disse outra pessoa.

“Nordestino vota no PT, mas depois vem pro Sul procurar emprego”, escreveu outra pessoa.

“Pelo amor de Deus, vamos separar o nordeste do resto do Brasil”, disse outro usuário.

“Nordestino não é gente. Essa eleição foi só mais uma prova disso”, escreveu.

Após começarem a circular comentários contra o Nordeste também houve comentários com apoio aos nordestinos. “Deveriam separar o nordeste do restante do país já que é a única região que ainda tem inteligência na hora de votar”

O comportamento dos usuários após a divulgação dos resultados repetiu o que já havia sido feito no pleito de 2014. Militantes tucanos e petistas continuaram a troca de ofensas que marcou o debate nas redes.


Resultado de imagem para rosemberg

Com mais de 20% das urnas apuradas, segundo os dados do Tribunal Superior Eleitoral, Rosemberg (PT) é o primeiro candidato a deputado estadual eleito pelos baianos, com cerca de 32 mil votos. Em seguida, Diego Coronel é o segundo colocado com uma diferença de pouco mais de 6 mil votos.

Os candidatos João Isidório (Avante),  Alex da Piatã (PSD) e Ivana Bastos (PSD) fecham a lista dos deputados estaduais mais votados até então. O candidato do Avante aparece com 25 mil e os outros dois com 23 mil, respectivamente.

Este ano, 607 candidatos disputam as 63 vagas de deputado estadual na Bahia.


Após o encerramento da votação no Acre, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começou a divulgar as parciais para as eleições para a Presidência da República, que já apontam matematicamente um enfrentamento entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) no segundo turno das eleições 2018.

O candidato do PSL aparece com 47,35%, enquanto o petista é opção para 27,55%. Até o momento, foram apuradas 87,91% das urnas brasileiras.


                                          Foto: Marco Corrêa / Varela Notícias

Com 75% dos votos válidos, o governador Rui Costa (PT) foi reeleito para o cargo nas eleições deste domingo (07). Rui apareceu na frente, nas pesquisas, em todas as pesquisas durante a campanha e confirmou o favoritismo nas urnas. Em segundo lugar ficou José Ronaldo (DEM), com 21% dos votos. O que chama atenção é a pouca quantidade de votos que os demais candidatos tiveram.

Marcos Mendes (PSOL) teve 0,70%, João Henrique (PRTB) teve 0,59% e João Santana (MDB) teve 0,5%. Célia Sacramento (Rede) ficou com 0,48% e Orlando Andrade, do PCO, teve 0,04%. 77,7% das urnas já foram apuradas.


A contagem dos votos para presidente, que iniciou às 19h, deste domingo (7), já apurou 68% das escolhas dos eleitores pelo Brasil. O candidato Jair Bolsonaro (PSL) lidera a corrida eleitoral com 48,42% dos votos. Fernando Haddad (PT), aparece em segundo com 26,56%. O presidenciável Ciro Gomes (PDT) vem logo em seguida, com 12,37%. O candidato Fernando Haddad lidera apenas na região Nordeste. Já Jair Bolsonaro, lidera em todas as outras regiões.

Por enquanto houveram 2,64% de votos brancos, 5,85% nulos e 20,26% de abstenções.

Confira abaixo o resultado parcial:

– Jair Bolsonaro (PSL): 48,42%
– Fernando Haddad (PT): 26,56%
– Ciro Gomes (PDT): 12,37%
– Geraldo Alckmin (PSDB): 4,88%
– João Amoêdo (NOVO): 2,76%
– Henrique Meirelles (MDB): 1,24%
– Cabo Daciolo (PATRI): 1,15%
– Alvaro Dias (PODE): 0,99%
– Marina Silva (REDE): 0,95%
– Guilherme Boulos (PSOL): 0,58%
– Vera (PSTU): 0,05%
– Eymael (DC): 0,04%
– João Goulart Filho (PPL): 0,03%


O grupo estava dividido em três carros e duas motos, e chegou atirando. No local, foram recolhidos estojos de calibre 12 e 9mm. Bandidos fortemente armados explodiram uma agência da Caixa Econômica Federal, na cidade de Belmonte, no sul da Bahia, na madrugada desta sexta-feira (5). O grupo estava dividido em três carros e duas motos, e chegou atirando.

Segundo blogs locais, os criminosos tentaram explodir os caixas eletrônicos por cinco vezes. No local, foram recolhidos estojos de calibre 12 e 9mm. Até a manhã desta sexta, ninguém tinha sido preso. Não há informação se os assaltantes conseguiram levar o dinheiro. A agência ficou parcialmente destruída.


A polícia realizou diversas diligências na busca do pai assassino, porém sem êxito ainda. Um pai matou o próprio filho de apenas 8 anos de idade na madrugada deste sábado (06), no Povoado da Caixa D’água, município de Ipirá. A criança era popularmente conhecida como “Wesley”.

Segundo informações de populares, suspeita-se que o assassino identificado como Adenias Macedo de Oliveira, de 32 anos, matou o próprio filho para não pagar a pensão alimentícia do menino, conforme publicação do site Ipirá Notícias.