Foto: Ilustrativa

Segundo a Polícia Civil, a mãe precisou sair e deixou a jovem tomando conta do irmão mais novo. Na quinta feira (4), Uma jovem de 18 anos foi presa suspeita de matar e mutilar o irmão de 5 anos, em São Roque, interior de São Paulo.

O crime ocorreu na casa da família. Segundo a Polícia Civil, a mãe precisou sair e deixou a jovem tomando conta do irmão mais novo. Quando a mulher voltou, encontrou a casa trancada e a filha se negava a abrir. Ela só conseguiu entrar depois que a porta foi arrombada por um cunhado que mora próximo.


Resultado de imagem para horario de verao

Durante café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto, nesta sexta-feira (05), o presidente Jair Bolsonaro declarou que não haverá horário de verão em 2019. “Tomei a decisão que neste ano não teremos horário de verão”, disse.

Segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, já havia informado que a pasta vai finalizar os estudos sobre o tema nos próximos dias. Na sequência, a análise será entregue a Bolsonaro para que ele decida se o horário vai ser extinto de forma permanente.


Após assembleia geral realizada nesta quinta-feira (04), os professores da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) e da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) decidiram entrar em greve por tempo indeterminado. Os docentes da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) votaram pela manutenção do estado de greve.

Segundo a Associação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb), mesmo após uma reunião com o governo na quarta, quando foi apresentada uma proposta como parte das reivindicações, a avaliação da categoria é de que nenhuma proposta concreta foi apresentada. Dentre as exigências, estão o respeito aos direitos trabalhistas. A categoria aguarda respostas em relação às reivindicações na primeira rodada de negociação, agendada para segunda. O resultado será avaliado em assembleia na quarta (10), quando a deflagração da greve volta a ser apreciada.


Nesta sexta-feira (5), depois de receber informações de populares, policiais da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) cumpriram o mandado de prisão preventiva contra Uadson Lima de Souza, de 30 anos, em Porto Seguro, Bahia. Ele era procurado desde 2015, acusado de estuprar nove vítimas, entre adolescentes e crianças, no município de Ilhéus.