Donos de residências e propriedades rurais no município de Itororó, no centro-sul da Bahia, estão sendo estimulados a utilizar cercamento sustentável, feito a partir de garrafas PET. A iniciativa é dos estudantes dos cursos técnicos de Zootecnia e de Meio Ambiente do Centro Territorial de Educação Profissional (Cetep) do Meio Sudoeste da Bahia, que protagonizam o projeto “Ecoestacas: promovendo propriedades sustentáveis”.

O projeto ganhou o terceiro lugar na 7ª edição da Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (Feciba), em 2018, e em março deste ano vai representar a Bahia na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), em São Paulo. O objetivo é reduzir os custos da confecção de cercas; aumentar a longevidade das mesmas; e reduzir o lixo tóxico com o uso das garrafas de plástico.


Os produtores brasileiros de cacau tiveram motivos para comemorar no ano passado. Além do aumento da colheita, depois de dois anos de severas estiagens que fizeram tombar a colheita na Bahia, os preços pagos pelas indústrias moageiras aos agricultores também se recuperaram. A TH Consultoria, sediada em Salvador, estima que a receita proveniente da produção tenha totalizado R$ 1,9 bilhão, um crescimento de 64,1% ante 2017. A maior parte desse aumento foi puxada pela alta do preço médio recebido pelos produtores – de 34,9%, para R$ 142,44 a arroba. Segundo Thomas Hartmann, diretor da consultoria, essa variação refletiu tanto o movimento do câmbio, dada a alta do dólar ante o real em 2018, quanto a elevação dos preços futuros da amêndoa na bolsa de Nova York.

A colheita, de acordo com estimativas da TH, cresceu 21,7%, para 198,2 mil toneladas, com avanços na Bahia e no Pará, que lideram a produção nacional. A Bahia voltou a ser o maior Estado produtor de cacau do país, após perder a liderança para o Pará em 2017. Em 2018, foram colhidas nas lavouras baianas 125,2 mil toneladas, um incremento de 26%. Mas a base de comparação é baixa e o volume ainda é menor do que a média registrada em anos melhores. Entre 2012 a 2015, a produção baiana anual média atingiu 155 mil toneladas. O preço médio recebido pelos cacauicultores da Bahia subiu 34,5%, para R$ 144,90 a arroba. Dessa forma, a receita da atividade na Bahia aumentou quase 70% ante 2017, para R$ 1,2 bilhão. Esse valor representa a segunda maior receita nominal da história.


Com um reajuste de 4,17%, o piso salarial do magistério foi para R$ 2.557,74. A mudança, anunciada pelo Ministério da Educação nessa quarta-feira (9), entrou em vigor no último dia 1º. O valor corresponde ao vencimento inicial dos profissionais do magistério público da educação básica, com formação de nível médio, modalidade normal, jornada de 40 horas semanais. Segundo informações da pasta, no caso desses profissionais, o piso salarial é atualizado anualmente no mês de janeiro, desde 2009. O artigo 60 da Lei nº 11.738 prevê que essa atualização seja calculada utilizando o mesmo percentual de crescimento do Valor Anual Mínimo por Aluno (VAA), referente aos anos iniciais do ensino fundamental urbano.


Desde o início de 2018 até 8 de janeiro de 2019, o Brasil registrou 10.274 casos confirmados de sarampo. Atualmente, o país enfrenta dois surtos da doença: no Amazonas, onde há 9.778 casos e, em Roraima, onde foram contabilizados 355 ocorrências. Casos isolados foram anotados em São Paulo (3), Rio de Janeiro (19), Rio Grande do Sul (45), Rondônia (2), Bahia (2), Pernambuco (4), Pará (61) e Sergipe (4), além do Distrito Federal (1). Foram registrados ainda 12 óbitos por sarampo: quatro em Roraima, seis no Amazonas e dois no Pará.


Um casal de homossexual foi morto a tiros e uma idosa foi baleada na noite de quarta-feira, 9, no bairro São João, em Araci. Testemunhas informaram a polícia que o crime foi cometido por dois homens que chegaram em um veículo preto e efetuaram diversos disparos contra as vítimas.

De acordo com o site Notícias de Santaluz, durante o assassinato de Neimara Andrande de Matos, de 26 anos e de Tailane de Moura Matos, 27, uma idosa de 72 anos que estava próximo do local do crime foi baleada de raspão na perna e foi socorrida para o Hospital da Cidade. O estado de saúde dela não foi informado. Uma guarnição da Polícia Militar esteve no local e em seguida iniciou buscas por suspeitos, mas ninguém foi preso até o momento. A autoria e motivação do crime são desconhecidas e o caso está sendo investigado pela Polícia Civil.


Mãe e filha morreram ao serem atingidas por um raio na noite de terça-feira (08/01) em Registro, no Vale do Ribeira, região sul do Estado de São Paulo. A dona de casa Lucileia Barbosa da Silva, de 40 anos, e a filha Thais Mayme Oyama, de 11, colhiam frutas no pomar do sítio da família quando aconteceu a descarga. O marido de Lucileia e pai de Thais, Akio Oyama, de 47 anos, estava próximo, mas saiu ileso.


Condenado a 11 anos de prisão por estupro, o ex-secretário de administração da cidade de Jucuruçu (extremo sul da Bahia), Alexsandro Souza Sena, de 38 anos, foi espancado por companheiros de cela no Conjunto Penal de Teixeira de Freitas.

O espancamento se tornou público esta semana, através de um vídeo que circulou em redes sociais, gravados pelos próprios colegas de cela, que se revezaram nas agressões. Alexsandro apanhou com socos e um objeto semelhante a um pedaço de pau, que estava enrolado em um pano. Imagens fortes Assista:


Um bebê de 2 anos foi socorrido após beber vodca e inalar fumaça de maconha, em uma casa na Rua Castorina Rodrigues da Luz, Jardim Macaúbas, em Campo Grande/MS, na noite desse domingo (6). A irmã dele, de 11 anos, que confessou ser usuária de drogas, é quem deu a ele a bebida alcoólica e ainda soprou a fumaça no menino, de acordo com o Corpo de Bombeiros.

“Nós chegamos lá por volta das 21h [de MS] e os ânimos estavam bem exaltados, já que os moradores da região é quem acionaram o Corpo de Bombeiros e queriam agredir a menina, pois, sabiam que ela tinha baforado na direção do bebê. O menino inclusive estava desacordado e, quando colocamos na viatura, ele passou a recobrar os sentidos”, afirmou ao G1 o cabo Samuel Ramires do 1° Grupamento dos Bombeiros (GB).


O carro de uma empresa funerária bateu de frente com outro veículo, na manhã desta segunda-feira (07), na BR-101, a pouco mais de 15 quilômetros do centro de Eunápolis. O veículo transportava um caixão com o corpo de um idoso. A mulher Dalvina Pereira Sobrinho e o filho dele Marcos Pereira dos Santo , de 62 e 42 anos, estavam no mesmo carro, mas não tiveram ferimentos graves. Assista o Vídeo:


Um grave acidente envolvendo ônibus e carro de passeio deixou cinco pessoas feridas na Zona Sul de Vitória da Conquista. O fato aconteceu às 20h50min deste sábado (5), no cruzamento das Ruas H e Margarida Maria Alves, na Morada dos Pássaros III, próximo ao Residencial Plaza Morada dos Pássaros e Residencial Solar Morada dos Pássaros, no bairro Felícia.

Duas unidades do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) realizaram os resgates de três vítimas que foram levadas à Unidade de Pronto Atendimento (UPA). As demais sofreram leves escoriações não sendo necessário atendimentos hospitalares.