Bahia: Membro de organização criminosa morre ao confrontar com a CIPE em Jequié

Por volta das 15h30 de quinta-feira (10/05) patrulha da CIPE CENTRAL estava operando no bairro Jequiezinho, quando recebeu denúncia que um indivíduo de alta periculosidade.

José Alberto Santos Nery,  estava realizando a atividade criminosa de tráfico de entorpecentes e possivelmente arregimentando comparsas para investida contra instituição financeira. De imediato os policiais deslocaram até a Avenida Lions Clube, onde fizeram o cerco e ao se aproximarem de uma residência, foram recebidos a bala pelo suspeito que tentou romper o cerco. Os policiais repeliram a agressão alvejando o suspeito que foi conduzido ainda com vida à emergência do Hospital Geral Prado Valadares, mas não resistiu aos ferimentos indo a óbito.

De acordo com informação da Polícia, Jorge Alberto, era integrante de uma  organização criminosa do sudoeste do país, sendo 2105/2017 envolvido com crimes contra instituições financeiras, homicídio e tráfico de drogas. Na ocorrência nº 2105/2017, registrada pelo delegado plantonista da  9ª CORPIN, foi apresentado o material encontrado em poder do suspeito:  01 Revolver Rossi, sem numeração aparentemente calibre 38; 05 munições de calibre .38 intactas; 01 Embalagem de aproximadamente 580g de substância análoga a maconha;  01 Balança de precisão;  01 Veículo Volkswagen, VW/Fox, placa JRU 9613, na cor preta e três documentos de identidade, dois dos quais falsificados. //Itiruçú Online



Comentários

Os comentários estão fechados.