Barbaridade: Marido mata mulher com 13 facadas e tenta se matar em São Paulo

A vítima foi perseguida do interior da residência até o portão pelo marido enquanto ele a golpeava.

                                   Foto | Reprodução: Ilustrativa da Internet

Um homem de 51 anos matou a esposa a facadas, na madrugada deste domingo (7), na casa em que viviam, em Lins, interior de São Paulo. A vítima, Joice Cristina Ponce dos Santos, de 44 anos, foi perseguida do interior da residência até o portão pelo marido, Odimar Gregório dos Santos, enquanto ele a golpeava. No total, foram 13 facadas na região do tórax, nas costas e no abdômen, segundo o registro da Polícia Civil. A mulher caiu junto ao portão de entrada do imóvel, localizado no Jardim Junqueira. Vizinhos relataram terem ouvido gritos e pedidos de socorro.

Depois de praticar o crime, Odimar se trancou no banheiro e tentou se matar, usando a mesma faca para cortar o pescoço. Os policiais militares que foram ao local, chamados pelos vizinhos, tiveram de arrombar o portão para entrar no imóvel. A mulher e o marido foram levados à Santa Casa da cidade, mas ela já chegou morta. O corpo de Joice foi submetido à perícia no Instituto Médico Legal (IML) de Lins.

O autor do homicídio levou pontos no corte que produziu no próprio pescoço e, depois de ser medicado, recebeu alta. Ele foi preso em flagrante e indiciado por homicídio doloso, crime que ainda pode ser revisto para feminicídio – homicídio praticado em razão da condição de mulher.

O casal teve três filhos, todos maiores de idade. À Polícia Civil, Odimar disse que falaria sobre o crime apenas em juízo. Ele será apresentado para audiência de custódia nesta segunda-feira (8), mas ainda não tinha constituído advogado. O corpo de Joice foi velado no Velório Municipal, com sepultamento marcado para as 17 horas deste domingo, no Cemitério São João Batista, em Lins.// Varela Notícias



Comentários

Os comentários estão fechados.