A enfermeira inglesa Lucy Letby, 28 anos foi presa na última terça-feira (03/07) sob suspeita de ter assassinado oito recém-nascidos e ter tentado matar outros seis na maternidade Countess of Chester Hospital na cidade de Chester na Inglaterra.

As mortes ocorreram entre 2015 e 2016 quando ela trabalhava como enfermeira obstétrica na maternidade.  O caso está sob investigação da polícia inglesa.

As enfermeiras que trabalharam com Lucy estão em choque com a notícia. Isto porque elas afirmaram que Lucy parecia uma excelente profissional e também parecia ser muito amável com os recém-nascidos.


A Polícia Civil esclareceu, na tarde de terça-feira (3), que a adolescente Vitória Gabrielly Guimarães Vaz, de 12 anos, foi morta por engano.

De acordo com informações da polícia, o depoimento de um homem ouvido hoje no Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa foi decisivo para que fosse descoberta a motivação do crime.

O homem disse aos policiais que devia cerca de R$ 7 mil a um traficante e que, por isso, estava recebendo ameaças de morte. A testemunha afirmou, ainda, que tem uma irmã com as mesmas características de Vitória Gabrielly e que sabia que o traficante para quem devia costuma punir integrantes da família dos devedores.


Um homem suspeito de ter incendiado a casa onde a ex-mulher estava morando em Itabela, no sul da Bahia, é investigado pela Polícia Civil.

De acordo com o delegado da cidade, Robson Andrade, o imóvel, que fica no bairro Jaqueira foi incendiado no último domingo (1º). A casa ficou destruída. A vítima, de 31 anos, registrou o caso na polícia nesta terça-feira (3). Ninguém ficou ferido na ação, pois, conforme informações preliminares da polícia o imóvel estava vazio.

Vizinhos da mulher disseram à Polícia Militar, que atendeu o caso, ter visto o suspeito provocando as chamas e depois fugindo do local. O suspeito foi identificado como Orlando Pereira Santos.


Enquanto matava a esposa, o homem acabou ferindo a própria mão e foi levado pela polícia para o Hospital Municipal (HMTF), onde teve que amputar um dos dedos.

Durante rondas ostensivas pelo centro de Teixeira de Freitas, policiais do PETO da 87ª CIPM foram surpreendidos no meio da rua Mauá por um homem que, com as mãos sujas de sangue, fazia sinal para a viatura parar. Era Emanoel Ferreira dos Santos, de 34 anos. Ele tinha acabado de matar a companheira, Marília Gomes de Souza, de 21.

O assassino, então, levou os policiais ao cenário do crime, na Avenida Profeta Issa, bairro Monte Castelo, onde foi encontrado o corpo da vítima. Marília foi morta com, aproximadamente, seis golpes de canivete, que atingiram a região da cabeça, pescoço e braço.


O ‘Fantástico’, da TV Globo, repercutiu a morte da menina Vitória Gabrielly. Neste domingo, 01/07, o programa da Rede Globo de Televisão mostrou a confissão do assassino na menina, que morreu aos 12 anos, após sair de casa usando um par de patins cor e rosa. O pedreiro Júlio Costa deu detalhes sobre como foi o dia em que Vitória Gabrielly foi assassinada. Ele chocou ao dar detalhes sobre o crime

ÁUDIO REVELA CONFISSÃO DO ASSASSINO DE VITÓRIA GABRIELLY

O ‘Fantástico’ exibiu no ar um áudio que seria de Júlio Costa confessando a um policial como teria matado a menina. Ele revelou, por exemplo, que Vitória Gabrielly foi colocada por ele em um carro com o casal que também foi preso pelo crime da menina.

Júlio contou que Vitória Gabrielly gritava desesperada e que, para se defender, entrou em luta corporal com ele. Nas mãos da menina foi encontrado material genético de Júlio. De carro, o pedreiro diz que ele e o casal preso foram com a menina até uma região de mata, no município de Araçariguama, onde o assassinato foi efetuado.

EM ÁUDIO AO FANTÁSTICO, ASSASSINO FALOU SOBRE MORTE

O pedreiro disse que aceitou matar Vitória Gabrielly porque tinha uma dívida com o tráfico de drogas e era ameaçado. Ele chegou a mudar o depoimento algumas vezes. No local do assassinato, Vitória Gabrielly teve uma meia enfiada na boca e as mãos e pés amarrados. Júlio garante que se arrependeu pelo o que fez, enquanto o casal que está preso nega participação no crime.

O desaparecimento de Vitória causou muita comoção e chamou a atenção de todo o Brasil, que torcia para que a garota cheia de sonhos fosse encontrada viva, mas infelizmente isso não aconteceu. O corpo de Vitória foi encontrado no dia 16 de junho em uma área de mata, já em avançado estado de decomposição, desde então a polícia trabalha com afinco em busca dos responsáveis pela morte brutal da jovem.


Uma mulher de 33 anos foi presa suspeita de permitir que seu companheiro abusasse da própria filha, de 13 anos. Ela teria construído um quarto destinado aos estupros.

O homem, por sua vez, negou os abusos e disse aos agentes que estava apenas “namorando” a enteada desde que ela tinha 12 anos. O caso ocorreu em Tocantinópolis, no norte do Tocantins.

De acordo com o G1, o caso começou a ser investigado em maio, mas só foi divulgado neste domingo (1º). O homem foi denunciado não só pelo estupro, como também por porte ilegal de arma. Ainda em maio, a polícia fez uma busca na residência deles e encontrou a arma. O casal, que vive em união estável há 9 anos, confessou que os abusos ocorriam há mais de um ano.


O vídeo passou a circular na web, e no twitter, brasileiros parecem comemorar a agressão que a mulher sofreu.

Day McCarthy, a socialite que apareceu queimando páginas da bíblia sagrada no ano passado, parece ter encontrado o que tanto procurou. Depois de ser vista em um show da brasileira Anita em Londres, na Inglaterra, na última semana, Day McCarthy acabou flagrada sendo agredida por uma outra brasileira.

A mulher, que não teve sua identidade revelada, aparece batendo várias vezes no rosto da socialite, que tentava apenas se defender dos tapas. Veja o Vídeo:


Ainda conforme relatos de testemunhas, o acusado pegou a criança no colo e esperou, ao lado do corpo, a chegada da polícia.

Uma jovem de 21 anos foi morta a pauladas e facadas pelo ex-companheiro na manhã deste domingo (1º), no bairro Monte Castelo, em Teixeira de Freitas, enquanto segurava o filho do casal no colo. O acusado, identificado como Emanuel Ferreira dos Santos, de 34 anos, foi detido em flagrante.

De acordo com relatos de testemunhas ao portal de notícias local Bahia Extremo Sul, a vítima caminhava com o filho no colo quando foi agredida a golpes de pau e faca. A jovem foi agredida na cabeça e levou seis facadas. A criança também foi atingida, mas não corre risco de morte. Ainda conforme relatos de testemunhas, o acusado pegou a criança no colo e esperou, ao lado do corpo, a chegada da polícia. Ele foi preso em flagrante e deve responder por homicídio. Conforme o portal de notícias, o acusado não aceitava o fim do relacionamento dos dois.


Uma mulher foi presa acusada pelo crime de maus-tratos ao seu filho de seis anos em Itapevi, região metropolitana de São Paulo, nesta terça-feira (26/06).

Os policiais foram à casa da mulher, após denúncia da diretora da escola onde a criança estuda. Foi a irmã de 10 anos do menino que havia contado sobre o caso nessa mesma escola. Segundo o R7, Quando as autoridades chegaram na residência da suspeita, encontraram a criança com o tornozelo acorrentado à cama. Os dois pés do menino estavam com hematomas, o que indica que a situação seria frequente, segundo informou a DDM (Delegacia da Mulher), que registrou o caso. Veja o Vídeo:


Já a vítima é o segurança Josenilton de Jesus da Silva, de 30 anos, que está internado no Hospital Geral do Estado (HGE), em estado grave.

Um homem foi preso após tentar matar o segurança de uma obra, no bairro do Caminho das Árvores, em Salvador, com golpes de pá na última quinta-feira (21). A tentativa de homicídio foi filmada por uma câmera de segurança no local.  O autor dos golpes tentou entrar na obra para furtar equipamentos e materiais, quando foi impedido pelo vigilante. Segundo informações do Bocão News, ele foi identificado como Darivan Santos Silva, de 25 anos, preso nesta segunda-feira (25). Ele surpreendeu até os policiais ao debochar da própria prisão. Assista o Vídeo:


Na noite desta última quinta-feira, (21), um fato chamou a atenção em São Gabriel da Palha, no Espírito Santo . Uma mãe é acusada de queimar as mãos e língua de seu filho.

A Polícia tomou conhecimento após uma denúncia anônima de uma vizinha, que relatou que uma mãe. havia queimado seu filho. O Conselho Tutelar foi acionado, porém a mãe não deixou que os conselheiros entrassem em sua residência, foi então solicitado o apoio da Polícia Civil que se dirigiu ao local e assim conseguiram contato com a criança.

Na residência o menino ao ser questionado, chorou e mostrou mãos e línguas queimadas. A mãe disse que o menor havia se queimado na panela de pressão que estava sobre o fogão. O menor foi encaminhado ao pronto atendimento no hospital Dr. Fernando Serra, em conversa com uma psicóloga, o adolescente disse que sua mãe queimou suas mãos e língua com uma colher quente como punição por ele ter feito ‘bagunça’ na escola.


Um ato bárbaro chocou a população de Coribe, no Oeste da Bahia, deixando um ônibus destruído e um idoso morto.

Segundo testemunhas, um grupo de jovens que participava da tradicional festa da “Lavagem do Bar Vilson” depredava um ônibus da Viação Novo Horizonte, estacionado na Avenida Rui Barbosa, no centro da cidade, quando o idoso se aproximou e repreendeu o ato de vandalismo.

Imediatamente o grupo passou a agredir o idoso com pedradas, socos e pontapés, de acordo com testemunhas, deixando-o em estado grave. Uma equipe do SAMU prestou socorro ao homem ferido, no entanto, ele morreu antes de chegar à unidade de saúde, provavelmente, com traumatismo craniano.

O grupo agressor ateou fogo ao ônibus que foi totalmente destruído pelas chamas. O óleo do veículo vazou e percorreu a avenida, oferecendo perigo aos condutores que passavam pela via.

O ônibus estava em frente a uma oficina mecânica e loja de autopeças. As chamas atingiram a fachada e o portão de metal do estabelecimento comercial, entretanto, populares conseguiram debelar o incêndio na loja.

A Polícia Militar chegou rapidamente ao local, no entanto, somente um suspeito foi detido e encaminhado à Delegacia Territorial de Coribe. A PM informou à redação do Portal Lapa Oeste que o idoso estava sem documentos e não foi reconhecido.


Na noite deste domingo, 17, por volta das 22h, três pessoas foram baleadas no Arraiá do Residencial São Francisco, em Barreiras. Segundo informações, um indivíduo chegou atirando no meio da festa, acertando três jovens.

Dois baleados foram socorridos por populares para o Hospital do Oeste, um deles em estado grave. Já o terceiro baleado foi socorrido pelo SAMU em estado gravíssimo, com tiro na cabeça, também para o HO.

Já no fim da noite de domingo, uma das vítimas acabou vindo a óbito no Hospital do Oeste. Trata-se do adolescente Edson Rocha dos Santos Junior, 16 anos. Ele era evangélico, estava em casa, quando saiu para comprar um caldo em uma barraca, sendo surpreendido pelo tiroteio. Edson acabou atingido.