Morta por dois elementos emcapuzados, Dhennyfer Nocato Soares Secundo, conhecida como “Galega da Rifa”, estava gravida de quatro meses.

Uma mulher gravida foi morta foi morta a tiros no inicio da tarde desta sexta-feira (23), dentro do Condomínio do Minha Casa Minha Vida, o Residencial Palmeiras, no Bairro Vida Nova, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). A vítima foi identificada Dhennyfer Nocato Soares Secundo, conhecida como “Galega da Rifa”, estava gravida de quatro meses. A jovem estava dentro do seu apartamento no bloco 16. Dois homens encapuzados chegaram em uma moto, subiram até o apartamento em que Jennifer morava e atiraram no rosto dela, que ficou completamente desfigurado. Ela morreu na hora.


Na delegacia, rapaz de 20 anos contou que golpeou a irmã, de 18, porque ele estava vendo um canal e ela queria assistir outro.

Adilson de Souza Marques, de 20 anos, preso acusado de matar a irmã, Flavia Gabriele de Souza Marques, 18, a facadas por conta de uma briga por um controle remoto, teve o pedido de prisão preventiva decretado nesta tarde (21) durante audiência de custódia conduzida pelo juiz Oscar de Oliveira Sá Neto.

O pedido de internação compulsória foi decretado em consequência de transtornos mentais apresentados pelo jovem. O caso aconteceu na casa da família, no Setor Recanto das Minas Gerais, em Goiânia, durante a tarde de terça-feira (20). A jovem sofreu um golpe de faca na barriga, um no peito e outro nas costas. Dada a gravidade dos ferimentos, ela morreu na hora. Segundo a polícia, após o crime, o jovem foi para a casa da avó e, em seguida para o Cais das Amendoeiras fazer um curativo em um ferimento na mão adquirido durante a briga com a irmã, que tentou se defender das facadas. Adilson foi preso em flagrante dentro do Cais, denunciado pela própria família.


Crime teria ocorrido, segundo a Polícia Militar, há 20 dias. Alcione Correa, de 37 anos, foi presa e autuada por homicídio e ocultação de cadáver.

Uma mulher, sob efeito de bebida alcoólica, matou a irmã com facadas e enterrou o corpo nos fundos da casa da família. O crime ocorreu no Bairro Abadia, em Uberaba, no Triângulo Mineiro. O cadáver foi encontrado nesta madrugada por policiais militares, que foram à casa para apurar uma denúncia de drogas enterradas no terreno. Conforme a corporação, durante a busca no quintal da residência, os militares desconfiaram de um cheiro forte e uma elevação no terreno, que tinha sinais aparentes de escavação. Eles cavaram a área e logo viram que havia um corpo enterrado. Segundo o boletim de ocorrência, Alcione Correa da Cruz, de 37 anos, confessou aos policiais que o corpo era da irmã dela.


Rosenildes Albuquerque Santos foi morta com uma pedrada certeira na cabeça. Vendo que matou a jovem, menor “desovou” corpo no meio da rua.

Um adolescente de 15 anos foi apreendido suspeito de assassinar a jovem Rosenildes Albuquerque Santos, com pedradas na cabeça, no centro de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Ele foi localizado na madrugada da última quarta-feira, 14, horas após o crime. De acordo com a Polícia Civil, o garoto relatou que ao retornar do Carnaval, na madrugada de quarta, encontrou um casal mantendo relações sexuais na sua cama. Ao presenciar o fato, o adolescente pegou a pedra e golpeou a mulher na cabeça.


A Polícia Militar prendeu na noite dessa sexta-feira (19) um jovem acusado de tentar agredir a avó e ferir o irmão com um golpe de facão na testa em Ipiaú.

Daniel Nery dos Santos, 20, foi preso em sua residência na Rua X, bairro Invasão, após a PM ser acionada. Segundo informaram familiares à polícia, Daniel chegou em casa agressivo e pedindo dinheiro para a avó, para comprar drogas. Irritado, por não conseguir o que queria, o jovem começou a quebrar aparelhos eletrônicos dentro de casa, a exemplo de uma TV de 32″, tentou agredir a avó.


Uma mulher que não teve sua identidade revelada publicou uma carte de desabafo direcionada à própria mãe no site do jornal britânico “The Guardian”. Nela, falou sobre como nunca havia sido amada por sua genitora e como preferia vê-la.

Confira a íntegra do texto, que foi traduzida:

As pessoas não querem enfrentar a verdade. Elas continuam voltando, tentando melhorar, tentando entender seus pais. Elas fazem terapia e tentam trabalhar em si mesmas. Eu também fui à terapia. Mas tudo o que aconteceu foi para confirmar o que eu já sabia.

Eu já odiava você. Eu não sei o quanto eu era jovem quando deixei de te amar. Oito ou nove anos, provavelmente, em uma daquelas idades feias, quando você não é mais uma garotinha fofa, mas ainda não é uma jovem atraente. Quando só sua mãe te ama.Deve ter tido um dia. Um evento. Provavelmente uma daquelas sessões de gritos porque eu estava riscando meu nariz, ou porque tinha olhado para você engraçado, ou porque você me fez uma pergunta e minha resposta não atingiu aquele tom que você esperava.


Assessoria alega que o padre Reginaldo Manzotti se quer ouviu falar do nome da mulher de 20 anos. Ela pode ser processada para provar o que disse.

O escândalo que eclodiu nesta terça-feira (8) pegou toda comunidade católica de surpresa. Isso porque um dos padres mais famosos nacionalmente teria supostamente engravidado uma jovem de apenas 21 anos de idade, pasme! o padre em questão é Reginaldo Manzotti. A notícia grave já tomou contas das redes sociais, milhares de comentários e críticas já esta fazendo parte da postagem, a jovem que o acusa se chama Adriele Fernandes, a mesma seria da cidade de Porteirinha na região de Minas Gerais, ela juro de pé junto que o filho é sim do Padre Reginaldo Manzotti.


Uma mulher de 55 anos foi presa após atacar o marido com um facão e jogar água fervente no pênis dele. Após uma discussão do casal na residência que eles moravam em Araçariguama (SP). O caso foi registrado na última terça-feira (2).

A acusada deu 25 golpes de facão contra seu companheiro de 32 anos, na cabeça, braço e pernas. Ela ainda jogou água fervendo nos órgãos genitais do homem. De acordo informações publicadas pelo G1 SP, que a briga aconteceu por volta das 4h, no qual a vítima foi acusada de ter cometido traição pela mulher. A Polícia Militar foi acionada pela equipe médica que atendeu o homem após ele fugir e procurar um pronto-socorro. Já a autora foi autuada em flagrante por tentativa de homicídio e levada para Cadeia Pública de Votorantim.


Três funcionários da multinacional Salesforce foram demitidos após um deles se fantasiar de “Negão do WhatsApp” na festa de fim de ano da empresa.

Em dezembro do ano passado, o setor de recursos humanos da empresa promoveu um concurso para que a melhor fantasia da festa ganhasse R$3.000. Um funcionário, que atua na área de vendas, se fantasiou do famoso personagem que circula nas redes sociais e ficou em quarto lugar no concurso.

A foto do funcionário fantasiado chegou até a sede da empresa, que está localizada em San Francisco, nos Estados Unidos, e gerou polêmica. A matriz decidiu demitir o funcionário, além do diretor e do presidente brasileiros, que tomaram a defesa do colaborador.


Sacerdote publicou uma nota pública no Facebook pedindo perdão pelo erro e afirmando que promove a paz e a segurança na sociedade e que é contra a cultura de morte, incluindo apologia ao crime.

Mato Grosso – Após ter publicado uma imagem no WhatsApp Status posando com uma arma, o padre Thiago Bruno, da Paróquia de São José dos Quatro Marcos, a 343 Km de Cuiabá, pediu perdão em uma publicação no seu Facebook.

Na foto, o sacerdote aparece deitado em uma cama apontando uma arma e a mensagem “#2018”. A foto circulou nas redes sociais e gerou muita polêmica entre os internautas. Na nota, o padre assume o erro e pede perdão. Ele alega que estava na comemoração do aniversário de um amigo e que publicou a foto por ingenuidade.


A criança foi levada para o Hospital Geral do Estado, onde uma médica constatou o abuso.

Um morador do Engenho Velho da Federação é acusado de ter estuprado a sobrinha, de 4 anos. Nesta terca-feira (2) a menina apresentou sangramento na região íntima queixou-se de dores no corpo.  A garota já havia se queixado de dores na vagina, mas segundo o Jornal Correio, os pais não imaginaram que seria proveniente de abuso e permitiu que o suposto agressor e a esposa passassem o feriado com a garota.


No dia do crime, as mulheres suspeitas da crueldade postaram nas redes sociais, foto com luvas, faca, facão e com o rosto coberto, segundo a Polícia.

O corpo de Rayane Silva Pereira, jovem que foi executada com dezenas de facadas por mulheres integrantes de uma facção criminosa, foi encontrado no final da tarde desta quinta-feira (14), no bairro Cruviana, na zona Oeste de Boa Vista, segundo a Polícia Civil. A vítima foi encontrada enterrada.


Natali Prates Ramos, 22 anos, recebeu disparos no tórax, braço e abdomen. Ela acabou morrendo no local do crime, antes da chegada do SAMU.

Uma mulher foi morta a tiros e outra ficou gravemente ferida na noite desta sexta-feira (15), o fato aconteceu na Rua: Tomaz Gonzaga, Centro (próximo ao baixo meretrício) em pleno centro da cidade. Segundo informações colhidas no local pela reportagem, era por volta das 18h do referido dia, quando um homem a bordo de uma motocicleta, armado com um revólver, surpreendeu a vítima.