Um homem, identificado como Claudinez Alves da Silva, conhecido como “Claudinho Pedreiro”, 48 anos de idade, cometeu suicídio com uma arma de fogo, na tarde desta terça-feira (15/5).

Ocorrido localizado na Rua Esmeraldino Pedro Andrade, no bairro Vermelho, no município de Urandi (BA), após tentar matar a sua própria esposa, identificada como Claudiana de Fátima Santana, de 30 anos de idade. A tragédia teria ocorrido depois de uma discussão entre o casal. Inconformado com a relação, Cláudio sacou um revólver e disparou três tiros na mulher, atingindo-a na perna, tórax e no ombro. Em seguida, ao visualizar a aproximação da viatura da Polícia Militar, o homem atirou contra a própria cabeça e morreu no local.

A mulher foi socorrida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) ao Hospital Municipal de Urandi, no entanto, devido à gravidade dos ferimentos foi imediatamente encaminhada para o centro cirúrgico do Hospital Regional de Guanambi, onde permanece internada. Conforme a Unidade Hospitalar, o estado de saúde da paciente é gravíssimo.


O crime ocorreu na madrugada deste domingo (13). Acontecia uma festa no local. O assassino ainda não foi identificado.

Um homem identificado como CAÍQUE MOSQUISTO DOS SANTOS de 23 anos foi morto a facadas durante uma festa que acontecia num sítio.

Caique ainda foi socorrido até a Fundação Hospitalar de Ibirataia, porém não resistiu aos ferimentos e chegou sem vida. Ele foi atingido por pelo menos três golpes. A motivação do crime ainda é desconhecida. Caíque possuía passagens criminais por furto, tráfico e posse de entorpecentes. A Polícia Civil investigará o caso. Ocorrência Policial Bahia


Uma criança de apenas 2 anos morreu após ser atropelada por um veículo no bairro da Bela Vista, em Gandu, na tarde desta quarta-feira (9/05).

Criança de 2 anos é atropelada em Gandu e morre no Manoel Novais em Itabuna.

Uma, das duas versões para o acidente, informa de que Antonella, de apenas 2 anos de idade, estaria dentro de casa, e teria ouvido a voz da própria mãe na rua. A garotinha saiu correndo para rua e acabou sendo atingida pelo veículo. Já outra versão, também não confirmada, informa que ela teria passado por trás do carro e que o motorista, sem saber, acabou atingido a garota.

Uma equipe do SAMU chegou ao local minutos após o ocorrido, prestou os primeiros socorros e encaminhou a criança para o Hospital em Itabuna, onde ainda teria chegado com vida. “Fizemos o possível na nossa viatura! Monitorando os sinais vitais, e oxigenação. Demos entrada no Manoel Novaes ela ainda com os sinais e resposta motora mais infelizmente deu uma parada cardíaca e não voltou“, informou um dos socorristas que prestou os primeiros socorros. Ainda segundo o socorrista, a criança teve traumatismo crânio encefálico. Não foi informado a identificação do motorista. (Diário Paralelo)


A Policia Civil prendeu nesta quarta-feira (09), os irmãos Venicios da Silva dos Santos, 18, e  Reinan Oliveira da Silva, 20.

Os dois são acusados de matarem com requintes de crueldade Miguel Mário Oliveira dos Santos, de 51 anos. O crime aconteceu no dia 21 de dezembro de 2017 na Fazenda Probidade, município de Aurelino Leal. Segundo o delegado Lane Andrade informou ao blog Ubaitaba Urgente, os irmãos teriam matado o gerente da fazenda pelo motivo dele ter desligado o sinal de Wi-Fi da fazenda.  Revoltados com a decisão de Miguel, Venicios e Reinan mataram a vítima, arrancaram sua mão e cabeça. O corpo foi enterrado numa cova rasa.

A arma utilizada no crime foi um facão. O corpo de Miguel foi encontrado enterrado a cerca de 15 metros de sua residência, próximo a um pé de caju. “Nós ouvimos os acusados e eles negaram tudo, a gente continuou as investigações e pedimos ao juiz o mandado de prisão, que foi liberado hoje à tarde. Com o mandado de prisão em mãos, prendemos os verdadeiros acusados em quanto eles jogavam bola tranquilamente em um campo de futebol na fazenda”, disse o delegado ao blog Ubaitaba Urgente.


Um mês após as investigações, suspeitos foram detidos.

Uma adolescente de 17 anos foi morta a tiros pouco tempo após ter visitado um suposto namorado no Centro de Detenção Provisória (CDP), em São José do Rio Preto, em São Paulo. Na manhã desta segunda-feira (07), a polícia explicou que a morte de Rafaela Bugati e de outros dois jovens têm relação entre si.

De acordo com as investigações, a garota namorava, além do detento, outro rapaz fora do presídio. Um adolescente amigo do preso teria ficado sabendo da suposta traição e matou com cinco tiros o namorado de Rafaela, Marcos Vinícius da Silva, de 18. O assassinato aconteceu dentro de uma festa em uma chácara, na estância de São Pedro, em 18 de março deste ano.


Um crime brutal chocou a cidade de Conceição do Coité, na noite de sábado (5). Uma jovem de 28 anos foi brutalmente executada dentro de sua residência, na presença dos dois filhos pequenos.

A vítima foi identificada como sendo Natalie Lopes. Vizinhos que ouviram os disparos pouco souberam informar. Entretanto uma primeira apuração indica que mais de um elemento armado invadiu a casa da vítima, no Bairro Pampulha.

Então acordaram a jovem e, após o barulho de gritos, efetuaram disparos. Um barulho de carro “cantando pneu” foi ouvido na sequência. Os vizinhos então entraram na residência e viram a jovem caída agonizando. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos, falecendo na UPA. As crianças foram levadas pelos policiais à casa de parentes da vítima. O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios de Coité.


O criminoso assassinou a mulher com cinco tiros e, em seguida, tentou matar um amigo dela dentro de uma academia. Segundo familiares, o policial não aceitava o término do relacionamento.

Uma mulher foi assassinada na tarde desta sexta-feira (4/5), por volta das 14h, com cinco tiros, em Ceilândia. Um irmão e um primo da vítima relataram que o crime foi cometido por um policial militar, apontado como ex-namorado da vítima.

Segundo parentes, Jessyka Laynara Silva, 25 anos, era ex-namorada do PM, identificado como Ronan Rego, que não aceitava o fim do relacionamento. “Eles já haviam terminado algumas vezes ao longo do relacionamento. Ele a ameaçava, ia atrás dela em casas de familiares. Ele a vigiava. Ficava realmente na cola, ameaçando, dizendo que ia matá-la e não ficaria preso, pois é policial”, conta Leonardo Silva, 35 anos, primo da vítima. Ela e o agressor mantiveram o relacionamento amoroso por aproximadamente seis anos. Assista com Cautela. Cenas São Fortes:


O ajudante de vaqueiro Marcosuel Carvalho Ribeiro, de 35 anos, foi morto com quatro tiros, durante uma tentativa assalto, na região da Criciúma, no município de Itambé, no Sudoeste da Bahia.


Na manhã desta segunda-feira (30), a Polícia Civil e o Departamento de Polícia Técnica (DPT), receberam informações do ocorrido e viajaram 23 quilômetros por uma estrada de terra até chegar à cena do crime.

A tentativa de roubo

Tudo aconteceu no começo da noite de domingo (29), quando dois ladrões invadiram uma casa, onde mora o funcionário da fazenda, e anunciaram o assalto. Os bandidos, que disseram que estavam no local para roubar galinhas, utilizaram um cabresto para amarrar a vítima, que também teve a boca amordaçada com um pedaço de pano. Uma galinha, abatida pelos ladrões, foi abandonada no telhado da casa.

O homicídio

No início da noite, Marcosuel deixou a casa de um amigo e cavalgando seguiu em direção a sua residência, que fica na região conhecida como Duas Barras. No caminho, ele resolveu visitar outro amigo, depois seguir para sua casa para descansar e trabalhar no dia seguinte. Ao se aproximar, perguntou se tinha alguém em casa e logo em seguida chamou o amigo pelo nome.

Ao notar presença de Marcosuel montando em um cavalo, um dos criminosos atirou contra o peito da vítima. O animal se assustou e arrastou o homem para o acostamento da estrada. Em seguida, a dupla de ladrões atirou mais três vezes contra Marcosuel.

Os pertences da vítima não foram roubados. O cavalo, encontrado alguns metros da cena do crime, estava com manchas de sangue do ajudante de vaqueiro. Enquanto isso, o funcionário da fazenda que estava sendo roubado conseguiu se soltar e fugir para o interior de uma mata.


A jovem morta após um grave acidente de carro em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na terça-feira (1), fez um apelo ao motorista do veículo cerca de 10 minutos antes de morrer. 

Vídeos mostram Giovana Ferreira, de 18 anos, dentro do carro, sem utilizar cinto de segurança, enquanto voltava com dois amigos de um baile funk. Em determinado momento do vídeo, a garota chega a pedir para o condutor parar de correr. Nos vídeos gravados pela própria Giovanna às 6h50 de terça-feira e compartilhados em uma rede social, a jovem aparece dançando e cantando dentro do carro.

Ela ocupava o banco do passageiro do veículo, que era dirigido por um rapaz. Em determinado momento do vídeo, ela mostra o motorista e uma amiga, no banco de trás. Segundo a polícia, todos estavam sem cinto de segurança afivelado. Em seguida, a jovem publicou outro trecho de vídeo, onde o carro em que se acidentou aparece em alta velocidade ao lado de outro veículo, na Avenida Capitão-Mor Aguiar, em São Vicente. O vídeo termina com ela pedindo para que o motorista parasse de correr. Assista:


Jovem identificado como Warley Vieira Nunes de 22 anos de idade, residia no Município de Butuporã localizado no Alto Sertão da Bahia. 

O jovem cometeu suicídio na manhã desta Segunda-Feira (30/04), data do seu próprio aniversário que o Jovem completaria mais um ano de vida.

A fatalidade aconteceu em uma construção da família situada em uma localidade da Lagoa dos Costas, segundo informações que o jovem cometeu o suicídio após o fim de um namoro, namoro esse que teve seu fim na data do dia de ontem 29/04. O corpo do Jovem foi removido pelo Departamento de Polícia Técnica ao Instituto Médico Lega (IML) de Brumado. Ainda não há informações do sepultamento e o velório do Jovem.


Populares acionaram o SAMU que ainda socorreu a vítima com vida, levando ao Hospital. Mas ela morreu devido à gravidade dos ferimentos.

Um caso de feminicídio chocou a população de Formosa do Rio Preto, no Extremo Oeste da Bahia, durante a noite. Segundo informações colhidas pelo Portal Lapa Oeste, Diordentina Pereira da Silva, de 34 anos, foi assassinada a facadas por seu marido, Renilson Souza da Silva, de 35 anos. Populares acionaram o SAMU que ainda socorreu a mulher com vida, levando ao Hospital Municipal Dr. Altino Lemos Santiago, onde morreu devido à gravidade dos ferimentos. Renilson fugiu após cometer o homicídio e até o final desta tarde a Polícia Militar ainda não o localizara. Viaturas realizam rondas em toda a região para capturar o assassino.


Testemunhas afirmaram que ouviram muitos disparos de arma de fogo. Vítima deixa órfãs duas filhas pequenas.

Mais um crime de assassinato foi registrado em Guanambi aumentando a triste estatística da violência na cidade.  Desta vez uma mulher identificada como Anne Kelly de Andrade, 22 anos, popularmente conhecida como “Kelinha”, mãe de duas filhas pequenas, foi morta a tiros no bairro Monte Pascoal. O crime aconteceu por volta das 13h desta sexta-feira (16), onde homens efetuaram os tiros contra vítima que nada pode fazer. O DPT, esteve no local executando o levantamento cadavérico. O corpo da mulher foi levado ao IML. A Polícia Civil investiga o caso. O crime pode ter ligação com a guerra entre facções criminosas que disputam o poder do tráfico de drogas na cidade. //CN


Juraci Conceição de Jesus, 22 anos, foi arrastado por populares e espancado até a morte, com pauladas, pedradas e pelo menos dois tiros.

O suspeito de estuprar uma criança de 4 anos foi assassinado por populares na manhã deste domingo (11), no Beco do Salgado em Santo Estêvão. De acordo com informações de testemunhas que preferiram não serem identificadas Juraci Conceição de Jesus, 22 anos, foi arrastado por populares e espancado até a morte, com pauladas, pedradas e pelo menos dois tiros. A moto dele foi incendiada. De acordo com a polícia, a avó do menino desconfiou das queixas de dor dele e percebeu vermelhidão nas partes íntimas da criança, que apontou o padrasto como responsável pelas lesões.

A mãe do garoto, então, procurou o Conselho Tutelar, um representante do órgão acompanhou a dona de casa junto com o filho, até o Hospital Drº João Borges de Cerqueira. Após ser atendido e examinado por um médico da unidade, foi constatado o abuso. O corpo do suspeito foi removido por uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana. O caso vai ser investigado pela Polícia Civil em Santo Estevão.


0