Na madrugada desta segunda-feira, 25, por volta das 4h, ocorreu um homicídio na Rua das Turbinas, nas proximidades do parque de exposições, no bairro de Barreirinhas, em Barreiras.

De acordo com informações, um desentendimento dentro do Parque de Exposição, onde estava ocorrendo o São João de Barreiras, teria ocasionado o homicídio. Um rapaz não identificado teria dado um esbarrão proposital no jovem identificado por Atillas Henrique Batista de Souza, 18 anos. Atillas acionou os policiais militares que acabaram advertindo o indivíduo que esbarrou nele.

Os amigos de Atillas acreditam que o rapaz que foi advertido pela PM teria ficado com raiva e preparado uma vingança. O agressor, que estava acompanhado de alguns indivíduos, abordou Atillas na Rua das Turbinas. O jovem ainda tentou se defender e os dois entraram em luta corporal. Atillas ainda correu, mas foi alcançado e esfaqueado.


Um jogador de futebol, de 22 anos foi preso em flagrante na última quinta-feira (21/4) acusado de matar uma mulher transexual de 33 anos. A vítima foi identificada como Thalia Costa Barboza.

Conforme a polícia, ela foi morta a pauladas por Douglas Gluszszak Rodrigues, que jogava futebol pela Associação Esportiva São Borja, time que disputa a Segunda Divisão do Campeonato Gaúcho.

O corpo de Thalia foi encontrado próximo a uma Estação de Captação de água às margens do Rio Uruguai, em São Borja, no Rio Grande do Sul. De acordo com o UOL, o suspeito assumiu a autoria do crime, alegando que estava sofrendo ameaças de Thalia, com quem mantinha um relacionamento.

“Ele conta que, nos últimos dias, vinha recebendo ameaças da vítima, que publicaria fotos dele com ela nas redes sociais”, contou o delegado responsável pelo caso. Douglas não deu detalhes sobre como cometeu o assassinato.

Em nota, o clube no qual ele atua, a Associação Esportiva de São Borja, classificou o atleta como “um esportista disciplinado”.


Dois corpos, duas famílias dilaceradas pela dor de um crime brutal, cercado de mistérios. Scarlet Santos Sales tinha apenas 18 anos e Gilclebson Santos Pereira, 25.

O jovem casal vivia juntos há alguns meses. Primeiro, os dois moraram na casa dos pais dela, no bairro Urbis IV, em Itabuna. Depois, se mudaram para Coaraci, onde reside a família dele.

Quem os conhecia afirma que o relacionamento dos dois eram saudável e que o rapaz sempre a tratava com carinho e dedicação. Só que, na manhã deste domingo (17), uma tragédia abalou os familiares e amigos de Scarlet e Gil, como era mais conhecido. O casal foi encontrado morto dentro do carro, na BR-101, próximo ao viaduto que dá acesso ao Hospital de Base, em Itabuna.

As vítimas apresentavam ferimentos de tiros na cabeça. Um disparo em cada um. No som do automóvel, tocava uma música de Deivinho Novaes, que embalou os últimos momentos de vida dos jovens. Os corpos foram achados por policiais militares, que tinham ido tomar café no posto Flecha e na volta encontrou o veículo parado no acostamento por volta das 7h.


Quem assassinou Vitória Gabrielly, a garotinha de 12 anos que saiu de casa para patinar e encontrou a morte?

 A jovem que morava na cidade de Araçariguama, desapareceu sem deixar pistas na sexta-feira (8), Vitória saiu de casa para patinar em um ginásio da cidade que tem aproximadamente 17 mil habitantes e fica localizada no interior de São Paulo e sumiu misteriosamente.

Foram 8 longos dias de espera e desespero da família e amigos, em um caso que comoveu a população de Araçariguama e todo o Brasil e que terminou de maneira trágica no início da tarde deste sábado (16), quando o corpo da menina foi encontrado ao lado dos seus patins.

Torturada e covardemente assassinada

O corpo de Vitória estava a aproximadamente 5 km do local de onde desapareceu, a polícia foi acionada por um catador de latinhas que andava pela estrada de terra no bairro Caxambu, o cachorro deste indivíduo é que encontrou o cadáver já em adiantado estado de decomposição.

Imediatamente, a Polícia Militar e Civil foram até o local e infelizmente a menina foi reconhecida por parentes. A garota estava amarrada com um dos cadarços do patins, os peritos que estiveram no local e fizeram uma verificação preliminar, afirmaram que o corpo de Vitória apresentava sinais de tortura, seu rosto estava desfigurado e ainda havia sinais de esganadura e /ou asfixia. Ela estava de bruços debaixo de uma pilha de lixo.


Ele saía de uma festa próximo ao local do crime, quando percebeu que duas pessoas estavam sendo assaltadas. O PM reagiu ao assalto, foi baleado e morreu no local.

O policial militar Wagner Silva Araújo, de 27 anos, lotado na 67ª Companhia Independente de Polícia militar (67ª CIPM), foi assassinado com um tiro no peito na madrugada desde sábado (16), na Rua Uberlândia, transversal com Rua dos Maias, bairro São João em Feira de Santana.

Segundo o delegado Roberto Leal, coordenador regional da Polícia Civil, o crime aconteceu por volta das 4h30 da manhã. O policial estava dentro do carro, indo para casa, quando viu o assalto e trocou tiros com os criminosos. “Estamos colhendo as informações para prosseguir as investigações. Ele entrou na polícia em 2015. Um policial jovem e um crime que deixa todos consternados”, afirmou.

O coronel Luziel Andrade, comandante do Comando de Policiamento Regional Leste (CPRL), lamentou a morte do policial e informou que no local onde aconteceu o crime não há câmeras de segurança. Ele frisou que a polícia clama por um melhor serviço, profissionalismo porque também é parte da sociedade.

“A gente trabalha para que essas coisas não aconteçam. Mas, infelizmente ele foi alvejado. Vamos agora apoiar a família e buscar identificar a autoria”, declarou. // Acorda Cidade


Homem foi preso na noite desta quinta-feira em Poços de Caldas e confessou; mãe também foi levada à delegacia porque, segundo a polícia, foi omissa às agressões.

ma menina de 3 anos morreu na madrugada desta sexta-feira (15) na Santa Casa de Poços de Caldas (MG). Ana Lívia Lopes da Silva tinha sido internada com politraumatismo craniano depois de ser agredida pelo padrasto por fazer xixi na roupa e na cama. Christhopher Anthony Tavares Coelho, de 27 anos, foi preso na noite desta quinta-feira (14) e confessou as agressões. Segundo a polícia, a mãe, de 19 anos, também foi levada à delegacia acusada de omissão.

Ainda conforme a Polícia Militar, as agressões começaram na quarta-feira (14), quando a menina teria urinado na roupa e na cama. A criança foi colocada de castigo e novamente agredida quando saiu do local. Ela teve sangramento no nariz. Durante a noite, a menina teria sido vítima de agressão mais uma vez. Ao longo do dia, a criança apresentou sinais de convulsão e só então foi levada ao Hospital Margarita Moralles pela tia e avó, que são vizinhas do casal.


O padrasto agrediu a menina e usou um fio de ventilador para enforcar a vítima. De acordo com a Polícia Civil, o casal teve a prisão decretada.

Um casal foi preso na manhã de quinta-feira (14) suspeito de tentar matar uma criança, de 12 anos, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Civil, foram presos a mãe adotiva da criança e o padrasto, apontados como os autores da tentativa de homicídio contra a criança, em agosto de 2017. A mulher, que é professora, foi presa ao chegar na escola em que trabalha. Já o padrasto foi preso em casa quando se preparava para sair.

Na época dos fatos, o casal declarou ter ocorrido uma tentativa de suicídio, onde supostamente a menina teria se enforcado. A Polícia Civil suspeitou do caso ao analisar câmeras de videomonitoramento. O casal demorou duas horas para pedirem socorro. Antes, 40 minutos após o crime, os suspeitos chegaram a chamar um pastor evangélico para ‘expulsar um demônio do corpo da menina’.


O pedreiro Reginaldo da Boa Morte Santos, de 60 anos foi preso em flagrante acusado de estuprar e assassinar a própria mãe de 75 anos, na madrugada desta terça-feira (12), na cidade de Valença, localizado a 255 km de Salvador.

O delegado José Raimundo Néri Pinto, coordenador da 5ª Coordenadoria Regional de Polícia Civil (Coorpin / Valença), afirmou que o pedreiro alegou que cometeu o crime por estar alcoolizado. “Ele estuprou e assassinou por asfixia a própria mãe, que iria fazer 76 anos, nesta quarta-feira (13), na casa onde morava com ela. Durante o interrogatório Reginaldo alegou que a bebida o fez cometer o crime”, explicou o coordenador.

Para ocultar o crime, o pedreiro limpou o local onde tudo aconteceu e tentou enterrar a vítima, mas foi impedido pela ação rápida polícia. O coordenador explicou que a idosa chegou a entrar em luta corporal com o agressor para tentar se defender. Ele foi autuado por estupro seguido de morte e segue preso à disposição da Justiça. // BNews


A conclusão da polícia foi possível após vizinhos relatarem que ele foi visto no local um dia antes de as vítimas serem achadas. Ele ainda não foi localizado.

Principal suspeito de matar a facadas Thamiris Souza Santos, de 30 anos, e suas filhas, Nayara Machado de Souza Santos, de oito, e Nicolly de Souza Santos, de quatro anos, o vendedor Magno Brandão Ferreira, de 27, frequentou a casa das vítimas, em São Vicente, no litoral de São Paulo, durante quatro dias enquanto os corpos entravam em decomposição.

As três foram encontradas na madrugada de domingo (10), após parentes indicarem à Polícia Militar a existência dos corpos na residência, no bairro Parque Continental. Thamiris tinha ferimentos de faca no tórax e no braço, enquanto que Nayara tinha dois ferimentos no tórax, e Nicolly, três no tórax e um no pescoço. Assista o Vídeo:


Uma mulher morreu na manhã de domingo (10/06), dentro de um condomínio residencial do programa Minha Casa Minha Vida, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS) após ingerir veneno de rato.

Segundo informações, Lilian dos Santos estava dentro do apartamento localizado no bairro Vida Nova, com sua filha de 10 anos quando resolveu ingerir o veneno. De acordo informações do site Mapele News, ela teria trancado a porta e escondido a chave debaixo do travesseiro logo após tomar o chumbinho, para que a menina não tivesse tempo de pedir socorro.

Quando a criança conseguiu achar a chave e pedir ajuda dos vizinhos sua mãe já estava morta. Segundo informações dos familiares, está não é a primeira vez que a mulher ingere veneno de rato para tentar se matar. Da última vez, ela chegou a ser internada em estado grave, mas se recuperou.

Ainda de acordo com a família, a jovem sofria de transtornos mentais e não tinha nenhum motivo plausível para cometer suicídio. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) e foi sepultado na manhã desta segunda-feira (11).


Um idoso de nome Pedro dos Santos de 75 anos, foi alvejado por um disparo de arma de fogo tipo rifle na porta de sua residência na Comunidade Campo Erê, município de Barreiras, distante 70 Km de Luis Eduardo Magalhães.

O fato aconteceu por volta das 19h30 deste domingo (10). Segundo informações do neto da vítima, os idosos o Sr. Pedro e sua esposa Sra. Conceição, estavam sentados na porta de casa quando chegou um elemento armado e encapuzado que entrou pelo fundo da casa e surpreendeu o casal anunciando o assalto.

Como eles estavam sem dinheiro no momento da abordagem, o elemento disparou por duas vezes e um dos disparos atingiu na região da barriga do Sr. Pedro. Após atingir a vítima o criminoso conseguiu fugir. O ancião foi socorrido pelos familiares em um veículo, sendo transferido para a ambulância, Unidade de Suporte Avançado do Samu. O estado de saúde do Senhor era gravíssimo, o Médico do SAMU e equipe tentaram reanimar a vítima por mais de 20 minutos, mas sem sucesso.


Uma moradora do Distrito Federal de 23 anos foi assassinada a facadas, nesta quarta-feira (6), por um ex-namorado que se dizia “inconformado com o término”.

Três dias antes, ele já tinha sido detido por agressão e tentativa de homicídio contra ela. Tauane Morais era operadora de caixa e morava em Samambaia Norte.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito se chama Vinícius Rodrigues de Sousa, e tem 24 anos. Após o crime, ele tentou se matar, foi socorrido e internado. Tauane morreu na hora. No último domingo, Vinicius foi detido em flagrante após agredir Tauane com socos e tentar enforcá-la. A agressão foi presenciada pelos filhos do casal – um menino de 2 e uma menina de 4 anos. À Polícia, naquele dia, Tauane contou que o ex-namorado chegou a pegar um punhal e rasgar as cortinas da casa, quebrar móveis, a geladeira e a televisão da família.

Mesmo com o flagrante, no dia seguinte, o homem foi liberado em uma audiência de custódia. O juiz Aragonê Nunes Fernandes, que analisou o caso, entendeu que a medida protetiva concedida pela Justiça à Tauane era “suficiente” para manter o agressor longe da vítima e “preservar a integridade física” dela. Após o assassinato e a tentativa de suicídio, o homem foi socorrido no local pelo Corpo de Bombeiros e levado ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT). O estado de saúde dele não foi informado.


Pais da criança constaram abuso e acionaram a polícia. Suspeito teria dito, em depoimento, que cometeu crime porque sentiu ‘uma coisa ruim na cabeça’.

Um jovem de 18 anos foi preso na cidade de Mortugaba, no sudoeste da Bahia, suspeito de estuprar o primo, uma criança de dois anos. Segundo a Polícia Civil, o abuso foi constatado pelos pais da vítima, que acionaram a polícia.

Conforme as investigações, o crime ocorreu no dia 2 de maio, na zona rural da cidade. No entanto, o jovem, identificado como Mateus de Jesus Silva, mais conhecido como “Teteu”, não foi encontrado em casa, que fica perto da residência da vítima. Com informações da denúncia e após análise de laudos periciais, a polícia decretou a prisão preventiva do suspeito. Ele foi localizado seis dias após o crime na localidade de Agreste, também na zona rural de Mortugaba.