Um professor de uma escola na Índia foi preso depois que foi acusado de espancar um aluno de 11 anos por ter roubado um lápis e uma borracha de um colega. A agressão culminou na morte da criança.

Lalit Verma, o professor em questão, que também é diretor da escola da Índia, supostamente espancou o garoto, chamado apenas como Shiva, depois de encontrar um lápis e uma borracha de um colega dentro de sua mochila.

A violência aconteceu em uma escola na Vila Railamau.

Professor espanca menino de 11 anos até a morte

A suposta surra foi tão grave que a criança se queixou de uma forte dor de estômago e começou a vomitar sangue depois que chegou a sua casa.

144

Uma ambulância foi chamada, mas Shiva morreu a caminho do hospital Fatehpur.

Lalit foi acusado de homicídio culposo (quando não há a intenção de matar). A polícia informou que a provável causa da morte se deve a uma hemorragia interna, mas um exame deverá informar o fato preciso futuramente.


Um vídeo chegou na manhã desta quarta-feira (8), no Whats App do Bocão News, em que mostra um grupo de presos agrediu um suposto rival na delegacia de Simões Filho e um dos envolvidos filmou a sessão de espancamento. Após agredir a vítima o grupo se intitula como membros da organização criminosa “Caveira” e deu gritos de guerra contra facção rival “CP”.

Ainda neste ano o Bocão News noticiou uma farra de presos na Penitenciária Lemos  Brito com a exibição de presos fazendo churrasco e assistindo TV.

Veja: Em novas imagens, presos da Lemos Brito se exibem em churrasco e assistem TV

Assista:

https://youtu.be/17YSCzdKfAM

BOCÃO NEWS


homicido-tatuDielson França dos Santos de 19 anos conhecido como “Nem” foi preso na tarde desta terça-feira, 07, por agentes da Polícia Militar após ter esfaqueado dois homens na Rua B, Loteamento em Itororó. Dielson esfaqueou primeiro o senhor Homero Joaquim dos Santos de 74 anos e em seguida esfaqueou Ailton Tavares dos Santos de 39 anos que havia entrado na briga para defender o pai.

homicido-dielson

Dielson contou que o senhor Homero estava se envolvendo com sua ex esposa. Fato afirmando pela própria mulher que está grávida. Embriagado, enciumado e munido de uma arma branca ele foi até a casa do senhor Homero e lhe deferiu vários golpes pelo corpo, no pescoço e cabeça; vendo o pai ensanguentado Ailton partiu para cima do agressor e também acabou sendo gravemente golpeado por Dielson.

Pai e filho foram socorridos levados para o Hospital e Maternidade de Itororó e de lá transferidos para a Fundação José Silveira em Itapetinga onde neste momento estão sendo avaliados. Ailton em estado mais grave poderá ainda ser transferido para Vitória da Conquista na tarde de hoje.

CLICANDO ABAIXO MAIS FOTOS:


pm

Um casal de moradores do bairro do Arenoso em Salvador foi assassinado no último domingo (5), dentro de um bar, após ter elogiado e defendido a atuação da Polícia Militar em uma troca de tiros com criminosos. De acordo com informações do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Mônica de Jesus, de 34 anos, e seu marido Sérgio Sacramento, de 45, foram baleados na Rua Direta do Arenoso por volta das 22h. Eles teriam comemorado na frente de vizinhos a ação da 23ª Companhia Independente de Polícia Militar (Tancredo Neves) recebida a tiros por um grupo de dez pessoas. Na ação, os PMs pediram reforço da Rondesp (Rondas Especiais) e quatro suspeito de trocar tiros com a polícia foram mortos. O caso é investigado pela 2ª Delegacia do DHPP.


overdoseA mãe de um jovem americano que quase morreu após sofrer uma overdose usou o perfil dela no Facebook para começar uma campanha contra o consumo de drogas. Para chamar a atenção de adolescentes sobre os riscos dessas substâncias ilícitas, Kelly Smith-Miller divulgou uma foto de seu próprio filho, Brayden Travis, de 18 anos, inconsciente em um leito de hospital, respirando com apoio de equipamentos. No início deste mês, o rapaz acabou internado depois de tomar um coquetel de heroína com um potente sedativo.

Segundo informações do jornal Daily Mail, o filho de Kelly consumiu as drogas na casa de um amigo, no Missouri (EUA), e ficou cerca de 7 horas sozinho, antes de receber ajuda médica. Por conta disso, ele teve um lesões cerebrais graves, além de problemas nos pulmões e nos rins.

 “Se a história e a imagem do meu filho podem salvar uma vida ou contribuir pela conscientização sobre os riscos do consumo de drogas, então eu e ele vamos ficar muito felizes”, escreveu Kelly, na rede social.

A publicação já foi compartilhada mais de 300 mil vezes. “Ele não ia querer isso para mais ninguém. Ele diria a qualquer um para ficar longe das drogas… sempre! Posso dizer que ele tentou lutar contra esse vício, desta vez, porém, ele não venceu”, acrescentou.

Agora, Kelly se agarra à fé para acreditar na recuperação do filho, que já respira por conta própria e, eventualmente, consegue abrir os olhos por pouco tempo. “A equipe médica acredita que meu filho deveria ter morrido muito antes de ter recebido a ajuda médica que precisava. Mas, por alguma razão, o estado de saúde dele está estável”, diz a mãe, cujo filho foi internado no início do mês passado. “Ele estáprogredindo. Mas ainda há um longo caminho pela frente. Eu não vou desistir até ter esgotado todas as opções conhecidas”, afirma.

Kelly afirmou ainda que usará sua conta no Facebook para narrar os próximos passos na recuperação de Travis.


complexo policialUma dona de casa, de 42 anos, moradora da Vila Rosa, está internada no Hospital Cristo Redentor desde a noite de sábado (04), depois de dar entrada na unidade com sangramentos na vagina. Ela tinha acabado de ser violentada sexualmente.

De acordo com a polícia, a mulher foi estuprada e em seguida teve uma tesoura penetrada em seu órgão sexual.

O acusado é o ex-companheiro da vítima, que já foi identificado por investigadores do Complexo Policial, que o procuram.


Foto: Divulgação

O advogado Roney Franco, que representa Carla Rocha, declarou que pediu para a sua cliente responder o processo em prisão domiciliar, tendo em vista que ela sofreu recentemente um AVC (acidente vascular cerebral) e está se convalescendo.

Carla foi presa em flagrante na última quarta-feira em Itabuna acusada de cárcere privado e tráfico de drogas.
O advogado declarou para este blog que pediu para a sua cliente responder o processo em prisão domiciliar, tendo em vista que ela sofreu recentemente um AVC (acidente vascular cerebral) esta se convalescendo.

Roney Franco nega que Carla cometeu crime de cárcere privado, segundo ele, ocorreu uma divergência de convivência entre as jovens que dividiam o apartamento com ela. Em relação a dividas, ele alega que é fruto de despesas corriqueiras de casa, como aluguel e luz:

“Elas não viviam no cárcere… tinha as chaves de casa e saia e voltavam a hora que quisessem”, declarou o advogado.

Sobre a acusação de tráfico de droga, ele informou que preliminarmente a delegada entendeu que era tráfico, mas pela quantidade encontrada, fica configurado que era para uso próprio, e não tráfico. Fonte: Políticos do Sul da Bahia


A cidade de Barreiras no Oeste da Bahia registrou o 23º homicídio em 2015. A diarista Gracy Mary Costa de Matos, 35 anos, foi morta com um tiro no pescoço, na rua Irmã Dulce, bairro Vila Dulce.

MÃE MORTA

No momento do crime, a vítima estava em companhia de um filho, que supostamente seria o alvo dos criminosos, mas conseguiu escapar da morte, porque sua mãe atravessou na frente da arma na hora do disparo. Uma ambulância do Samu 192 ainda foi acionada, porém a encontrou sem sinais de vida. Uma guarnição da Polícia Militar, comandada pelo Cabo Naidson guarneceu a área do homicídio até a chegada de equipes da Polícia Civil e do DPT.


ABRAÇO DA SUCURINa tarde da última quarta-feira, (04/04), moradores da cidade de Formosa da Serra Negra, no Estado do Maranhão, a 481 km de São Luís, encontraram um homem morto por uma cobra sucuri, à beira de um córrego.

A cobra estava enrolada na Vítima, identificada com Emanoel da Cunha Lopes, de 30 anos, e Já estava Prestes a engolir o rapaz. Moradores ao verem a cena, partiram pra Cima e Mataram a sucuri, mas o rapaz Já estava morto, estrangulado e com os ossos do corpo quebrados.

Uma cena imaginada só em histórias de pescadores, mas tornou-se real, para infelicidade da Vítima.


MOSTROU A CABEÇA DECAPTADA NO FACE[

Jovem que confessou decapitação em rede social (Foto: Reprodução/Facebook)

O ataque aconteceu na casa da vítima depois que os dois tiveram relações sexuais e ela confessar que traiu o namorado

O homem de 23 anos que confessou ter matado e decapitado a namorada grávida na última quinta-feira (26), em São Paulo, publicou uma foto da cabeça dela no Facebook. A foto da cabeça de Shirley Souza, 16 anos, foi postada no site de rede social dois dias depois de José Ramos dos Santos cometer o crime.

O homem se apresentou a uma delegacia no centro de São Paulo levando a cabeça da adolescente dentro de uma mochila no sábado (28). No Facebook, José publicou a foto e escreveu: “Traição da nisso…mentiras…odeio” (sic).

Segundo o G1 São Paulo, José ainda publicou uma montagem com o rosto de Shirley ao lado do suposto amante, com a inscrição: “mim traiu na vespera de natal” (sic).

A jovem estava grávida de sete meses. José matou a adolescente depois de ela confessar que se relacionou com um amigo do casal no final do ano passado. Ele desconfiava que o filho não fosse dele.

Shirley e suposto amante, em fotomontagem feita por José no Facebook dele (Foto: Reprodução/ Arquivo pessoal)

Montagem com rosto de adolescente no Facebook
(Foto: Reprodução/Facebook)

O corpo de Shirley foi encontrado por moradores em uma viela próxima à rua Manuel Rodrigues Mexilhão, na Pedreira, por volta das 19h30 de sábado. Quando soube, José buscou a cabeça da vítima na casa dele para levá-la à polícia.

O corpo de Shirley, sem a cabeça, foi encontrado nu, enrolado em um lençol e com as pernas amarradas com fios plásticos.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, Santos pegou um ônibus com a cabeça da vítima e foi até a delegacia no centro da cidade, onde confessou o crime. Lá, mostrou a cabeça e disse que matou a adolescente após ela assumir que o traiu. O ataque aconteceu na casa da vítima depois que os dois tiveram relações sexuais.


JOVEM MORTO PONTE

Por volta de 06:00 horas da manhã desta terça-feira (31), populares encontraram um corpo sem vida nas imediações da ponte que liga os bairros Nova Itapetinga/Vila Isabel.

O corpo de um jovem aparentando 25 anos, estava em cima de um lajedo, e apresentada um grande corte na região da garganta a queixo.

O jovem foi brutalmente assassinado e no local ainda foram encontradas, várias cápsulas de pistola, onde se suspeitava que o mesmo, ainda tinha sido alvejado pelos disparos.

A polícia militar foi acionada e preservou o local, muitos curiosos estavam no local e não conseguiam acreditar em uma morte com tantos requintes de crueldade.

Aguarde mais informações!!!

FONTE: BLOG DO TARUGAO


Um professor acabou morrendo após se jogar do quarto andar do prédio em que morava, na Rua 25 de Dezembro, no bairro São Caetano, em Itabuna. O fato aconteceu na noite de ontem (29) e chocou testemunhas.

Brandão tinha 39 anos de idade. Segundo vizinhos, ele lecionava matemática no colégio Ciomf (Centro Integrado Oscar Marinho Falcão). Josenildo ainda foi socorrido com vida e encaminhado para o hospital de Base, com diversas fraturas pelo corpo, incluindo coluna, fêmur e costelas.

Os médicos ainda tentaram reanimar o educador, mas sem sucesso. Josenildo não resistiu aos ferimentos, morrendo pouco tempo depois. A motivação do suicídio ainda é desconhecida.

CLIQUE  E VEJA MAIS FOTOS:


jovem usa namorada como escudo

Um homem não identificado sofreu um atentado quando estava na companhia da namorada, uma adolescente de 17 anos, identificada pelas iniciais, C.S., na noite desta quarta-feira (25), no município de Pojuca, Região Metropolitana de Salvador (RMS).

De acordo com informações da polícia, homens se aproximaram do casal para atirar contra o namorado da jovem, mas ele colocou a garota na frente e correu. C.S. não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O namorado da adolescente também foi atingido pelos disparos e foi socorrido para Hospital Geral do Estado (HGE). Não há informações sobre o estado de saúde do homem e dos autores dos disparos.


0