Agressão foi flagrada por morador e Conselho Tutelar obteve vídeo de câmeras de segurança. Jovem, de 22 anos, fugiu após repercussão do caso e conselheiro diz que mãe era conivente. Um jovem de 22 anos é suspeito de agredir o enteado, de 4 anos, no meio da rua em Sertãozinho (SP). Um morador flagrou a agressão e denunciou o caso ao Conselho Tutelar, que obteve imagens da câmera de segurança de uma casa que mostram os maus-tratos.

No vídeo, o jovem e a criança estão sobre uma moto parada na Rua Yoshinobu Kobata, no Jardim Jamaica. Usando capacete e com uma mochila nas costas, o menino desce e é agredido com um chute no peito pelo padrasto, que continua no veículo.


Resultado de imagem para jair e haddad

O Datafolha acaba de divulgar nesta quarta-feira (4), a mais nova pesquisa eleitoral para a Presidência da República. Segundo o levantamento, a tendência é haver um segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

Bolsonaro confirmou o crescimento e a três dias do primeiro turno, o deputado federal segue na liderança, agora, com 35%. Enquanto isso, o petista registra 22%. Ciro Gomes, do PDT, segue isolado em terceiro lugar, com 11%. Seguido de Geraldo Alckmin (PSDB), que soma 8% e a candidata da Rede, Marina Silva, que manteve 4% das intenções de voto. Veja os números:

Jair Bolsonaro (PSL): 35%

Fernando Haddad (PT): 22%

Ciro Gomes (PDT): 11%

Geraldo Alckmin (PSDB): 8%

Marina Silva (Rede): 4%

João Amoêdo (Novo): 3%

Alvaro Dias (Podemos): 2%

Henrique Meirelles (MDB): 2%

Cabo Daciolo (Patriota): 1%

O levantamento foi realizado com 10.178 eleitores de 387 municípios entre os dias 3 e 4 de outubro. Encomendada por Folha de S. Paulo e TV Globo, a pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-02581/2018.


Uma tragédia vitimou um menino de três anos na cidade de Ibaiti, no Paraná. A fatalidade ocorreu no carro do próprio pai, na tarde da última terça-feira (2). O caso só foi divulgado nesta quinta-feira (4). Em depoimento, o pai contou que o garoto brincava no carro, que estava estacionado, enquanto os pais colhiam café em uma propriedade rural.

Quando deram falta da criança, o homem foi até o veículo e encontrou o filho enforcado, apenas com a cabeça para fora. O vidro foi acionado para soltar a criança, que foi encaminhada à Fundação Hospitalar de Saúde Municipal. Ao chegar na unidade de saúde, a criança teve a morte confirmada.


Nesta quinta-feira (4), durante um assalto bandidos  se irritaram com o choro de uma criança de 2 anos, e mataram a mãe do bebê a tiros, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana de Goiás.

De acordo com informações do G1, no momento em que os ladrões solicitaram a chave do cofre, a menina começou a chorar e, segundos depois, os bandidos atiraram na mulher. “A Shirley era uma menina muito humilde, uma menina muito trabalhadora, trabalhava de domingo a domingo. ‘Supermãe’. Pessoa muito alegre, muito carinhosa, família, entendeu? Eles tiraram a vida de uma pessoa linda, maravilhosa”,  disse o primo da vítima, que preferiu não se identificar.


Rejeição ao candidato petista saltou de 32% para 41%, a 4 pontos do índice dos que descartam votar no capitão da reserva, que é de 45%.

Nova pesquisa Datafolha mostra que Jair Bolsonaro (PSL) cresceu 4 pontos porcentuais em relação à última sexta-feira 28 e lidera a corrida presidencial com 32% das intenções de voto, onze pontos a mais que o segundo colocado, Fernando Haddad (PT), que oscilou negativamente em um ponto e agora aparece com 21%.

Em terceiro, Ciro Gomes (PDT) se manteve com 11%, seguido por Geraldo Alckmin (PSDB), que caiu um ponto, dentro da margem de erro, e agora tem 9%. O resultado da pesquisa foi divulgado pelo jornal Folha de S.Paulo, que contratou o levantamento em parceria com a TV Globo.

Marina Silva, da Rede, tem 4% e João Amoêdo (Novo), 3%. Henrique Meirelles (MDB), Alvaro Dias (Podemos) e Cabo Daciolo (Patriota) aparecem com 2% cada. Guilherme Boulos (PSOL), João Goulart Filho (PPL), José Maria Eymael (DC) e Vera Lúcia (PSTU) não pontuaram. Brancos, nulos e indecisos somam 13%.

Rejeição

Segundo o instituto, a rejeição a Haddad saltou 9 pontos porcentuais, passando de 32% para 41%. Bolsonaro segue sendo o candidato mais rejeitado, desaprovado por 45% do eleitorado, 1 ponto a menos que no último levantamento.

Marina tem rejeição de 30%, Alckmin, de 24%, Ciro, 22%, Meirelles e Boulos, 15%, Cabo Daciolo, 14%, Alvaro Dias e Vera Lúcia, 13%, Eymael e Amoêdo, 12% e João Goulart Filho, 11%.

A pesquisa Datafolha ouviu 3.240 pessoas durante o dia nesta terça-feira, 2. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais, para mais ou para menos. O levantamento foi registrado no TSE sob a identificação BR-03147/2018


A Justiça de Bastos, cidade do interior de São Paulo, sentenciou um homem a 33 anos e quatro meses de prisão em regime fechado por abusar sexualmente da filha desde que ela tinha 12 anos de idade. A ação de estupro de vulnerável, iniciada em 2014, soma diversos volumes, uma vez que, de acordo com a denúncia, o homem teria estuprado a filha 900 vezes desde 2011.

Conforme informações do portal G1, durante a instrução do processo foram ouvidas a vítima, três testemunhas de acusação e quatro de defesa. Em depoimento, a vítima declarou que o pai disse que “fazia aquilo [agressões sexuais] para o bem dela”, para que a menina não se “tornasse da vida” igual a sua mãe.


Resultado de imagem para bolsonaro e haddad entra em empate técnico diz pesquisa

Candidato do PSL aparece com 28,2%, enquanto pesquisa tem 25,2% das intenções de voto. Pela primeira vez, os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) aparecem tecnicamente empatados na corrida presidencial , conforme os resultados da pesquisa do instituto MDA encomendada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte). O levantamento divulgado neste domingo (30) mostra Bolsonaro com 28,2% das intenções de voto e Haddad com 25,2% da preferência dos entrevistados. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. Considerando essa margem, Bolsonaro pode ter entre 26% e 30,4%. Já Haddad pode ter entre 23% e 27,4%.

Ciro Gomes (PDT) surge em seguida com 9,4%, tecnicamente empatado com Geraldo Alckmin (PSDB), que marcou 7,3%. Marina Silva (Rede) registrou 2,6%.

Eis as intenções de voto em cada candidato:

Jair Bolsonaro (PSL): 28,2%

Fernando Haddad (PT): 25,2%

Ciro Gomes (PDT): 9,4%

Geraldo Alckmin (PSDB): 7,3%

Marina Silva (Rede): 2,6%

João Amoêdo (Novo): 2%

Henrique Meirelles (MDB): 2%

Alvaro Dias (Podemos): 1,7%

Cabo Daciolo (Patriota): 0,7%

Guilherme Boulos (PSOL): 0,4%

Vera (PSTU): 0,3%

José Maria Eymael (DC): 0,1%

João Goulart Filho (PPL): 0,1%

Branco/Nulo: 11,7%

Indeciso: 8,3%

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas nos dias 27 e 28 de setembro em 137 municípios de 25 unidades da federação. O levantamento está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-03303/2018 e tem nível de confiança de 95%. Na última pesquisa MDA/CNT, do dia 17 de setembro, Bolsonaro aparecia em primeiro lugar, com 28,2% das intenções, seguido por Haddad, com 17,6%, e Ciro, com 10,8%.


O cabo PM, lotado em Itajaí e estava em processo de exclusão da Polícia Militar. O policial militar Delmar Camargo, 45, matou a tiros a ex-companheira, o filho e tirou a própria vida na noite dessa sexta-feira (28), informou a corporação. O crime ocorreu no apartamento em que moravam Elenir Teresa Ottowicz, de 42 anos, e Davi Ottowicz Camargo, de 3 anos, no bairro Tabuleiro, em Camboriú/SC, no Litoral Norte, por volta das 23h.


Uma menina de apenas  12 anos, tentou matar os pais e a irmã de três anos com veneno para ratos na cidade de Jarinu, na região de Jundiaí, no interior de São Paulo. A pré-adolescente colocou o veneno no café dos pais e no suco de laranja da irmãzinha.

O delegado que ficou encarregado do caso, Victor Oliveira Paula disse que ficou impressionado com a história e requisitou à Justiça a apreensão da menina para a Fundação Casa. O pai, mecânico de 43 anos, se levantou na manhã da última quarta (26), e foi tomar o café. Ele estranhou o sabor e questionou a mulher, uma dona de casa de 32. Ela também tomou o líquido e resolveu fazer outro para o marido ir trabalhar.


Nas imagens, é possível ver muitas pessoas com marretas e pé-de-cabra tentando quebrar a fechadura da cela onde o suspeito estava. Um vídeo divulgado nesta sexta-feira (28) mostra o momento em que populares invadiram a delegacia do município de Capixaba e quebraram a porta da cela do suspeito de matar um casal de idosos no interior do Acre.

Elison de Souza Santos, 19 anos, foi retirado de dentro da cela pelos populares, conseguiu fugir, mas foi alcançado na BR-317 e linchado até a morte.


No último domingo (23), o cantor Léo Henrique, de 27 anos, que faz dupla com o cantor Leandro, pegou um facão e golpeou um cliente que teria assediado a mulher dele durante a apresentação do músico na boate Duplin Pub, no Bairro Menino Deus, em Cuiabá.

Testemunhas que estavam no local disseram que Léo se comprometeu em ir até a delegacia, acompanhado do advogado, após o prazo de 48 horas. A vítima, identificada como Sandro Mendes Figueiredo, de 31 anos, está internada em estado grave.


Na noite da última terça-feira (18), um estudante identificado como Lucas de Brito Vieira,19 anos, foi assassinado a facadas enquanto jogava videogame na casa de um amigo, em Itaquaquecetuba, interior de São Paulo.

Segundo testemunhas, a vítima foi atacada pelo irmão do amigo, de 21 anos, que fugiu depois do crime. De acordo com o delegado que atendeu o caso classificou o ataque como “de extrema brutalidade”. A vítima levou pelo menos sete facadas profundas em várias regiões do corpo, como rosto e tórax. Lucas chegou a ser socorrido ao Hospital da região, mas não resistiu.