Soldados das Forças de Defesa de Israel posam antes de embarque para o Brasil. Eles vão atuar nas buscas em Brumadinho

“Salvar vidas não é sobre o quão longa é a distância, mas até onde você está disposto a ir”, escreveu a Força de Defesa da Israel em sua página no Twitter.

Israel enviou ao Brasil uma tropa de 130 soldados para ajudar nas  buscas por vítimas da tragédia de Brumadinho. Parte da cidade está sob lama e rejeitos após o rompimento de barragem da mineiradora Vale na tarde de sexta-feira (25).  


Segundo o delegado do caso, Adir Neto Teodoro alugou um carro só para cometer o crime. Vítima estaria “infernizando” a família. Pastor nega ter participado do crime.

A polícia de Mogi das Cruzessegue em busca do homem que atirou e matou a jovem Mirele Mirele Peixoto Souza, de 22 anos, na última semana. Para o delegado que investiga o caso, Rubens José Ângelo, o suspeito que já está preso, que seria o mandante do crime, premeditou o assassinato.


Uma barragem de mineração se rompeu na região de Brumadinho, em Minas Gerais, nesta sexta-feira (25). Segundo o Corpo de Bombeiros, cerca de 200 pessoas estão desaparecidas.

O governo do Estado de Minas Gerais informou que enviou uma força-tarefa para acompanhar e tomar as primeiras medidas. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, determinou o envio de equipes de emergência do Ibama e grupos de coordenação de trabalho do ministério para Brumadinho.

Segundo informações preliminares, a barragem que se rompeu é usada para recirculação de água da planta e contenção de rejeitos em eventos de emergência. No site da Vale, consta que ela tem cerca de um milhão de metros cúbicos.

O incidente em Brumadinho ocorre três anos após a tragédia de Mariana, quando uma barragem de rejeitos da companhia Samarco, também da Vale, se rompeu.


                                                 Foto: Conexão Política

O deputado federal reeleito Jean Wyllys (PSOL-RJ) anunciou nesta quinta-feira que não vai tomar posse para o novo mandato, previsto para começar em 1º de fevereiro. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o parlamentar alegou que recebe ameaças e teme por sua vida. Ele ainda afirmou que deixará o país. Em seu perfil no Twitter, Wyllys agradeceu aos eleitores e afirmou que preservar sua integridade também é uma forma de luta.


                                                    Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil

O presidente em exercício, Hamilton Mourão, vice-presidente da República, afirmou que as suspeitas envolvendo o senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ) devem ser apuradas e que, caso haja comprovação, ele deve ser punido. “Apurar e punir, se for o caso”, disse ele, ao ser questionado sobre a declaração de Bolsonaro sobre o filho, feita em Davos, na Suíça. A informação é do jornal Folha de S. Paulo.

Nesta quarta-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro concedeu entrevista à agência de notícias Bloomberg , em Davos, na Suíça, ele foi questionado sobre os escândalos envolvendo Flávio Bolsonaro, seu filho mais velho.


Um homem de 28 anos foi atingido por vários tiros, na tarde desta terça-feira (22), e logo após o atentado, saiu andando do veículo que estava, no trecho conhecido como Anel Viário, em Aparecida de Goiânia.

Segundo testemunhas foram ouvidos mais de 20 tiros contra o carro que o homem estava. Eles ainda relataram que a vítima, conversando ao telefone consegue andar mesmo ensanguentado. O homem foi levado inicialmente por populares à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região. 


Na tarde desta terça-feira (22), alguns usuários do aplicativo de mensagens Whatsapp sofreram com a instabilidade do serviço.  Segundo o site Tech Tudo, as mensagens está apresentando erros no Brasil e em alguns países da Europa. Ao tentar usar a rede social, o serviço apresenta a notificação “conectando…” mas não consegue enviar ou receber mensagens.

A instabilidade está atingindo usuários tanto das plataformas Android ou iOS, além da versão Web e para PC. Ainda segundo o Tech Tudo, um site que recebe reclamações de usuários do mundo todo já conta com quase 4 mil relatos sobre o erro de funcionamento do WhatsApp.


O suspeito de ter matado e estuprado a enteada de dois anos, no bairro de Vila Canária, foi torturado e morto na noite de segunda-feira (21) por uma facção criminosa.

Com informações do Jornal Correio, o ajudante de pedreiro Edson Neri Barbosa, de 27 anos, estava foragido desde o domingo (20), dia em que a menina morreu antes mesmo de dar entrada em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para onde foi levada desacordada pela mãe. Ainda de acordo com familiares da menina, na tarde de segunda-feira (21), Jéssica Silva, 21, mãe de Ágatha Sophia, uma irmã e uma tia foram ouvidas pelo Departamento de Homicídio de Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro da Pituba.


Apresentador se pronunciou durante o seu programa ‘Brasil Urgente’ (TV Band) nesta segunda-feira (21).

Na noite de segunda-feira (21), o apresentador Datena se pronunciou durante o seu programa ‘Brasil Urgente’ (TV Band) sobre a polêmica de assédio que a jornalista Bruna Drews envolveu seu nome na última semana. Leia e confira o vídeo do discurso abaixo:


Tórax da vítima estava aberto com uma imagem de um santo em cima do corpo.


Uma jovem de 22 anos morreu após ser atingida por um disparo de arma de fogo dentro de casa neste domingo (20), no Bairro Dias Macêdo, em Fortaleza. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará, o namorado disparou contra a vítima enquanto ele manuseava o revólver na residência. O homem fugiu após o crime.

Conforme a Secretaria da Segurança, a jovem Thamires Felix de Aquino estava na cozinha da residência junto com namorado, quando ocorreu o disparo. Após ser baleada, a vítima morreu ainda no local. Após o tiro, o homem fugiu da residência antes da chegada dos policiais. Conforme a Secretaria da Segurança, ele segue foragido.


O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) divulgou, nesta sexta-feira (18), o resultado das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2018. As notas estão disponíveis na página do participante (https://enem.inep.gov.br/participante/) e para ter acesso, o candidato deve digitar o CPF e a senha cadastrada.

As notas do ENEM podem ser usadas para concorrer a vagas no Ensino Superior pelo Sistema de Seleção Unificada (SISU), a bolsas pelo Programa Universidade para Todos (PROUNI) e a financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (FIES).

Em todo o Brasil, o ENEM contou com a participação de cerca de 4 milhões de candidatos. A Bahia foi o primeiro Estado do Nordeste e terceiro no Brasil em número de inscritos no ENEM de 2018, ficando atrás de Minas Gerais e São Paulo. A Bahia teve 398.490 mil estudantes confirmados na inscrição. As provas do ENEM foram realizadas nos dias 4 e 11 de novembro.

ENEM 100% – A Secretaria da Educação do Estado realizou uma série de ações durante o ano, no âmbito do projeto ENEM 100%, para orientar, mobilizar e fomentar a participação dos estudantes da rede estadual no exame O projeto é voltado para o fortalecimento das aprendizagens e funciona por etapas, que incluem a mobilização das unidades escolares; a inscrição e o registro dos inscritos. Ainda pelo ENEM 100%, os colégios são estimulados à realização dos aulões e videoaulas e a própria Secretaria realizou uma série de aulões, com a participação de professores especialistas.