Foto: Keile Araújo/Blog Itororó Já

 

Um acidente que ocorreu na noite desta segunda-feira, (09) ás 20:26 hs, na Rua Pulquério de Oliveira em Bandeira do Colônia, distrito de Itapetinga, vitimou com uma fratura exposta na perna esquerda Jorge Gil dos Santos de 33 anos.

ACIDENTE-EDGAR-BRITO-1 (2)

Jorge transitava pela Rua quando foi atingido frontalmente por um veículo Celta de cor prata com placa policial (JOE 8529) dirigido por Alecsandro Matos do Santana de 39 anos.

O SAMU local foi acionado e conduziu os primeiros socorros e imobilização da vítima, que após atendimento imediato precisou ser encaminhado para a cidade de Itapetinga onde fará exames mais específicos para que o seu quadro de saúde seja melhor avaliado.

Aguarde mais Informações……….

POR KELVES AZEVEDO


Ele cantou apenas duas músicas, no último domingo (8), em Praia Grande.
Fãs reclamam da casa noturna, atraso do show e falta de respeito ao cantor.

Amado Batista toca no rosto sangrando após agressão (Foto: Reprodução/G1)

Amado Batista toca no rosto sangrando após.

O cantor Amado Batista ficou ferido após ser atingido por uma pedra de gelo durante um show, no último domingo (8), em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Ele cantou apenas duas músicas e, depois de ser agredido, encerrou a apresentação. Muitos fãs reclamaram da falta de estrutura da casa noturna, do atraso na apresentação e da falta de respeito ao cantor.

O morador de São Vicente Claudio Santana, de 45 anos, foi ao show com a esposa e uma amiga. Na mesma noite, se apresentaram ‘Buzão do Forró’, ‘Forró sem Preconceito’, ‘Ednilson Batista e Wesley dos Teclados. Segundo Santana, o show de Amado Batista atrasou e os outros grupos tiveram que tocar bem mais tempo do que o esperado. “Teve uma banda antes que ficou mais de duas horas no palco. O pessoal começou a ficar irritado. Todo mundo estava cansado e sofrendo com o calor. Por isso, começaram a vaiar”, conta.

Por volta das 4h15, o cantor Amado Batista começou o show. Ele teria cantado duas músicas e interrompido a apresentação. “Ele fez um sinal com a mão prometendo que ia voltar e cantar todas as músicas de sucesso. Quando voltou, cinco minutos depois, começaram a jogar latinha, objetos e uma pedra de gelo que foi bem na cara dele”, diz Santana, que gravou o momento em que rosto de Amado Batista começou a sangrar e o cantor fez um sinal de que o show estava encerrado.

Ainda segundo o morador, existiam seguranças na lateral do palco, mas nada foi feito para identificar os agressores. O público foi indo embora aos poucos. “Foi a primeira vez que fui ao show dele. Foi decepcionante. Eu acredito que foi culpa da casa, porque não estava suportando o número de pessoas. Tem ventiladores no local, mas não suporta o calor. Não tem condição nenhuma de fazer esse show”, reclamou Santana.

Outras pessoas utilizaram as redes sociais para reclamar dos problemas encontrados na casa e da agressão ao cantor. Uma das fãs que foi assistir ao show com a mãe cadeirante disse que houve desorganização e uma falta de informação aos clientes. Além disso, ela acusou a casa de não ter estrutura para esse tipo de show. Outras pessoas usaram a página oficial da casa para falar que esse foi o ‘pior show da vida delas’.

Casa se defende
De acordo com o proprietário da casa, Rogélio Alves, de 52 anos, o cantor realmente se atrasou e não deu justificativas. “Ele deveria subir no palco por volta das 3h. Ficamos esperando e ele não chegava. Até agora, estamos tentando entrar em contato com o escritório do cantor para sabermos o motivo do atraso. Tinham cerca de duas mil pessoas na casa e não houve nenhum outro incidente. Porém, o pessoal foi ficando revoltado, pois estava tudo certo para o show começar no horário e o Amado não cumpriu o acordo. Muitas pessoas pediram o dinheiro de volta e terei grandes prejuízos”, lamenta.

O G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa do cantor, mas até o fechamento desta reportagem não houve retorno nem esclarecimentos sobre o episódio.

Amado Batista
Natural de Goiás, Amado Batista nasceu no dia 17 de fevereiro de 1951 em Davinópolis. O cantor começou a carreira em 1975 e já gravou 39 discos, vendendo 25 milhões de cópias. Seu mais novo trabalho se chama ‘O Negócio da China’, que traz quatro músicas inéditas.

 


adolescentes armadas

Duas adolescentes estão sendo investigadas pela Polícia Civil por apologia ao tráfico e transporte de drogas em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro. De acordo com o portal R7, os agentes apuram suposta ligação das jovens com traficantes de várias comunidades.

Ainda segundo o R7, uma das adolescentes postou fotos e vídeos fazendo apologia ao tráfico de drogas em uma rede social. A partir desse material, a polícia passou a rastrear os passos das adolescentes.

Segundo o delegado, o setor de inteligência monitorava uma rede social quando apareceram as duas jovens em possível ligação com traficantes.

adolescentes armadas1

O Conselho Tutelar foi acionado e as meninas, de 14 e 15 anos, foram encaminhadas para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), que assumiu as investigações. Em um dos vídeos publicados, uma das menores de idade aparece brigando com outra menina. As jovens posaram seminuas e com armas. Em comum, elas possuem na perna uma tatuagem de uma arma.


judson

Um bebê morreu depois de nascer na sala de recepção do Hospital Municipal Esáu Matos, em Vitória da Conquista, sudoeste baiano, neste domingo (8). No aguardo de receber atendimento médico, a mãe teve o trabalho de parto na poltrona da recepção da unidade de saúde. O ato foi registrado em vídeo. Ainda nesta segunda-feira (9), não há certeza se o hospital contará com médicos no atendimento. A Fundação Pública de Saúde de Vitória da Conquista, que administra a unidade, informou ao Blog do Anderson, que vai investigar a causa da morte do bebê bem como normalizar o atendimento às gestantes de alto-risco.


Uma pessoa morreu e cinco ficaram feridas em um acidente entre dois carros de passeio, ocorrido por volta das 9h30 deste sábado (7), na BR-101, entre as cidades de Itamaraju e Teixeira de Freitas, no sul da Bahia.

dsc_6841_copy

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma carreta fez uma ultrapassagem indevida e  causou o acidente entre os dois carros, que vinham em sentido oposto. Ainda segundo a PRF, o motorista da carreta não parou para prestar socorro.

Ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) fizeram o atendimento as vítimas no local.

O corpo já foi retirado da via e, de acordo com a polícia, os feridos foram encaminhados para o Hospital Geral de Itamaraju. O estado de saúde deles não foi divulgado.

A PRF acrescentou que os veículos já foram retirados do local e que a via está liberada para o tráfego de veículos.

dsc_6839_copy


jbs

A notícia de uma tragédia anunciada evidencia mais uma vez a irresponsabilidade da JBS – maior produtora global de carnes e dona das marcas Friboi, Seara, Vigor, entre outras -, quanto às condições de trabalho.

Vanderlei Costa Rosa, 28 anos, teve a mão direita decepada após acidente na madrugada desta terça-feira (3), na unidade de Carambeí (PR).

O operário, que há seis meses trabalha no setor de higienização, fazia a limpeza da máquina conhecida como ‘misturadeira’ – que agrega a carne aos condimentos -.

De acordo com Wagner do Nascimento Rodrigues, secretário-geral do Sindicato da Alimentação de Carambeí, Castro e Região, o trabalho de limpeza é complexo, pois deve ser feito com a máquina em funcionamento e, portanto, demanda treinamento. Porém, Vanderlei jamais passou por qualquer orientação.

“Pela ausência de um operário habilitado e pela necessidade de tocar a produção Vanderlei foi colocado em condições de risco pela empresa”, afirmou o dirigente.

Ele revela que é comum na unidade de Carambeí a improvisação e a exploração da mão de obra para alcançar o lucro a qualquer custo. “Produção em primeiro lugar, saúde e segurança em segundo plano”, denuncia.

Após o acidente, o operário ainda teve que aguardar por meia hora até a chegada do socorro, que só ocorreu com a ajuda de uma concorrente, a BRF Foods, que é vizinha da JBS.  Logo depois, ele foi encaminhado para o hospital mais próximo. “Preocupou bastante o despreparo da empresa para atuar em situações de emergência”, disse.

A unidade, que pertencia a Seara, foi adquirida pela JBS numa operação realizada em 2013. Segundo o dirigente, desde que a empresa se instalou no município, houve uma considerável piora nas condições de trabalho, arrocho salarial e retirada de benefícios.

 


1908495_783659598395032_8198212404898885797_n

NA MANHÃ DESTE SÁBADO ÁS (06:30hs), ITOROROENSE DANILO SILVA SANTOS, SOFREU  ACIDENTE  COM SEU CARRO.

DANILO TRAFEGAVA SENTIDO ITAPETINGA/ITORORÓ,CONDUZINDO O SEU AUTOMÓVEL GOLF PRETO DE PLACA (FYK2252) ,VINDO A PERDER SUA DIREÇÃO EM UMA RETA,VINDO A CAPOTAR VARIAS VEZES.

10965669_869137183147098_403802583_n_C_pia

10961823_869137039813779_1724047893_n - Cópia

DANILO SOFREU ALGUMAS ESCORIAÇÕES LEVES E FOI ENCAMINHADO PARA HOSPITAL EM VITÓRIA DA CONQUISTA-BA,ONDE PASSOU POR VÁRIOS EXAMES E PASSA BEM.

POR KELVES AZEVEDO


PASTOR1

No início da manhã dessa sexta feira (6), um veículo Fiat Idea bateu de frente com um Ônibus da empresa Viametro, na cabeceira da Ponte do Pontal. A vítima foi o Pastor Humberto Evangelista, de 47 anos, natural de Ubaitaba e residente em Ilhéus. Era líder na Assembleia de Deus.

Segundo testemunhas, ele trafegava em alta velocidade pela ponte. O veículo invadiu a pista contrária e colidiu, lateralmente, contra um ônibus da Viametro.PASTOR2

A empresa opera em linhas urbanas no município. O corpo do pastor, que é irmão do sargento Elionai da PM, ficou preso às ferragens do veículo. O Corpo de Bombeiros foi acionado para serrar a estrutura e retirar o corpo.

PASTOR3

Não há informações se houve mais vítimas e feridos. Por conta do acidente, o trânsito ficou engarrafado na avenida Lomanto Junior, nos dois sentidos.


SHEILA

Dançarina se apresentou no ‘Baile da Vogue’ com a amiga Sheila Mello na quinta-feira (5)

Scheila Carvalho se apresentou com Sheila Mello no baile da revista ‘Vogue’, que aconteceu em São Paulo na quinta-feira (5). Vestida com a fantasia de ‘dançarina de cancan’, a eterna morena do Tchan chamou atenção do público por aparecer com o rosto bem esticado por conta das aplicações de botox.

As aplicações, segundo ela, não são tão frequentes: “faz um tempo que eu não aplico. Aliás, fico quase um ano para colocar o botox, porque é difícil conseguir tempo para viajar”, disse a ex-dançarina, que faz o procedimento em São Paulo.Em recente entrevista ao jornal ‘Extra’, Scheila admitiu que faz o procedimento há mais de 10 anos e que aproveita as viagens internacionais que faz com o marido para comprar cremes de beleza.


APRESENTADORA

Credibilidade de atração de Christina Rocha é posta em xeque

De olho na audiência, programas como “Casos de Família” e “Você na TV”apostam na participação do chamado “homem comum” e na discussão de dramas familiares para atrair a atenção do público. Do outro lado, os telespectadores questionam o que leva alguém a expor detalhes privados na televisão e se as histórias ali contadas fazem mesmo parte da vida dessas “personagens reais”.

Recentemente, a credibilidade de ambos os programas foi posta, mais uma vez, em xeque, após receberem em um mesmo dia, a mesma participante. Na ocasião, as emissoras se defenderam e negaram qualquer tipo de armação. Em entrevista concedida ao RD1, um figurante que também já participou das duas atrações, revela como funcionam os bastidores dos programas.

Bruno Gabriel, de 21 anos, esteve no programa de João Kléber no dia 6 de fevereiro de 2014 para revelar um segredo a sua amiga. Quatro meses depois, o jovem voltou a aparecer na TV, dessa vez no vespertino do SBT, para se explicar ao namorado sobre uma suposta traição. De acordo com o rapaz, a armação na RedeTV! é mais “descarada“, enquanto no programa deChristina Rocha, ocorre “por debaixo dos panos”.

Bruno, em suas aparições no SBT e na Rede TV!

Bruno conta que foi convidado para participar do “Você na TV”, quando estava na própria plateia do programa. “Como eu frequento caravanas, o convite rolou lá mesmo. Os produtores me viram no auditório e perguntaram se eu queria participar. Eu aceitei e no dia seguinte já me buscaram em casa para gravar“. De volta à sede da emissora, Bruno teve de escolher em uma lista qual “segredo” ele deveria revelar para a outra participante. “Queriam que a gente interpretasse um em que eu tinha caso com o pai dela, mas achamos pesado. Eles também deixam você inventar o próprio segredo“.

Nos bastidores do programa de João Kléber há, praticamente, um mini Projac (sic). “O texto já vem pronto. Um dia antes da gravação, eles chamam a gente para ensaiar. Por que tem gente que nem nunca se viu. É muito cansativo, fui três dias na emissora. São 12 horas dentro de uma sala, com todos os participantes. Só sai para almoçar e depois para o estúdio. Ao final, os produtores te parabenizam pela atuação“.

O trabalho do rapaz como figurante na atração de João Kléber acabou chamando a atenção de uma produtora “terceirizada” do SBT. “Ela presta serviço para várias emissoras, indicando as pessoas e ganhando comissão“. Segundo Bruno, no “Casos de Família” não há script nem ensaio. “A história era parecida com o que eu já havia vivido. Então, só tivemos que aumentar algumas coisas, adaptar algumas situações. Mas você também pode inventar uma história e combinar com essa produtora de rua“.

SBT SE DEFENDE

Ainda de acordo com o jovem, o SBT obriga o participante a assinar um contrato, que determina o pagamento de uma multa no valor de R$ 20 mil, caso ele venha a público revelar a farsa. Procurada, a emissora afirmou que o “Casos de Família” tem uma “missão social muito clara” e que, por isso, “todas as histórias  são e devem ser reais”. “No processo de seleção, todos os documentos são conferidos e se os elementos que pertencem ao tema fazem sentido dificilmente pode se comprovar que o participante está criando uma história. A seleção do programa é através de entrevistas e não de detector de mentiras”, informou o SBT, através de sua assessoria.


Uma menina de seis anos morreu após ser devorada por piranhas. O barco em que ela estava virou num rio.

A criança estava em férias com a família em Monte Alegre, no Pará. Ela caiu no rio Maicuru quando estava no barco com a avó e outras crianças. Ao ser retirada da água já havia tido as pernas devoradas pelos peixes assassinos.

A avó contou que tentou segurar a neta, mas como tinha diversas outras crianças ao redor não foi capaz de salvar a menina, que escorregou e caiu na água. A mulher pediu ajuda a moradores próximos.

PIRANHA1

A vítima foi retirada da água, mas não suportou os ferimentos. O corpo foi levado para o necrotério municipal e posteriormente liberado aos familiares para o sepultamento.

A polícia está investigando o que teria gerado o acidente.


BOCÃO

Na madrugada desta sexta-feira (6), pelo menos 14 bandidos morreram e outros ficaram feridos durante troca de tiros com a polícia na Vila Moisés, Estrada das Barreiras, no bairro do Cabula, em Salvador, de acordo com informações da Central de Polícia (Centel).

De acordo com informações da polícia, duas Guarnições da Rondesp Central, sob o comando do soldado Pita e do sargento Dick Rocha, caíram numa emboscada quando foram atender uma denúncia de que bandidos iriam explodir um caixa eletrônico no bairro do Cabula.

Ainda segundo a polícia, os PMs se depararam com cerca de 50 criminosos, alguns trajando uniformes do Exército Brasileiro, portando armas de fogo e em veículos e motocicletas. Ao avistarem as guarnições, os bandidos começaram a disparar e atingiram de raspão a cabeça do sargento Dick, que foi socorrido para Hospital Geral Roberto Santos e passa bem.BOCÃO1

Depois de ficar encurralada, a PM solicitou apoio e reagiu aos tiros. Entre os bandidos envolvidos estão Arão de Paula Santos, Luan Lucas Vieira de Oliveira, Lailson Mendes Barros e Elenilson Santana da Conceiçao. Com eles a polícia encontrou e apreendeu oito armas e drogas. Alguns criminosos chegaram a ser socorridos para o Hospital Geral Roberto Santos, mas não resistiram aos ferimentos.

O número oficial dos mortos, baleadoa e dos que estão vivos ainda é desconhecido. A Polícia Militar deve se posicionar ainda nesta sexta-feira. O caso foi registrado na 11ª Delegacia.


Brasileiro esteve em academia de Las Vegas, nesta quinta-feira, para participar de gravação do TUF Brasil. Lutador foi mantido como um dos treinadores do reality show.

Mantido como um dos técnicos do The Ultimate Fighter Brasil 4 (TUF Brasil 4) depois de serflagrado no exame antidoping por uso de drostonolona e androsterona, o brasileiroAnderson Silva reapareceu nesta quinta-feira, em Las Vegas, para a gravação da nova temporada do programa. Embora não tenha concedido entrevista, o lutador surgiu sorridente em frente da academia, como mostram as imagens, as primeiras de Spider após o doping.

Segundo a repórter Karin Duarte, Spider estava bastante descontraído e sorridente. Apesar de não ter concedido entrevista, mantendo uma postura que já havia sido informada através da assessoria de imprensa, Spider parecia tranquilo e chegou fazer um sinal de positivo e acenar para as câmeras.

Anderson Silva aparece após doping (Foto: Reprodução SporTV)
Anderson Silva esteve em academia para gravação da nova temporada do TUF Brasil (Foto: Reprodução SporTV)

Em comunicado divulgado nesta quinta, o brasileiro afirmou que vai se pronunciar “no momento exato”.  Anderson Silva voltou ao octógono no último sábado, dia 31, quando venceu Nick Diaz no UFC 183. Na terça, o UFC divulgou o resultado do exame antidoping, realizado dia 9 de janeiro, que flagrou a presença das substâncias proibidas. Anderson passou por mais dois testes nos dias 19 e 31 de janeiro, mas que ainda não tiveram os seus conteúdos revelados.

Anderson Silva aparece após doping (Foto: Reprodução SporTV)

Anderson Silva foi à academia em Las Vegas (Foto: Reprodução SporTV)

O lutador, que ainda pode solicitar contraprova, deve aparecer frente à comissão de Nevada em 17 de fevereiro para uma audiência e provavelmente será suspenso preventivamente até março, quando será julgado.

Confira comunicado de Anderson Silva na íntegra

“Gostaria de esclarecer a grande imprensa que ainda não dei nenhum tipo de entrevista, depoimento e nenhuma declaração sobre o caso em questão. As únicas pessoas nas quais eu falei foi com a minha família, meus empresários Marcelo Magalhães, Ed Soares e Jorge Guimarães (Joinha). Fiquem certos de que no momento exato irei me pronunciar e me posicionar. Gostaria de agradecer ao apoio de todos que torcem por mim. Muito obrigado!”.


0