Crime ocorreu no município de Belmonte, localizado na região sul da Bahia. Vítima foi levada para hospital e passou por cirurgia.

Homem é procurado pela polícia por suspeita de raptar e estuprar bebê de 4 meses na Bahia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um homem de 47 anos está sendo procurado pela polícia por suspeita de invadir uma casa, raptar e estuprar um bebê de quatro meses em Belmonte, no sul da Bahia. O crime ocorreu na madrugada deste domingo (18), na localidade de Santa Maria Eterna, zona rural do município. A mãe da criança relatou à polícia que o suspeito, identificado como Rairone Moura dos Santos, invadiu a casa onde ela mora para estruprá-la, mas ela saiu correndo. O homem, então, teria raptado a criança, do sexo feminino.


Após o homicídio de Erivelton Teixeira da Silva, na noite desta terça-feira, dia 13/02, a guarnição da Polícia Militar com os Sd PM Ricardo Azevedo e Sd PM Silveira, diligenciou durante a noite e a madrugada para tentar localizar os acusados do homicídio, quando, por volta das 06h20min,  os policiais encontraram os indivíduos que tentaram empreender fuga, sendo alcançados pelos militares e identificados como sendo a pessoas de Carlos Alberto de Jesus Santos, 22 anos e o um adolescente de 17 anos, ambos moradores de Itabuna/Ba.


O trabalhador rural Ademir Alves dos Santos, de 39 anos, foi morto a facadas, na cidade de Firmino Alves, no Sudoeste da Bahia. O homicídio aconteceu na noite desta quinta-feira, dia 8 de fevereiro, na Rua D, no Bairro João Paulo II.

A principal suspeita da polícia é que o homicídio tenha sido motivado por causa de uma briga de bar. As investigações do caso estão a cargo da Polícia Civil de Itororó, que também responde por Firmino Alves. Mas, ninguém foi preso, ainda. Depois do trabalho do Departamento de Polícia Técnica (DPT), o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) de Itapetinga. Os peritos também recolheram uma faca encontrada próximo ao corpo, provavelmente a mesma usada no crime.


Em vídeo, Débora Freitas Bessa, de 19 anos, aparece sendo decapitada enquanto ainda estava viva. Delegado diz que, ao todo, cinco pessoas participaram do crime.

A Polícia Civil do Acre analisa as imagens de um vídeo bárbaro em que a jovem Débora Freitas Bessa, de 19 anos, aparece sendo decapitada enquanto ainda estava viva. Segundo o delegado Rêmulo Diniz, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o vídeo já estava com a polícia há cerca de cinco dias, mas nesta sexta-feira (26), vazou em grupos de WhatsApp e acabou viralizando.

CLIQUE AQUI, imagens muito fortes.


Um homem identificado como Clodoaldo da Silva Aquino, de 50 anos, apontado como autor de diversos golpes de estelionato, foi denunciado por uma das vítimas na Delegacia de Policia Civil de Nova Canaã/BA. 

De acordo informações de uma das vítimas de iniciais R.B. S., que entrou em contato com a nossa redação pelo WhatsAPP  e registrou um BO na DP, o suspeito é acusado de locar seu veículo, um Ford/Fiesta, ano 2004 modelo 2005, placa DGO/6731, cor cinza, de Jundiaí-SP, no dia 22 de dezembro de 2017, no valor de R$ 1.300, (um mil e trezentos reais), e que voltaria dia 03 de janeiro/2018, para registrar firma. E não apareceu até a presente data. 


Eufrásio Silva Morais, de 17 anos, foi abordado por elementos e alvejado. À noite, um rapaz de prenome Davi, acusado de assaltos na BA-263, morreu durante revide com policiais militares. Os dois tinham passagens.

Um sábado sangrento chocou a população de Itapetinga nas últimas horas. Dois rapazes morreram em diferentes situações na cidade. Um deles foi executado por indivíduos e o outros morreu em confronto com a PM ao desobedecer ordem. A primeira morte violenta ocorreu na tarde deste sábado (20) na Avenida Rosa Riachão, Bairro Vila Riachão, tendo como vítima um adolescente de 17 anos, de nome Eufrásio Silva Morais, que caminhava em via pública e foi alvejado por vários disparos de arma de fogo.

O adolescente chegou receber socorro e acabou sendo transferido do Hospital Cristo Redentor para o Hospital de Base de Vitória da Conquista numa Unidade de Suporte Avançado do SAMU, mas acabou não resistindo e veio a óbito.


Hildete Maria de Jesus, conhecida como “Dona Dau”, foi a óbito às 00h10 dessa quarta-feira. Ele foi baleada por criminosos que tinham seu neto como alvo.

A idosa de 67 anos, baleada na noite dessa terça-feira (16), dentro de sua residência, na Rua da Granja, em Ipiaú, não resistiu ao tiro e faleceu no Hospital Geral Prado Valadares, em Jequié. A informação foi confirmada ao GIRO pela unidade hospitalar. De acordo com o hospital, Hildete Maria de Jesus, conhecida como “Dona Dau”, foi a óbito às 00h10 dessa quarta-feira. Ainda conforme as informações, o tiro atingiu o abdômen da vítima. Ela foi socorrida por populares até o HGI e em seguida transferida para Jequié.


A vítima, identificada preliminarmente apenas pelo prenome Iara, saía de casa com seu cão quando foi abordada por criminosos. Ela e o animal morreram no local.

Uma jovem de aproximadamente 25 anos foi morta, a tiros, junto com seu animal de estimação, um cão. Os dois foram atingidos a tiros. O crime ocorreu por volta das 16 horas no Residencial Pindorama, no bairro Salinas, na capital Fortaleza (CE).

A mulher, identificada preliminarmente apenas por Iara, saía de casa com seu cão para da um passeio pelo bairro com o animal, mas acabou sendo perseguida e morta com vários disparos de arma de fogo. O cachorrinho começou a latir no momento da abordagem dos criminosos e também foi executado. Policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e equipes da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) estiveram no local da ocorrência e iniciaram as investigações.


As diligências a cerca do caso deu início após a Central da Polícia Militar receber denuncias de populares.

Um corpo de uma mulher foi encontrado dentro de uma geladeira, jogada dentro de uma área vegetativa, à margem de uma estrada em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), na manhã deste domingo (14/01).

De acordo com a PM, uma viatura do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), deslocou para o local e constatou a veracidade do fato. “Tratava-se de pessoa aparentando ser do sexo feminino, dentro de uma geladeira”, informou o Tenente Bastos da 22ª CIPM.


Gil Carlos Lopes dos Santos, ou “Coroa”, foi denunciado anonimamente após ameaçar moradores. Ao receber ordem da PM, reagiu e acabou sendo alvejado.

Envolvido na criminalidade, Gil Carlos Lopes dos Santos, conhecido popularmente como “Coroa”, morreu em confronto com o Peto da Polícia Militar de Itapetinga, na noite desse sábado (13) em Itarantim. O indivíduo se encontrava com um revólver realizando ameaças a moradores.

Segundo informações, Gil é envolvido em inúmeros crimes na cidade, entre eles o assassinato de um morador. Por volta das 22h30 a Polícia Militar recebeu informações que um indivíduo se encontrava com uma arma de fogo ameaçando moradores no Bairro Presidente Médici, em Itarantim.


Nilson Gustavo Silva Oliveira, de 23 anos, estava cortando o cabelo, quando foi surpreendido e morto por um homem armado, que disparou por várias vezes.

Foi identificado como Nilson Gustavo Silva Oliveira, de 23 anos, o jovem assassinado no final da tarde desta terça-feira (9), em um salão denominado Status, localizado na Rua Jucelino Cardoso, bairro Brindes, em Guanambi, no Sudoeste da Bahia. A vítima estava cortando o cabelo, quando foi surpreendido por um homem armado que disparou por quatro vezes. Gustavo foi atingido com tiros na cabeça. Conforme informações da Polícia Civil, uma ambulância do Serviço de atendimento Móvel a Urgência (Samu), esteve no local e constatou o óbito.


Momentos antes do crime, a vítima foi até a casa da namorada para oficializar o relacionamento, o que deixou o pai enfurecido. Jovem foi perseguida e morta a facadas.

Tratada inicialmente como latrocínio, a verdadeira motivação para a morte de uma jovem de 23 anos ocorrida na madrugada do último sábado (6) surpreendeu os investigadores da 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia). Assassinada a facadas, Anne Mickaelly teria sido atacada pelo pai da namorada.

O suspeito teria se enfurecido ao saber que a filha havia sido pedida em casamento. Momentos antes do crime, Anne foi até a casa da namorada para oficializar o relacionamento. No local, antes de fazer o pedido, a jovem teria soltado fogos de artifício para comemorar. O suspeito, de 46 anos, ficou irritado ao saber do relacionamento, pegou uma faca e correu atrás de Anne, na Quadra 519. Ao ser alcançada, ela foi esfaqueada na cabeça e no rosto.