complexoUm fato inusitado foi registrado no plantão central da Delegacia Territorial de Itapetinga, na tarde de quarta-feira, 06/05/15, por um cidadão pai de família, morador da Rua da Pedreira, Bairro Nova Itapetinga.

Ele contou ao delegado Dr. Marcos Augusto Larocca, que foi procurado em sua residência por alguns indivíduos, entre eles, adolescentes envolvidos com o tráfico de drogas, com a proposta de ser recrutado pelo bando para atuar na localidade como “avião – atravessador de drogas”.

Ao recusar a proposta, alegando que é cidadão de bem , pai de família e jamais estaria a serviço do tráfico de drogas, a resposta não foi bem recebida pelos traficantes do local.

Além de ameaçá-lo de morte, um deles tentou contra sua vida, utilizando uma foice velha, investiu contra sua pessoa, alvejando uma das pernas. Ameaçado e lesionado, a vítima criou coragem e denunciou o caso à Polícia.

Após tomar conhecimento do registro, o delegado Dr. Marcos Larocca, compôs uma equipe e empreendeu diligência até a Rua da Pedreira (Rua João Vilela), Bairro Nova Itapetinga, com intuito de apurar o fato e localizar os autores.

Durante Operação, um adolescente de 15 anos, foi apreendido no local, autor do golpe de foice contra o pai de família que se negou a entrar para o tráfico de drogas. A foice citada na ocorrência foi apreendida pela Polícia Civil e apresentada no cartório da DT de Itapetinga para adoção de medidas cabíveis.


prod

O dono de uma rede de lojas de móveis e eletrodomésticos foi preso junto com a filha e esposa na cidade de Luís Eduardo Magalhães, região oeste, por receptação de carga roubada. De acordo com a Polícia Civil, na noite de terça-feira (5). Diversas mercadorias foram apreendidas quando já estavam sendo vendidas em lojas de cidade e ainda nas vizinhas São Desidério eBarreiras. As mercadorias estão avaliadas em R$ 3 milhões.

“Eles são autores de crimes de receptação. Esses eletrodomésticos são vendidos dentro dos estabelecimentos comerciais dele. Cada um gerencia uma loja com produtos oriundos de roubo expostos em prateleiras e mostruários”, explicou o delegado Leonardo Mendes Júnior, que atua na delegacia da cidade em parceria com o delegado Rivaldo Luz. O flagrante

Segundo a investigação, dois caminhões cheios de mercadorias foram roubados há quase um ano, um em Bom Jesus da Lapa, também na região oeste, e o outro em Governador Valadares, em Minas Gerais. Entre os aparelhos roubados, muitas televisões, microondas e celulares. O delegado Leonardo Júnior  informa que, no caso de Governador Valadares, o motorista chegou a ser sequestrado. “Esse caso é investigado há mais ou menos um ano. Quando tivemos certeza de que parte estaria aqui, deflagramos a operação”.

A abordagem aponta que a 11ª Coordenadoria Regional (Coorpin) estava à frente da ação, em conjunto ainda com a delegacia de Barreiras, além de Luís Eduardo. De acordo com a polícia, a carga foi rastreada por empresa particular que estava investigando o roubo das mercadorias. O empresário disse à polícia que comprou a mercadoria em Bom Jesus da Lapa por R$ 350 mil, mas não apresentou nota fiscal.


Segundo a Polícia Civil da 21ª Coorpin de Itororó, O Itororoense Cleiton Silva Gonçalves foi preso na tarde da ontem, terça-feira, 05, no Terminal Rodoviário do Tietê em São Paulo quando tentava embarcar para a cidade de Itororó transportando armas e 2 tabletes de drogas, sendo 1 de maconha e outro de cocaína.

Cleiton já estava sendo monitorado por agentes de Itororó, mas, acabou sendo preso na capital do Estado de São Paulo.


facada

Três homens foram presos suspeitos de matar um morador de rua na Avenida Oscar Pontes, localizada em Água de Meninos, na capital baiana. De acordo com a polícia, pai, filho e sobrinho podem ter participado do crime no domingo (3). O corpo da vítima foi encontrado, na segunda-feira (4), na Estrada do Derba, com 19 facadas, sinais de tortura e parcialmente queimado. Outros dois homens que podem ter participado do assassinato já foram identificados e são procurados pela polícia.

A prisão dos suspeitos foi feita na segunda-feira, logo após os três registrarem queixa, na 3ª Delegacia Territorial (DT/Bonfim), contra o morador de rua que teria incendiado, na noite de domingo (3), o caminhão de um dos suspeitos, que é revendedor de cocos na região do Comércio, em Salvador.

Ainda segundo a polícia, o morador de rua trabalhava para ele como ajudante.O delegado Reinaldo Mangabeira, responsável pela investigação, disse que, em depoimento, testemunhas informaram que o ato do morador de rua ocorreu por ele não ter recebido o pagamento pelos serviços prestados ao revendedor de cocos. Por vingança, segundo apontam as investigações, o homem o matou com a ajuda do filho e do sobrinho.

O crime, de acordo com a polícia, aconteceu em um galpão e o trio usou o carro de um dos suspeitos para transportar o corpo. A faca utilizada para assassinar a vítima ainda não foi localizada.

Pai, filho e sobrinho estão na Cadeia Pública, no Complexo Penitenciário da Mata Escura, na capital baiana.


caixãoUm alto funcionário policial de Atenas, na Grécia, identificado como Christos Papazafiris, foi preso e confessou um crime bárbaro nesta segunda-feira (4). De acordo com notícia da AFP, publicada pelo site Uol, o búlgaro de 27 anos, assumiu ter matado e esquartejado a filha de quatro anos.

De acordo com a publicação, o homem cortou o corpo em pedaços e os ferveu para reduzi-los. Em coletiva de imprensa ele assumiu o crime entre os dias 8 ou 9 de abril, em sua casa, no subsolo de um edifício do centro de Atenas, antes de fazer o corpo desaparecer de forma abominável. Ainda de acordo com AFP e Uol, Yannis Panoussis, ministro da Proteção ao Cidadão, declarou à uma rádio local que trata-se de um comportamento extremamente desumano.

A menina era procurada desde 24 de abril, quando sua mãe, também búlgara, que estava na Alemanha, declarou seu desaparecimento, informou a polícia, que também a deteve por “exposição de um menor a risco”.


radar

A Polícia Civil do município de Guaratinga, na região sul da Bahia, suspeita que uma mulher matou o próprio marido, o trabalhador rural Edimário da Cruz, de 43 anos, com um tiro de espingarda no fim da manhã da última segunda-feira (4). O crime aconteceu na localidade de Barra Nova, na zona rural da cidade. Até o momento, Diana de Jesus, 34 anos, é a principal suspeita. As informações são do site Radar 64. O delegado Sinézio Vieira Júnior, responsável pelas investigações, afirmou que a mulher era vítima de agressões constantes do marido, mas vai pedir sua prisão preventiva. Pouco antes de ser morto, Edimário teria desferido um golpe de foice no braço de Diana, que, em autodefesa, disparou contra o agressor. O homem morreu no quarto do casal. A espingarda e a foice foram apreendidas pelo Departamento de Polícia Técnica. O corpo de Edimário foi encaminhado para o Instituto Médico Legal durante a noite e a mulher está foragida.


lot2Na manha desta segunda-feira (04) por volta de 07:30hs, um elemento ainda não identificado, já se encontrava próximo a lotérica Pioneira, quando os funcionário junto com a proprietária abriram a mesma, o bandido de arma em punho invadiu a lotérica e anunciou o assalto.lotAlguns funcionários saíram do interior da lotérica e outros conseguiram se proteger, entrando e trancando a porta de ferro.O elemento se alterou e fez ameaças, sabendo que estavam protegidos, os funcionários ficaram quietos, momento em que o elemento disparou contra um funcionário no sentido de quebra o vidro e roubar o dinheiro.lot1O elemento não sabia que o vidro era blindado e a bala quase volta no peito dele.
Depois da tentativa de assalto fustrada, o elemento saiu correndo junto com outro que o esperava o esperava fora da lotérica, tomaram uma moto de assalto e fugiram.
Guarnições da PM e Civil fazem incursões no sentido de localizar e prender os elementos.

Fonte: BLOG DO TARUGÃO


fa (1)

O caso aconteceu em Jequié, na Região Sudoeste, na manhã da última quinta-feira, 30. Anderson Lobão, de 38 anos, escreveu numa rede social o seguinte: “Não sei se dou um oitão, uma facada como já fiz ou me enforco com lençóis”.

O corpo do rapaz foi encontrado pendurado em uma corda amarrada no telhado de sua casa. O corpo foi encaminhado ao DPT de Jequié.


O sistema prisional de Mato Grosso do Sul recebeu duras críticas nos últimas dias. Isso porque, um homem que foi preso na última segunda-feira conseguiu entrar na cela da 2ª DP de Campo Grande (Monte Castelo), com um smartphone e postou uma série de fotos no Facebook, de dentro da carceragem da delegacia. Nas postagens, Luiz Phelipe dos Santos Fagundes, de 21 anos, debochou da fiscalização policial e escreveu que, em breve, volta às ruas. As imagens se espalharam pelas redes sociais rapidamente, com centenas de compartilhamentos.

003

“To presooooooooo. Entrei com o meu iphone pra dentro da cela. O sistema é um lixo, mas enfim, daqui a uns meses tô na rua de novo”, escreveu Luiz Phelipe, em seu primeiro post de dentro da cela, às 22h56 de segunda-feira. Poucas horas depois, no início da madrugada de terça-feira, o preso voltou à rede social: “Bateria vai acabar. Estou preso. Até daqui a uns meses”.

Em entrevista ao jornal Extra, a Agência Estadual de Administração do Sitema Penitenciário do Mato Grosso do Sul (Agepen), Luiz Felipe foi preso na noite de segunda-feira, por tráfico de drogas. As fotos, segundo o órgão, foram tiradas de dentro da cela da delegacia, antes de o suspeito ser transferido para o Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande. De acordo com a Agepen, além do crime de tráfico de drogas, Luiz Felipe também vai responder por ingressar com aparelho telefônico de comunicação móvel em estabelecimento prisional, crime previsto no Artigo 349-A do Código Penal. A lei prevê pena de três meses a um ano de detenção para esse crime.


jovem morta em aniversarioA Polícia de Ituberá investiga a morte de uma jovem, que foi covardemente espancada durante uma festa de aniversário na Praia de Pratigi, naquela cidade. O crime aconteceu na madrugada do último dia 19 de abril. Rosilene Souza Santos, de 26 anos, foi socorrida com vida e levada para o Hospital de Base, em Itabuna, onde não resistiu aos ferimentos, morrendo na noite de domingo (26), uma semana após a agressão.

No dia seguinte à morte, os familiares prestaram queixa de homicídio na delegacia da cidade. O acusado do assassinato é um professor, cujo nome está sendo mantido em sigilo, para não atrapalhar as investigações. Ao Blog Centralizado, a polícia Civil informou que a garota participava do evento em companhia de alguns amigos, quando começou a discutir com o suspeito.

A motivação da briga, no entanto, não foi esclarecida ainda. Outro ponto que está sendo averiguado é se existia algum tipo de relação entre a vítima e o criminoso. O corpo de Rosilene, que trabalhava numa farmácia, foi sepultado na segunda-feira (27), em Ituberá.


espancamento1

O vídeo mostra uma jovem agredindo a amante de seu marido com a ajuda de mais duas amigas, em Belém do Pará. Na gravação, a vítima é acusada pelas agressoras de ter um relacionamento amoroso com o marido de uma delas e apanha com pau, chutes, tapas e socos. Outras duas ajudam nas agressões, que aconteciam diante de testemunhas. Em um dos trechos, é possível ver uma das agressoras cortando o cabelo da vítima.

Até o momento, nenhuma das agressoras foram presas. Com medo, a vítima se nega a fazer um boletim de ocorrência, o que dificulta ainda mais o trabalho dos policiais. R7


carro_1

Um taxista aposentado de 72 anos foi preso suspeito de matar uma travesti, de 23, atropelada, na Rua Aquidelbrando, no Bairro São Francisco, emGoiânia. O crime ocorreu em junho do ano passado.

Segundo a Polícia Civil, o idoso procurou a vítima para fazer um programa, mas acabou desistindo e teve uma corrente de ouro roubada. Câmeras de segurança flagraram a discussão entre os dois, minutos antes do atropelamento (veja no vídeo acima).

Segundo a polícia, o idoso chegou em seu veículo particular – um VW Polo prata – e abordou a vítima. Após uma conversa rápida, ela entra no carro, mas as imagens mostram a travesti saindo do veículo logo em seguida.

“Ele [suspeito] disse em depoimento que desistiu do programa quando descobriu que não se tratava de uma mulher”, revela o delegado Matheus Melo, adjunto da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) e responsável pelo caso.

Antes de sair do veículo, a travesti arrancou a joia que o taxista usava. Já do lado de fora, ela também jogou algumas pedras no automóvel.

A gravação termina quando a travesti anda pela calçada e é perseguida pelo veículo. De acordo com a polícia, logo em seguida, ocorre o atropelamento.

O delegado afirmou que, após o crime, o idoso desceu do veículo, pegou o cordão e foi embora. A vítima chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital.

Demora
O taxista foi detido na sexta-feira (24), na casa onde mora, no Setor Vila Regina, em Goiânia. No local, a polícia também apreendeu uma arma sem registro, além do veículo usado no crime.

“A gente demorou um pouco a efetuar a prisão porque no dia do crime as imagens não captaram a placa do carro, e as testemunhas não conseguiram identificar o autor. Depois, tivemos uma denúncia anônima de que ele seria o autor do crime e começamos a apurar”, disse o delegado.

Na delegacia, o homem alegou que a vítima se atirou na frente do carro. Casado e pai de dois filhos, ele está detido em uma cela da DIH à disposição da Justiça.

O suspeito já respondeu a um processo por homicídio, mas foi inocentado. Em maio de 2012, na mesma rua onde ocorreu o homicídio, ele foi assaltado por outra travesti. Na ocasião, quando estava no mesmo carro, ele teve um óculos e outro cordão de ouro roubados.

O homem deve ser indiciado por homicídio doloso e por posse ilegal de armas. Se condenado, pode pegar de 7 a 19 anos de prisão.


igj3
Aconteceu nesta madrugada de domingo (26/04) uma invasão a Igreja de São Judas Tadeu, na Paróquia Frei Galvão.

igj

Segundo o Padre Douglas Pinheiro, o Tabernáculo foi depredado e o Corpo de Cristo na Hóstia Santa foi lançado e pisado ao chão. Padre ainda lamenta o ocorrido ato de profanação e vandalismo contra a Paróquia e diz que o fato é um preço espiritual pago a nós ante as lutas contra o mal que temos travado.

igj2

Após o ocorrido, Padre Douglas ressalta que o fato deve nos motivar em adoração ao Santíssimo Sacramento e empenho no combate ao pecado. “Vamos orar, pedir perdão, e adorar”, finaliza.