xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.uHuISmMHwt

A Polícia Federal (PF) realizou nesta quinta-feira(26) uma operação contra quadrilhas que causaram prejuízo de pelo menos R$ 6 bilhões aos cofres públicos ao atuarem no Ministério da Fazenda. Segundo informações da Folha de S. Paulo, a PF indica que os desvios aconteciam no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), órgão do Ministério que é responsável por julgar recursos administrativos contra autuações. Empresas dos ramos bancário, automobilístico, construção civil e siderurgia eram beneficiadas ao conseguir a anulação ou a diminuição dos valores dos autos de infração ao corromper conselheiros do Carf. As investigações começaram em 2013 e apontam que os servidores passavam informações privilegiadas a escritórios de advocacia, consultoria ou assessoria para facilitar o trabalho no Carf. Ainda de acordo com a Folha de S. Paulo, já foram apreendidos R$ 1,3 milhão em espécie e documentos, mas ninguém foi preso até o momento.


Nego-Fábio

Na noite do dia 07/02/15, a Guarda Civil Municipal foi acionada na Rua Boa Nova, Bairro Camacã, para atender a uma ocorrência. Chegando ao estabelecimento comercial Delipan Delicatessen, de propriedade do comerciante Lúcio Antonio Alves Lucena, a guarnição da GCM – composta pelos GMs Marcos dos Santos e Marciano Flores, tomou conhecimento que o ajudante de pedreiro Fábio Ribeiro de Jesus, 30 anos, residente na Rua Nazaré, nº 20, Bairro Primavera, havia tentado assaltar o referido estabelecimento pela terceira vez, sendo que das outras vezes logrou êxito levando dinheiro em espécie.

Fábio simulou estar armado e anunciou o assalto, mas não conseguiu roubar a Delicatessen. Ao deixar o estabelecimento foi perseguido por populares que o dominaram, o agrediram fisicamente e o acusado dispensou um objeto durante a fuga, o que parecia uma arma de fogo ou simulacro de arma de fogo.

DelipanFábio foi autuado em flagrante por crime de tentativa de roubo, Art. 157 do Código Penal. Acontece que pouco tempo depois, Fábio ganhou as ruas através de Alvará de Soltura (Liberdade Condicional), impetrado por sua advogada na 1ª Vara Crime desta comarca e expedido pela justiça criminal.

Confiando na “impunidade”, Fábio procurou o comerciante Lúcio Lucena na manhã desta segunda-feira, 16/03/15, para matá-lo, segundo afirmação da própria vítima que esteve na Delegacia Territorial de Itapetinga registrando o Boletim de Ocorrência. Lúcio contou na DT, que se encontrava no interior da Selaria de Nelson, em frente ao seu estabelecimento (Delipan Delicatessen), quando de repente, Fábio apareceu com um pedaço de madeira e partiu pra cima de sua pessoa desferindo golpes com intenção de alvejá-lo; que para se defender dos golpes Lúcio Lucena machucou o punho da mão direita e sofreu escoriações nas costas.

De imediato a Guarnição do PM Nascimento chegou ao local da ocorrência e recolheu o pedaço de madeira utilizado pelo acusado, bem como o apresentou ao plantão central da Delegacia Territorial para lavratura do Boletim de Ocorrência. Esta mesma guarnição realizou algumas incursões no Bairro Primavera a fim localizar e prender o indivíduo apontado como autor.

Fábio Ribeiro já tem inúmeras passagens na polícia. O comerciante Lúcio Lucena chegou no Complexo Policial em estado de choque, ele que passou por uma cirurgia cardíaca há pouco tempo. Lúcio informou que está decidido a fechar seu estabelecimento comercial, pois já não sabe mais o que fazer. O comerciante afirmou que a categoria está em situação vulnerável com as leis brasileiras que facilitam a vida de bandidos.

ITAPETINGA NA MÍDIA


RONALDO

Na tarde desta quarta-feira (11) por voltar de 14:00 horas, um fato chocou o bairro Américo Nogueira.RONALDO2

Ronaldo Couto Santos foi alvejado com um disparo de arma de fogo, a bala atingiu a cabeça de Ronaldo por trás e saiu pelo olho.

Ele estava no quintal da casa na Avenida Milton Rodrigues, quando foi alvejado. De imediato foi socorrido por populares e levado ao HCR/Fundação José Silveira.RONALDO2

Recebeu os primeiros socorros e rapidamente, foi transferido para o Hospital de Base  de Vitória da Conquista.

A Polícia Civil Investiga o caso.

FONTE: BLOG DO TARUGAO


matador

Um homem de 28 anos foi preso no último domingo (8) após dar entrada no Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, em Natal (RN), com várias facadas nas costas. A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) acionou a Polícia Militar ao perceber que o homem tinha a frase ‘matador de polícia’ escrita na cabeça.

Segundo informações do G1, o homem foi esfaqueado quando transitava pelo bairro das Quintas, na Zona Oeste da cidade.

Os policiais foram ao pronto-socorro e após contato com a Delegacia Especializada em Capturas (Decap), verificaram que existia um mandado de prisão em aberto contra o homem pelo crime de roubo. O preso foi encaminhado à Delegacia de Plantão da zona Sul, onde ficará à disposição da Justiça.

Segundo o processo que consta no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, o roubo aconteceu em outubro de 2013, mas o homem não constituiu advogado para defesa à época.