Um garoto de 8 anos de New Hampshire, nos Estados Unidos, foi hospitalizado após ser pendurado pelo pescoço em uma árvore. Segundo a mãe da vítima, um adolescente de 14 anos teria machucado seu filho em um ataque racista.

Cassandra, a mãe, postou no Facebook fotos do pescoço do garoto machucado pela corda e tranquilizou os amigos falando que ele estava bem. A avó da vítima disse ao jornal Daily Mail que alguns adolescentes estavam implicando com o garoto por causa da cor de sua pele. Ela disse ainda que eles estavam jogando galhos e pedras nas pernas dele. Em determinado momento, teriam colocado o menino em cima de uma mesa de piquenique, enrolado uma corda em seu pescoço e chutado o apoio, deixando-o suspenso no ar.


Corpo foi localizado nesta manhã (12), pela Polícia Civil, após uma denúncia anônima, na estrada que liga o distrito de Nova Brasília à Macarani.

Uma denúncia anônima levou a Polícia a uma cena terrível na manhã dessa terça-feira (12). No Km 4 da estrada que liga Macarani a Nova Brasília, dentro do município de Ribeirão do Largo, foi encontrado às margens da rodovia o corpo de um homem. O corpo foi encontrado decapitado e com várias lesões.


Elemento foi preso e em vídeo confessou como matou a criancinha. Ele voltou para casa para matar a mãe. Como não a encontrou, matou o bebê.

Uma criança de 11 meses foi morta barbaramente degolada pelo companheiro de sua mãe. O crime aconteceu na cidade de Manicoré (AM), na madrugada deste domingo (10). Segundo informações, a mãe do bebê de apenas 11 meses, conhecida como Beleza, foi para uma festa e deixou a criança dormindo na casa da família. Na festa, Beleza teria discutido com seu companheiro, Marcos Lima Rocha de 22 anos, ele voltou para casa na madrugada no intuito de matar a companheira, como não a encontrou, degolou a criança que estava dormindo. Marcos foi preso e em vídeo confessou como matou a criancinha. Segundo uma página em rede social do 1º Tem. PM Carpê Andrade, o assassino foi encontrado morto dentro da cela. Assista:


Jovem foi baleado ao proteger a mãe, diz polícia; mulher tem quadro grave. Após os disparos, atirador se matou; polícia suspeita de crime passional.

Foto: Reprodução | Rede Anhanguera
                                   Foto: Reprodução | Rede Anhanguera

logo-face | Blog do Kel – Itororó

Um homem de 47 anos matou o enteado, de 22, a tiros, baleou a ex-mulher, de 42, e depois cometeu suicídio nesta segunda-feira (23) em Goiatuba, região sul de Goiás. Segundo a Polícia Civil, a suspeita é que o homem não aceitava o fim do relacionamento e atirou depois de uma discussão. O rapaz tentou proteger a mãe, socorrida em estado grave, e foi baleado. De acordo com o delegado Patrick Carniel, responsável pelo caso, Paulo César Vieira Faria foi até a casa do enteado, Hugo Prado Amador para conversar com a ex-mulher, Keila Amarins Prado. Os dois tinham se separado recentemente e, desde então, ela estava morando com o filho.


yPluhlKSegundo a polícia, pessoas que coletavam materiais recicláveis no aterro, viram o corpo do sexo feminino e comunicaram as autoridades. O corpo de um bebê foi encontrado no Aterro Sanitário de Barra do Choça, na manhã desta terça-feira, 06 de setembro, de acordo informações da Polícia Civil, por volta das 8:00 horas, pessoas que coletavam materiais recicláveis no local, viram o corpo e comunicaram a Polícia.


fervendoO Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (CTPF) registrou uma agressão na madrugada desta quinta-feira (18): um preso de 22 anos tentou matar o outro com água fervente.

O homem deixou a vítima dormir, esquentou um caneco de água com uma mistura de açúcar até o líquido entrar em fervura e logo depois jogou em cima do rival. Um outro parceiro de cela também sofreu queimaduras na perna.


bebê-lixoMoradores do bairro de Mussurunga, em Salvador, encontraram um bebê morto próximo de um container de lixo no Setor I, ao lado da Avenida Luís Viana, na manhã deste domingo (14). Segundo informações da Central de Polícias, o corpo foi achado por volta das 6h. Policiais militares da 82ª Companhia Independente (CIPM/Paralela) e das Rondas Especiais (Rondesp) foram até o local e encontraram a criança, que aparentava ter 9 meses.