Kassandro Dantas da Cruz, 40 anos, tentava financiar um imóvel utilizando documentos falsos

Um homem foi preso em flagrante por estelionato ao sair de uma agência bancária localizada no bairro de Stella Maris, em Salvador, na quarta-feira (11).

De acordo com a Polícia Civil, Kassandro Dantas da Cruz, 40 anos, tentava financiar um imóvel utilizando documentos falsos em nome de Ricardo Oliveira da Silva. Ele já havia financiado um veículo modelo Gol, de placa OZT-1493, em nome de Ricardo. Carro e documento foram apreendidos pela polícia no momento da prisão.

Segundo a delegada Elaine Laranjeiras, Kassandro tentou subornar a guarnição da 15ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), oferecendo R$ 15 mil, para não ser conduzido à 12ª Delegacia Territorial (DT), de Itapuã. Ele chegou a sacar R$ 2,2 mil para oferecer aos policiais.

Kassandro foi autuado em flagrante por estelionato e uso de documento falso, pela delegada Elaine Larajeiras, e encaminhado ao Núcleo de Prisão em Flagrante (NPF), no Complexo da Mata Escura.

Correio24horas


criança1Uma criança de dois anos foi alvejada no olho enquanto mexia numa pistola de pressão. O fato ocorreu no bairro Urbis 5, por volta das 19h30 desta quarta-feira, 11. A criança observava o seu primo, de 14 anos, brincar com a arma e aproveitou um momento de distração para pegá-la.criança arma

Como a pistola estava carregada e destravada, a criança virou o cano para si e puxou o gatilho. O garotinho foi atingido no olho e encaminhado ao hospital Esaú Matos pelos familiares. As primeiras informações dão conta de que a criança perderá a visão do olho atingido. Ela entrou na unidade de saúde sentindo fortes dores e foi medicada com Morfina.

De acordo com os familiares, os médicos acreditam que o garotinho terá que ser encaminhado a Salvador para procedimento cirúrgico. O proprietário, o adolescente que a manuseava a pistola e o responsável pela criança foram conduzidos a delegacia, onde prestaram esclarecimentos. Especialistas em tiro esportivo alertam que armas de pressão não são consideradas armas de fogo, porém devem ser tratadas como tais. Elas podem provocar ferimentos graves e, em alguns casos, mortes.

Fonte: Blitz Conquista/fotos: Elite Noticias.


Imagens mostram homem dando socos em adolescente, em Trindade, GO.
Segundo delegada, ele alegou que a vítima estava ameaçando sua filha.

Um vídeo encaminhado por um internauta mostra um homem agredindo um estudante de 13 anos na porta do Colégio Estadual Alfa Ômega, em Trindade, Região Metropolitana de Goiânia (veja vídeo). Segundo a polícia, o suspeito é policial civil lotado no 18º DP da capital, tem 51 anos e é pai de uma aluna que também estuda no colégio. Ele teria cometido as agressões alegando que a vítima havia ameaçado sua filha.

Policial agride colega da filha e saca arma na porta de escola em Trindade, em Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

CLIQUE E VEJA O VIDEO ABIAXO:

Nas imagens, gravadas no fim da manhã de terça-feira (10), é possível ver o adolescente levando tapas e socos, encostado no carro do suspeito. Em seguida, o policial joga o estudante no chão, o enforca e volta a atingir o seu rosto com mais tapas. Neste momento, outros estudantes que estavam no local tentam separar os dois.

Porém, a confusão não termina. Na continuação do vídeo, o policial aparece saindo de seu carro apontado uma arma para os alunos que estão na rua. No entanto, segundo a polícia, ele não efetuou nenhum disparo.

Investigação
A Polícia Militar foi acionada e levou o policial e o estudante para a Delegacia de Trindade. O homem assinou um boletim pelo crime de vias de fato e foi liberado. Já o menor foi encaminhado para um hospital, onde realizou exame de corpo de delito. Ele não apresentava lesões aparentes, apesar das agressões.

De acordo com a delegada Renata Vieira, responsável pelo caso, o policial está fora do trabalho devido a uma licença médica. Ele contou, em depoimento, que já cumpriu pena por ter matado a ex-mulher.

Ainda segundo Renata, ele alegou que a vítima e outro garoto, que é namorado de uma jovem rival de sua filha, foram até a sua casa na segunda-feira (9).

“Ele contou que atendeu a porta e os garotos pediram para falar com a sua filha. Após conversar com os dois, a menina entrou e disse ao pai que havia sido ameaçada. No outro dia, ele resolveu ir à escola para tirar satisfações”, contou ao G1.

Policial aponta arma para estudantes na porta de escola (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

À polícia, no entanto, o homem não disse o motivo das ameaças. Ele confessou que “deu uns tapas” no menino porque ele foi “desaforado”. Sobre a arma, ele afirmou que tentou se defender. “Ele disse que após separarem a briga, outros alunos partiram para cima dele. Daí, ele entrou no carro e pegou o revólver, mas não atirou em ninguém”, conta.

A assessoria da Polícia Civil informou que vai fazer um levantamento da vida funcional do suspeito para se manifestar. No entanto, aconselhou a família do menor a procurar a Corregedoria da corporação para instaurar os procedimentos penais e administrativos pertinentes.

Discussão
A diretora do colégio, Núbia Oliveira, disse que a filha do policial e a rival já discutiram na escola, mas não soube informar o motivo. “Acredito que fosse alguma coisa de criança, que não teria muita importância”, afirma.

Núbia conta que o fato ocorreu logo após o fim das aulas do período matutino. Assim que perceberam o que estava acontecendo, ela acionou o Batalhão Escolar. Nesta manhã, nenhum dos envolvidos foi à aula.

A diretora explicou que vai convocar os pais de todos os envolvidos para uma reunião na escola onde o tema será tratado.


ronaldo22

Na tarde desta quarta-feira (11) por voltar de 14:00 horas, um fato chocou o bairro Américo Nogueira.

Ronaldo Couto Santos foi alvejado com um disparo de arma de fogo, a bala atingiu a cabeça de Ronaldo por trás e saiu pelo olho.

Ele estava no quintal da casa na Avenida Milton Rodrigues, quando foi alvejado. De imediato foi socorrido por populares e levado ao HCR/Fundação José Silveira.

Recebeu os primeiros socorros e rapidamente foi transferido para o Hospital de Vitória da Conquista.

Ronaldo chegou á Vitória da Conquista ainda com vida, mas infelizmente não resistiu o ferimento e veio a falecer.

Peritos do DPT de Itapetinga estiveram no local e realizaram uma perícia, e em breve deverá se pronunciar sobre o assunto.

Populares falam várias versões para o ocorrido. Uns dizem que Ronaldo estava limpando a arma (revolver calibre 38), quando a mesma disparou. Outros ainda dizem que ele efetuou o disparo, que ele estava com outra pessoa no local e etc.

A perícia vai desvendar o ocorrido e revelar para a população, o que realmente aconteceu nesta quarta-feira (11).

A Polícia Civil investiga o caso.


RONALDO

Na tarde desta quarta-feira (11) por voltar de 14:00 horas, um fato chocou o bairro Américo Nogueira.RONALDO2

Ronaldo Couto Santos foi alvejado com um disparo de arma de fogo, a bala atingiu a cabeça de Ronaldo por trás e saiu pelo olho.

Ele estava no quintal da casa na Avenida Milton Rodrigues, quando foi alvejado. De imediato foi socorrido por populares e levado ao HCR/Fundação José Silveira.RONALDO2

Recebeu os primeiros socorros e rapidamente, foi transferido para o Hospital de Base  de Vitória da Conquista.

A Polícia Civil Investiga o caso.

FONTE: BLOG DO TARUGAO


acidenteprfA Polícia Rodoviária Federal (PRF), divulgou um vídeo que mostra o momento em que um veículo ocupado por ladrões se envolve em acidente na BR-470. Eles haviam roubado uma loja de materiais de construção em Itajaí/SC. Durante perseguição policial, o carro usado na fuga foi esmagado por um caminhão que tombou. Confira o vídeo:


matador

Um homem de 28 anos foi preso no último domingo (8) após dar entrada no Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, em Natal (RN), com várias facadas nas costas. A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) acionou a Polícia Militar ao perceber que o homem tinha a frase ‘matador de polícia’ escrita na cabeça.

Segundo informações do G1, o homem foi esfaqueado quando transitava pelo bairro das Quintas, na Zona Oeste da cidade.

Os policiais foram ao pronto-socorro e após contato com a Delegacia Especializada em Capturas (Decap), verificaram que existia um mandado de prisão em aberto contra o homem pelo crime de roubo. O preso foi encaminhado à Delegacia de Plantão da zona Sul, onde ficará à disposição da Justiça.

Segundo o processo que consta no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, o roubo aconteceu em outubro de 2013, mas o homem não constituiu advogado para defesa à época.


As crianças, na delegacia Foto: Polícia Militar / Divulgação

Um menino de apenas 6 anos foi apreendido por policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Mangueira, na noite desta quinta-feira, por volta das 19h, após roubar um colar de ouro em São Cristóvão, na Zona Norte do Rio. O menino estava acompanhado de outro de 12 anos. A vítima, uma mulher, chamou os PMs após ter sido atacada pela dupla perto da Quinta da Boa Vista. Ela contou que, após praticarem o assalto, os garotos fugiram de bicicleta em direção ao Morro da Mangueira.

Os policiais, que faziam um patrulhamento pela Avenida Bartolomeu de Gusmão, logo localizaram os meninos. Eles foram levados para a 17ª DP (São Cristóvão), onde a ocorrência foi registrada. A delegada Bárbara Lomba, titular da delegacia, disse que “casos como esse não surpreendem”:

– Apesar da pouca idade, infelizmente casos como esse não surpreendem.

Segundo ela, a vítima contou em depoimento que estava na rua quando os garotos apareceram, de bicicleta. De acordo com o relato da mulher, o menino mais novo arrancou seu colar e o passou para o mais velho.

A delegada responsável pela ocorrência, Kelly Goularte, contou que o menor de 6 anos já havia sido anteriormente pelo mesmo crime: furto. Da primeira vez, foi encaminhado diretamente ao Conselho Tutelar. Como desta segunda vez ele estava com o outro garoto, que é vizinho dele no Morro do Tuiuti, os policiais conseguiram localizar a família. A mãe foi então buscá-lo por volta das 21h30m.

De acordo com Kelly, a mãe do menino reagiu com agressividade à detenção dele: “Vocês estão esculachando meu filho. Ele não merecia estar aqui”.

– Ela estava revoltada por ele ter sido levado à delegacia – contou a delegada.

Ainda segundo a policial, o menino de 12 anos parecia estar arrependido do crime e chorando. Ele contou que não sabia que o outro puxaria o cordão.

– Segundo ele, depois que recebeu o cordão, ficou nervoso e o jogou num bueiro – disse Kally, adiantando que o garoto mais velho não tinha passagens anteriores pela delegacia.

O cordão foi recuperado pelos policiais.

Caso será acompanhado

O Conselho Tutelar foi encarregado de acompanhar o caso do menino de 6 anos. Já o garoto de 12 também foi entregue a um parente, que assinou um termo na 17ª DP se responsabilizando a apresentá-lo no Juizado da Infância e da Adolescência.

Em entrevista à rádio CBN, o major Márcio Rodrigues, comandante da UPP da Mangueira, comentou o assunto:

– Não é uma ocorrência corriqueira, mas infelizmente acontece. É uma ocorrência que nenhum policial sonha em fazer. Os policiais militares ficaram abismados com aquela cena. Eles ficaram estarrecidos com a idade dessa criança. Eu percebi o desânimo neles.

PMs serão repreendidos por foto

A foto em que as crianças aparecem de costas, feita na delegacia, foi divulgada pela própria Polícia Militar. A delegada Kelly Goularte disse que não sabia a respeito da imagem e frisou que não autoriza fotos de pessoas detidas, sejam menores ou maiores de idade.


xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.PbSHUZ6qY8

Uma ação conjunta das polícias Federal e Militar não deu refresco à quadrilha do traficante “Romarinho” e prendeu sete pessoas e desarticulou dois laboratórios de drogas em Porto Seguro, na Costa do Descobrimento, nesta quarta-feira (4). Os agentes ainda apreenderam aproximadamente 65 quilos de entorpecentes, diversas armas de fogo (várias de grosso calibre e de uso restrito) e munição. Denominada de Camisa 11, a operação teve como alvo a quadrilha chefiada pelo traficante Romário de Oliveira Brito, o Romarinho, que já cumpre pena no presídio de Eunápolis, na mesma região. Segundo o Radar 64, a ação, que começou na madrugada e terminou por volta do meio-dia, cumpriu mandados de prisão no distrito de Arraial d’Ajuda e no bairro Campinho. Foram detidos Geovane de Oliveira Brito, irmão de Romarinho, Gidelson Santos de Souza, Geraldo de Jesus Ferreira, Hítalo Santana Freitas, Alaedy Brito da Silva e Rodrigo Nascimento de Jesus. Quase cem policiais participaram da ação, que contou também com apoio de um helicóptero da PM.


Na tarde desta terça-feira (24), uma moto Honda CG 150 de cor azul ano e modelo 2014/2015 de placa policial (OZH 1393) em nome  da Sra. Maria da Glória, que foi roubada no Jardim Henrique Brito em poder de seu dono Paulo Roberto Pacheco de Oliveira de 27 anos ( Paulinho que trabalha no armazém de Rivanda ( armazém Félix), moto foi recuperada pela policia da GUARNIÇÃO PUNHOS DE AÇO DO PETO (Pelotão de Emprego Tático Operacional).

Moto itapetinga

Algumas informações foi  encontrada no interior de uma residência da Rua “Q”, nº 131, Bairro Quintas do Morumbi em Itapetinga, pelo poder de Wilker Souza Ferreira dos Santos, de 20 anos e Joilson Delmiro Gonçalves, de 28 anos, a dupla foi autuada em flagrante por crime de receptação.

IMG-20150224-WA0048


Kenne

Kenne Rogelle Santos Porto, de 20 anos, não resistiu ao tiro que levou no lado esquerdo do peito, na noite de sábado (21). A informação partiu do Hospital Cristo Redentor, onde o jovem estava internado na U.T.I., depois de sofrer intervenção cirúrgica.

A vítima estava na Travessa 23, no Residencial 12 de Dezembro (Brogodó), quando fora surpreendido por dois rapazes numa motocicleta. O rapaz da garupa empunhava duas armas de fogo e fez os disparos na direção de Kenne.

Um dos disparos acertou o jovem no lado esquerdo do peito.

Policiais militares, de imediato, realizaram incursões a fim de prender os autores dos tiros que culminaram na morte de Kenne Rogelle, sem sucesso.

A DHPP, divisão de homicídios de Itapetinga, já assumiu as investigações.

Fonte: Itapetinga na Mídia


médica corta pinto de namorado

A médica urologista Myriam Priscilla Rezende de Castro, 34, condenada a seis anos de prisão no regime semiaberto por ter mandado cortar o pênis do ex-noivo, é considerada foragida pela Suapi-MG (Subsecretaria de Administração Prisional do Estado de Minas Gerais).

Segundo o órgão, a detenta está foragida do complexo penitenciário Estevão Pinto, em Belo Horizonte. Ela tinha autorização judicial para trabalho externo e não retornou à unidade prisional, após o expediente de trabalho, no dia 28 de janeiro deste ano.

Conforme nota, a Suapi informou ter lançado a fuga dela no Infopen (Sistema de Informações Penitenciárias).

“Com o alerta, ela pode ser presa a qualquer momento pelas polícias”, trouxe o informe. A médica cumpria pena no Complexo Estevão Pinto desde abril de 2014.

O advogado Giovanni Toledo, defensor da médica, classificou a emissão da nota da Suapi de “irresponsável”.

“A Suapi soltou essa nota de maneira totalmente equivocada e irresponsável. A Miryam estava com direito ao trabalho, saiu de manhã, no dia 28, e passou mal. Ela está grávida de gêmeos, uma gravidez de alto risco”, afirmou o defensor.

Ainda segundo ele, no dia 28, à tarde, ele disse ter ido comunicar a internação da cliente ao juiz do caso.

“No dia 29, o juiz deu um despacho no qual ele manda oficiar a penitenciária sobre a internação dela e retirar a nota de fuga. Aí, vem a secretaria e solta uma nota irresponsável dessa forma”, declarou.

Ainda conforme Toledo, a médica está com pressão alta, anemia grave e dilatação precoce do útero.

Relembre o caso

O crime  contra o ex-noivo ocorreu em Juiz de Fora (278 km de Belo Horizonte), em 2002. A médica foi condenada em abril de 2009, mas não foi presa imediatamente em razão dos diversos recursos impetrados pelos seus advogados.

Ela só veio a ser presa em abril do ano passado, em Pirassununga (211 km de São Paulo), após expedição de mandado da prisão pela Justiça.

De acordo com o processo, à época do rompimento do casamento, a médica teria se revoltado contra o homem e passado a ameaçá-lo. Ele teve sua casa e um automóvel incendiados.

Em seguida, ainda de acordo com o processo, Myriam, com a ajuda do pai, teria contratado dois homens para mutilar o ex-noivo.

Por causa de um AVC (Acidente Vascular Cerebral) durante o julgamento, o pai cumpre pena em regime domiciliar.

Segundo o Ministério Público, no dia do crime, a vítima foi dominada por dois homens dentro do apartamento onde morava. Conforme a denúncia, os autores da agressão se passaram por técnicos de uma empresa de telefonia. O irmão da vítima também foi agredido.

O MP disse que os dois foram dominados, amarrados e ainda teriam sido obrigados a cheirar éter. Parte do pênis da vítima foi cortada e levada como prova da execução do serviço. Um dos executores está preso.

“Os executores usaram uma faca para cortar o pênis do rapaz e fizeram questão de dizer que estavam agindo a mando da ex-noiva e do pai dela na ocasião”, informou a Polícia Civil de Minas Gerais à época da prisão da médica. A vítima sobreviveu e vive anonimamente.


THAIS AMERICO NOGUEIRA

Thaiz dos Anjos de Jesus, de 21 anos (foto ao lado), após assassinar a jovem Carla Silva Santos, de 22 (foto abaixo), na noite do último dia 13, se apresentou na manhã desta sexta-feira (20) no Complexo Policial com uma advogada, a fim de dar explicações sobre o crime.

Carla recebeu uma facada no peito, quando estava em frente a sua casa,  na Rua Bertulino Gonçalves, no Bairro Américo Nogueira, e morreu instantes depois no Hospital Cristo Redentor. Após golpear Carla, Thaiz fugiu.

Sobre a fuga, Thaiz disse que de imediato foi para a casa de uma tia e em seguida se dirigiu para casa de parentes em Vitória da Conquista. Confessou que realmente golpeou Carla, com quem vinha tendo desentendimentos.

CARLA3

Segundo a assassina confessa, Carla estava tendo um relacionamento amoroso com o seu marido e chegou a compartilhar isso com amigos no whatsapp, o que teria deixado Thaiz enciumada e disposta a tomar uma providência.

Com a apresentação espontânea, Thaiz dos Anjos de Jesus responderá ao processo de homicídio em liberdade.

FONTE TEXTO: ITAPETINGA NA MÍDIA

FOTOS: BLOG DO TARUGAO