Segundo a PM, criminosos seguiram o casal com clara intenção de executá-los. Menina foi morta porque estava no colo da mãe.

Uma jovem de 25 anos morreu abraçada com a filha, de 4, que também foi atingida pelos disparos e não resistiu, na noite desta sexta-feira (12). O crime aconteceu por volta das 20h30, na Rua Tiriva, bairro Califórnia, em Araucária, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Além das duas, o pai da menina também foi baleado, mas sobreviveu.

Segundo a Polícia Militar (PM), o carro em que pai, mãe e a menina estavam foi seguido por ocupantes de um Cobalt prata. Dentro do carro, dois homens encapuzados e armados já estavam prontos para executar os três. Quando o veículo finalmente conseguiu parar ao lado do Fox da família, no cruzamento das ruas Tiriva com Tangará, a dupla efetuou vários disparos e não poupou sequer a criança. Rodrigo de Oliveira Camargo, 30 anos, perdeu a direção do carro ao ser atingido e bateu numa árvore.


Vítima bateu a cabeça em uma pedra ao pular na água. Acidente trágico ocorreu na Chapada Diamantina. Vítima era esposa de conhecido empresário de Goiânia.

Um passeio em família que seria para aproveitar o interior da Bahia acabou em tragédia na manhã dessa sexta-feira (5). Após ser levada pela correnteza da Cachoeira do Roncador, na Chapada Diamantina, uma mulher de 55 anos bateu a cabeça nas pedras e morreu no local. As informações são da Polícia Militar da Bahia.

Moradora de Goiânia, Deize Liz Borges era casada com um dos sócios do grupo Jorlan. Ela estava de férias com a família em Guarajuba, litoral baiano, mas decidiu conhecer a região da Chapada Diamantina. O Metrópoles tentou contato com a família e com o grupo empresarial, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.


Ana Beatriz, que passou atrás da caminhonete, chegou a ser levada para o Hospital de Urgência, mas morreu minutos depois. Pais estão sob efeito de sedativos.

Uma menina de apenas dois anos morreu após ser atropelada acidentalmente pela mãe. Ana Beatriz Pismel de Paula passava por trás do carro no momento em que a mãe dava ré para arrumar o veículo dentro da garagem. A tragédia ocorreu no bairro Morada do Sol, em Rio Branco. Muito abalada, a tia da menina Maria José Pismel, contou que Ana Beatriz chegou a ser levada para o Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), mas morreu minutos depois. “Ela estava dentro de casa [menina] brincando quando viu a mãe dela. Foi muito rápido. Eu não estava em casa, meu filho estava lá, viu tudo e está em choque. Ela não viu porque o carro é grande, é uma caminhonete alta. [Ana Beatriz] ainda gritou ‘mãe, mãe’ e correu por trás do carro”, relembrou emocionada.


Vítima também foi atingida no rosto. Agressor foi preso em flagrante e irá responder por tentativa de feminicídio. A motivação do crime, segundo ele, foi o fim do relacionamento.

Um vídeo que circula nas redes sociais gravado por uma testemunha mostra o momento em que o homem aparece segurando o cabelo da vítima e as pessoas gritando em volta. Veja o vídeo com cautela . Cenas são fortes:


Filha do casal disse que viu momento em que o pai atirou contra mãe pela vidro do box. Depois ele pegou uma espingarda, foi para cozinha e se matou. Ele tinha depressão.

O veterinário Walter Moreno, de 44 anos, matou a tiros a mulher, a veterinária Telma Adriana Galhardo, de 43 anos, enquanto ela tomava banho. O crime foi na noite de segunda-feira, 11, em Suzano, na Grande São Paulo.


As outras vítimas, ambas de 14 anos, foram socorridas e levadas ao hospital, que fica a cerca de 1 km do local. Elas sofreram fraturas nas pernas e escoriações.

Um caminhão carregado de bebidas tombou e atingiu três crianças que estavam a caminho da escola na Zona Norte de São Paulo, na manhã desta terça-feira (12). Uma das vítimas, uma menina de 13 anos, ficou presa debaixo do veículo e morreu. Ela esperava para atravessar a avenida e ir à escola. O acidente aconteceu pouco depois das 7h, próximo à esquina entre as avenidas Raimundo Pereira de Magalhães e Cantidio Sampaio. O caminhão com as bebidas bateu em um carro e tombou em cima da faixa de pedestres. Parte do veículo ficou atravessado sobre a calçada e o carregamento de bebidas se espalhou pela via. De acordo com o Corpo de Bombeiros, três meninas que estavam a pé, a caminho da escola, foram atingidas pelo caminhão desgovernado. Uma delas ficou presa sob o caminhão caído e, apesar dos esforços da equipe de resgate, não resistiu aos ferimentos.


Josemar Santos Tinoco faleceu em uma colisão frontal entre um Ford Ecosport da Universidade e um Fiat Uno, nesta noite de sábado (3), no trecho Itabuna-Ibicaraí.

logo-face | Redação Blog do Kel – Itororó

O professor Josemar Santos Tinoco, da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), faleceu em uma colisão frontal entre um Ford Ecosport da Universidade e um Fiat Uno, nesta noite de sábado (3), no trecho Itabuna-Ibicaraí da BR-415.uesc5Josemar retornava para casa quando ocorreu o acidente. O motorista do veículo em que o professor estava, identificado apenas como Galego, foi levado em estado grave para o Hospital Calixto Midlej Filho, em Itabuna. Não há informações sobre o estado de saúde do motorista do Fiat Uno. Josemar era professor do Departamento de Letras da Uesc e participava de atividade do núcleo de Ensino a Distância (EaD) da universidade neste sábado. O impacto da colisão destruiu a frente dos dois veículos. A Polícia Rodoviária Federal foi acionada para atendimento à ocorrência, assim como o Corpo de Bombeiros. Com informações do Blog Pimenta.


sofruty2

Sandra da Silva Gonçalves a única sobrevivente da batida que deixou quatro pessoas da família dela mortas, inclusive a filha de 10 anos, relatou como ocorreu o acidente na BA-130, na quarta-feira (2). 

logo-face| Redação.BDK

Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), a família retornava para Itororó, depois de passar o feriado de Finados em Firmino Alves. Assista ao VÍDEO:

A distância entre as cidades é de cerca de 25 quilômetros. Sandra teve ferimentos no pescoço e na perna, mas perdeu a mãe, o pai, o irmão e a filha caçula. Ela relatou que o irmão estava dirigindo e quando viu o outro carro desgovernado foi para o acostamento pra evitar o acidente, mas não adiantouitororo2“Ele pegou a gente no acostamento. Quando ele jogou de frente o nosso carro rodou foi para o outro lado e o dele foi para a ribanceira. Minha filha morreu nos meus braços, minha mãe morreu do meu lado e eu aparava o sangue do meu irmão para reanimar”, disse Sandra.O irmão de Sandra também falou sobre a situação que a irmã enfrenta. “Ela [Sandra] está toda abalada. Acabou o mundo pra gente. //Blog do Anderson


Há indícios de que as crianças foram asfixiadas ou estranguladas e que o pai, identificado como o norte-americano Erick Ramírez, de 50 anos, se matou em seguida. Vítimas e a mãe são de Santa Catarina.

logo-face| Redação.BDK

Duas meninas e um menino, com idades entre 5 e 9 anos, foram encontrados mortos nesta quarta-feira (2) na cidade de Ponce, em Porto Rico.

A polícia local afirma que elas foram mortas pelo próprio pai, que se enforcou. Conforme a família, as crianças são brasileiras, como a mãe, e nasceram no Sul de Santa Catarina.

De acordo com a polícia local, o crime ocorreu em uma casa na localidade de Jacaranda de Ponce. Há indícios de que as crianças foram asfixiadas ou estranguladas e que o pai, identificado como o norte-americano Erick Ramírez, de 50 anos, se matou em seguida. Segundo uma tia das crianças, o homem havia sido denunciado pela mãe das crianças por violência contra a mulher. De acordo com a Polícia de Porto Rico, a mãe havia deixado as crianças aos cuidados da avó paterna enquanto fazia uma viagem. Ela não impedia o relacionamento do pai com Erick Gabriel, de 9 anos, Elin, de 7, e Emanuele, de 5 anos.

‘Era um pai carinhoso’

Uma tia das crianças, Marli Martins da Rocha, contou que a família é de Forquilhinha, no Sul de Santa Catarina, e que antes de se mudarem para Porto Rico, há três anos, eles viviam no município de Morro da Fumaça. “Era um pai muito carinhoso, muito prestativo, só com ela era um pouco violento”, disse a tia. Informações do G1 . RBS TV.


Um acidente matou três pessoas e deixou outras 100 feridas na cidade de Nova Jersey, nos Estados Unidos, durante a manhã desta quinta-feira (29). Um trem de passageiros descarrilou na estação Hoboken. A informação foi dada pelas redes de TV NBC e CBS.acidente-new-jerseyA New Jersey Transit fez o balanço de feridos e divulgou-os para a imprensa. Apesar de ter feito este balanço, ainda não se sabe quais foram as causas do acidente, porém existe uma suspeita de que a composição não conseguiu parar ao entrar na estação de Hoboken e se chocou contra a plataforma.A empresa de trânsito optou por  suspender a circulação de trens por causa do acidente.


cre550

Corpo foi escoltado por batedores da PM de Aracaju até o aeroporto. Local do velório ainda não foi revelado. O corpo do ator Domingos Montagner – que morreu afogado aos 45 anos no Rio São Francisco nesta quinta, 15 – foi liberado pelo Instituto Médico Legal de Aracaju, em Sergipe por volta das 9h da manhã desta sexta-feira, 16.mxyrkuz

Em seguida, foi levado para a Funerária Piaf, que fica a 100 metros do IML, após passar por uma necropsia que confirmou a sua morte por afogamento.

Segundo o comandante da operação, Major Jorge Cirilo, o corpo permaneceu no local por cerca de três horas antes de seguir para o destino do velório, ainda não revelado pela família. Montagner, o Santo, de “Velho Chico”, morreu nesta quinta-feira, 15, após desaparecer no Rio São Francisco. Ele tinha viajado para o Nordeste para gravar cenas da novela, foi tomar um banho de rio e, depois do mergulho, não voltou à superfície. O artista estava junto com a atriz Camila Pitanga, que pediu socorro após o colega ser levado pela correnteza. Deixa três filhos e mulher.


K7

jwfu2ef

Polícia divulgou imagens fortes, de propósito, para alertar população. Criança foi entregue a parentes. Motorista e passageira foram presos. Caso aconteceu nos EUA.

Um homem e uma mulher foram presos em Ohio, nos Estados Unidos, após sofrerem overdose no carro enquanto transportavam uma criança.

As imagens fortes foram divulgadas pela polícia para conscientizar a população sobre a irresponsabilidade de cuidar de crianças sob o efeito de drogas. O caso aconteceu em julho e foi divulgado nesta sexta-feira (9).

Na ocorrência, o motorista foi abordado por um policial que tinha reparado que ele dirigia seu utilitário de forma irregular e desmaiou ao conversar com a autoridade, de acordo com um registro divulgado pela polícia. “Fiz contato com o motorista que mais tarde foi identificado como James Acord. Notei sua cabeça balançando para frente e para trás, sua fala quase ininteligível. Também notei pontinhos em sua pupila”, descreve o policial no documento. Segundo seu relato, o motorista lhe informou que estava levando a mulher no banco do passageiro, que estava desmaiada, para o hospital.


Marido de Jane Carla, 32 anos, morreu no local do acidente. Ela faleceu na noite desta segunda-feira (5), dois dias após a tragédia. A cantora gospel Jane Carla, de 32 anos, não resistiu aos ferimentos após um grave acidente e morreu no início da noite de segunda-feira, dia 5.7rtlyan

Segundo informações, no sábado, dia 3, o carro em que estavam a cantora e seu marido Wanderson Guimarães colidiu frontalmente com uma carreta na rodovia TO-080, entre as cidades de Palmas e Paraíso do Tocantins.

Wanderson morreu no local do acidente e Jane Carla foi socorrida em estado grave ao Hospital Geral de Palmas. Por volta das 18h30 de segunda-feira, dia 5, a cantora gospel sofreu uma piora em seu quadro e teve uma parada cardíaca. Jane Carla não resistiu e morreu. Segundo o site Blasting News, a cantora e o marido eram membros da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, ministério de Madureira em Palmas, e eram pastoreados pelo pastor João Abrantes. Entre as músicas de sucesso de Jane Carla estão Mestre Dos Milagres, Veio Guerrear e Vaso Escolhido.


0