Uma garota de um ano e meio levou 240 pontos no rosto após ser atacada por um cão da raça bull terrier. A britânica Mayzee Jo Gaspa estava em casa com os pais quando foi surpreendida pelo animal que pertencia a um amigo da família.

Mayzee foi mordida no rosto enquanto brincava na cozinha, ao lado da mãe, Maria Dew, 34 anos. “Eu batia na boca do cachorro, tentando fazê-lo soltar minha filha, mas ele a arrastava e tudo o que eu via era sangue por todos os lados. Achei que ela fosse morrer”, relata ao jornal The Mirror.

Os vizinhos da família se dirigiram até o apartamento, que fica em Staffordshire, ao ouvirem os gritos de Maria e logo chamaram uma ambulância, que encaminhou a criança para o hospital.

Além de receber mais de 200 pontos, a pequena passou por uma cirurgia para recuperar o nariz. Mayzee também perdeu quatro dentes durante o incidente. Ela vai precisar passar por outra operação, em breve, mas passa bem.

A mãe divulgou as fotos para ajudar outras famílias. “Temos de ficar de olho sempre. Há cães bons e donos bons, mas, em um segundo, coisas assim acontecem”,  alerta.

 


Segundo informações do blog Camamu Notícias um trabalhador rural da cidade vizinha de Ubaitaba, foi devorado por uma onça na Zona Rural de Camamu a 50km ao norte de Itacaré. Ainda segundo o blog, o homem que ainda não foi identificado, mas já estava desaparecido a três dias, tirava cipó na região da Cepel, conhecida como “Mata da Alfa” próximo da antiga fazenda da Brahma no distrito de Camamu.

onca em camamu2


CAPELA1

CAPELA

O crime ocorreu por volta dás 19:30 h. dessa noite de quarta (04).

Mais vítima de arma de fogo agora a pouco na travessa 14, no bairro Nova Itapetinga. Segundo informações, um jovem de nome Luiz Carlos – vulgo Capela. informações de moradores, duas pessoas em uma moto preta, chegaram e adentraram a casa de Capela, efetuando vários disparos e morreu no local.

AGUARDE MAIS INFORMAÇÕES….

 ENVIADO ATRAVÉS DO WHATSAPP


avião

Um avião da companhia taiwanesa TransAsia caiu com 58 pessoas a bordo em um rio da capital Taipei, nesta quarta-feira. De acordo com informações locais, 25 pessoas morreram, 15 ficaram feridas e pelo menos outras 18 ainda estão desaparecidas. Entre os sobreviventes, estão duas crianças. Confira imagens.

A queda do voo GE235 aconteceu por volta das 11h (locais), minutos depois da aeronave decolar do aeroporto de Taipei, com destino à ilha de Kinmen, a oeste. O avião, um bimotor ATR-72, se chocou contra uma ponte antes de cair no rio Keelung.

Não há ainda informações concretas sobre a causa da queda, mas controladores de tráfego aéreo relataram que o piloto da aeronave pedia socorro por conta de um possível incêndio no motor. O voo sofreu uma aparente perda de sustentação, como apontaram autoridades e especialistas que conferiram vídeos do acidente.

Pelo menos 170 funcionários de emergência foram acionados para o resgate no local. Equipes de busca afirmaram que a água no rio tinha pouca visibilidade, o que prejudicava a ação de mergulhadores. As caixas-pretas foram localizadas. Dos 15 feridos, nove estariam em estado grave.

Um táxi chegou a ser atingido pela asa do avião, e o motorista dele teria desmaiado, segundo o “Hong Kong’s Apple Daily”. Ele teve leves ferimentos na cabeça.

De acordo com a Administração de Aviação Civil de Taiwan, o avião bimotor tinha apenas nove meses. A última revisão nele foi feita no último dia 26 de janeiro. Piloto e copiloto foram identificados respectivamente como Jianzong Liao e Zizhong Liu, de 42 e 45 anos. Dos 53 passageiros, 31 eram chineses — viajando a turismo — e 22 taiwaneses.

Este é o segundo acidente da companhia aérea em poucos meses. Em julho passado, um avião caiu com 54 passageiros e quatro tripulantes a bordo em uma ilha turística do arquipélago de Penghu, na costa oeste de Taiwan. Somente dez pessoas sobreviveram à queda causada pelo mau tempo.

Equipes de busca trabalham em resgate enquanto curiosos conferem cena de acidente no rio Keelung – PICHI CHUANG / REUTERS.

FONTE: O GLOBO