Esporte: Segundo executivo da DIS, Neymar poderá ser preso

Roberto Moreira é executivo da empresa que detinha os direitos de imagem de Neymar até a venda do jogador para o Barcelona, em 2013.

Sobre a possível prisão do atacante, Moreira afirmou: "Ele pode ser sim".
Sobre a possível prisão do atacante, Moreira afirmou: “Ele pode ser sim”.

logo-face| Blog do Kel – Itororó

Neste último domingo (3), o executivo do fundo de investimentos DIS Roberto Moreira, falou sobre os dois processos que abriu contra Neymar Jr, um no Brasil e outro na Espanha, e revelou que o jogador do Barcelona poderá ser preso.

O executivo da empresa que detinha os direitos de imagem de Neymar antes da venda para o Barcelona, em 2013, afirmou querer o cumprimento da lei. “A DIS não está pedindo especificamente a cadeia. Nós pedimos uma condenação juntamente com a federação das associações de atletas profissionais e o Ministério Público de lá. Pedimos para que seja cumprida a lei”, disse Roberto Moreira em entrevista ao programa “Domingo Esportivo” da rádio Bandeirantes.

Sobre a possível prisão do atacante, Moreira afirmou: “Ele pode ser sim”. O jogador é ainda acusado pelo Ministério Público da Espanha por estelionato. A Justiça espanhola acredita que o valor negociado na época, cerca de R$ 56,9 milhões, teria sido diferente do divulgado. O dirigente ainda questionou o fato do camisa 11 do Barcelona jogar o Mundial de Clubes já vendido ao time catalão. “O que é mais esquisito de tudo isso é que todo torcedor fanático por futebol pergunta se é moral, ético a atitude do Neymar. Naquela decisão de 2011, Santos e Barcelona, em que se levou uma goleada, ele já já tinha recebido 10 milhões de euros. Você, torcedor do Santos, de qualquer time, achou isso legal? Tenho a certeza que a resposta vai ser não”, finalizou Moreira.

*Informações do IG ESPORTE



Comentários

Os comentários estão fechados.