Itororó: Jovem tem complicações no parto e está na UTI em Itapetinga

Jovem tem complicações no parto e se encontra na UTI em Itapetinga.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé

A jovem professora Sílvia Carvalho de 30 anos, moradora do distrito de Rio do Meio em Itororó está internada na UTI do Hospital Cristo Redentor em Itapetinga desde o último dia 19, quando sofreu complicações em sua gestação e precisou fazer uma cirurgia cesariana para a retirada do bebê.

Inicialmente Sílvia foi internada no Hospital de Base de Vitoria da Conquista, local onde de maneira urgente seu parto foi realizado. Em seguida Sílvia foi transferida para a UTI de Itapetinga onde permanece em estado grave e em recuperação.

Sílvia adquiriu a Síndorme de Hellp que é uma complicação obstétrica grave, pouco conhecida e de difícil diagnóstico, que pode causar a morte da mãe e também do bebê. É chamada de síndrome porque envolve um conjunto de sinais e sintomas, e hellp, em razão da abreviação dos termos em inglês que querem dizer: H: hemólise (fragmentação das células do sangue); EL: elevação das enzimas hepáticas, e LP: baixa contagem de plaquetas. É importante lembrar que as plaquetas são células que auxiliam na coagulação sanguínea, e por isso um dos sintomas dessa síndrome é a hemorragia. Por ter nascido com apenas 6 meses de gestação, o bebê do sexo feminino que se chama Alicia Roberta está internada na UTI do Hospital Esaú Matos em Vitória da Conquista.

De acordo informações de seu esposo,  Paulo Júnior, e pai do bebê, segundo ele afirma Sílvia sofreu algumas convulsões na noite de sábado e que foi atendida e regulada pelo Hospital e Maternidade de Itororó. Confiante, Paulo Júnior afirmou que apesar do quadro de saúde de Sílvia e do bebê ser grave a família não perde a esperança em nenhum momento da melhora dos dois. //itororoja



Comentários

Os comentários estão fechados.