Menina de 11 anos desmente estupro por 14 homens e diz que inventou toda história

 

A menina de 11 anos que confessou ter sido estuprada por 14 homens em um baile funk, em Praia Grande, no litoral paulista, deu novo depoimento à polícia e disse que inventou toda história.

Nesta segunda-feira (23), após o laudo do exame feito pelo Instituto Médico-Legal (IML), comprovando que não houve a agressão, a menina revelou que inventou a história para tentar evitar uma briga com uma amiga.

Segundo informações da Polícia Civil, também foi constatado que não houve nenhum baile funk na região, nem a menina foi expulsa de casa pela mãe.

O IML também confirmou que a menina estava menstruada e não houve hemorragia, conforme havia sido constatado pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que a menina foi atendida.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Praia Grande, em São Paulo.



Comentários

Os comentários estão fechados.