Brasil: Mulher e filha de 8 dias são mortas com cerca de 30 tiros em Goiás

Um crime chocou a população de uma pequena cidade do interior de Goiás na última quarta-feira (23). Uma mulher de 21 anos e sua filha recém-nascida de apenas 8 dias de vida foram executadas a tiros dentro da própria casa.

Segundo informações da Polícia Civil, o crime aconteceu por volta das 15h30, quando Laura Catrine da Conceição estava em casa com o bebê e um homem teria pulado o muro da casa da jovem, invadido a porta da cozinha e começado a disparar.

O delegado responsável pelo caso, Renato Rodrigues Oliveira, contou que familiares relataram que a jovem estaria sendo ameaçada por um ex-namorado, que seria foragido do presídio de Jaraguá. “Nós vamos ter que ver certinho esta questão de relacionamentos anteriores, de ameaças que ela sofreu para realmente chegar neste ponto, se foi um feminicídio, se foi um crime passional ou não”, disse o titular.

Ainda segundo informações do delegado, a suspeita é que Laura tentou se esconder do atirador no banheiro, onde foi encontrada morta com a filha nos braços. A recém-nascida teria sido atingida pelo menos por 4 disparos. De acordo com apuração de uma emissora local, TV Anhanguera, no local do crime foram encontradas pela perícia mais de 30 cápsulas de uma pistola 9 milímetros.

De acordo com as investigações policiais, o pai do primeiro filho de Lauro teria sido assassinado recentemente, com históricos de envolvimento com criminosos na região. A polícia também não descarta a morte da jovem e da criança ser parte de um acerto de contas.



Comentários

Os comentários estão fechados.