O prefeito interino de Bariri é preso após confessar ter estuprado menina de 8 anos, diz polícia

O prefeito interino de Bariri, Paulo Henrique Barros de Araújo (PSDB), de 34 anos, foi preso por suspeita de raptar e abusar de uma menina de oito anos, na manhã deste sábado (21), no Vale do Igapó, em Bauru (SP). 

De acordo com o delegado ao portal G1, ele confessou ter estuprado a criança. Um advogado que se apresentou como defensor não quis comentar o caso. Após o registro do boletim de ocorrência por flagrante de estupro, Araújo foi levado à cadeia de Barra Bonita, às 19h50.  Segundo a Polícia Militar, o político pegou a criança no Núcleo Habitacional José Regino e se dirigiu até um matagal, onde o carro acabou caindo em um buraco.

Conforme informações do boletim de ocorrência, nesse momento a menina conseguiu se desvencilhar do prefeito, saiu correndo e pediu ajuda a um casal que passava pelo local, dizendo que havia sido abusada por um homem de barba.



Comentários

Os comentários estão fechados.