PABLO

Depois da lambada, do axé e do arrocha, esse é o verão da “sofrência”, um estilo musical que mistura sofrimento e carência. É a velha dor de cotovelo, levada a bebida alcóolica que está bombando no Nordeste. Em qualquer esquina, em qualquer bar, é o estilo musical que mais se toca. “Tem que tocar sofrência, porque se não o show não presta. Tem que tocar sofrência”, afirma um músico.

A palavra é uma mistura de sofrimento com carência, surgiu há pouco tempo e começou com o cantor baiano Pablo. “É uma expressão romântica, é uma expressão de sentimento. Então acho que os boêmios se identificam muito, né?”, conta. É música para uma bela dor de cotovelo. “É bom, lógico. Quem não gosta de sofrer um pouquinho?”, diz uma jovem. E também para dançar: “Tem dança para esquecer a sofrência”, destaca outra.

Artistas do axé, como Ivete Sangalo, incluíram o ritmo no repertório. A sofrência caiu mesmo no gosto de muita gente porque toca profundo no coração. E, para curtir tanto lamento existe até a noite da sofrência. “Eu vi para cá porque estou sofrendo muito por amor”, revela uma jovem.

E quem nunca sofreu assim? “O coração está sofrendo muito”, diz outra mulher.



avião

Um avião da companhia taiwanesa TransAsia caiu com 58 pessoas a bordo em um rio da capital Taipei, nesta quarta-feira. De acordo com informações locais, 25 pessoas morreram, 15 ficaram feridas e pelo menos outras 18 ainda estão desaparecidas. Entre os sobreviventes, estão duas crianças. Confira imagens.

A queda do voo GE235 aconteceu por volta das 11h (locais), minutos depois da aeronave decolar do aeroporto de Taipei, com destino à ilha de Kinmen, a oeste. O avião, um bimotor ATR-72, se chocou contra uma ponte antes de cair no rio Keelung.

Não há ainda informações concretas sobre a causa da queda, mas controladores de tráfego aéreo relataram que o piloto da aeronave pedia socorro por conta de um possível incêndio no motor. O voo sofreu uma aparente perda de sustentação, como apontaram autoridades e especialistas que conferiram vídeos do acidente.

Pelo menos 170 funcionários de emergência foram acionados para o resgate no local. Equipes de busca afirmaram que a água no rio tinha pouca visibilidade, o que prejudicava a ação de mergulhadores. As caixas-pretas foram localizadas. Dos 15 feridos, nove estariam em estado grave.

Um táxi chegou a ser atingido pela asa do avião, e o motorista dele teria desmaiado, segundo o “Hong Kong’s Apple Daily”. Ele teve leves ferimentos na cabeça.

De acordo com a Administração de Aviação Civil de Taiwan, o avião bimotor tinha apenas nove meses. A última revisão nele foi feita no último dia 26 de janeiro. Piloto e copiloto foram identificados respectivamente como Jianzong Liao e Zizhong Liu, de 42 e 45 anos. Dos 53 passageiros, 31 eram chineses — viajando a turismo — e 22 taiwaneses.

Este é o segundo acidente da companhia aérea em poucos meses. Em julho passado, um avião caiu com 54 passageiros e quatro tripulantes a bordo em uma ilha turística do arquipélago de Penghu, na costa oeste de Taiwan. Somente dez pessoas sobreviveram à queda causada pelo mau tempo.

Equipes de busca trabalham em resgate enquanto curiosos conferem cena de acidente no rio Keelung – PICHI CHUANG / REUTERS.

FONTE: O GLOBO


Ele realmente está bem chateado, bem desapontado porque afirma não ter usado em momento algum”, afirma Márcio Tannure.

O diretor-médico da comissão atlética brasileira de MMA, Márcio Tannure, conversou com o lutador Anderson Silva após o resultado do exame antidoping, realizado no dia 9 de janeiro, ter revelado uso de metabólitos de drostanolona e androsterona. Segundo ele, que acredita na absolvição do Spider, a notícia deixou o lutador bastante chateado.

“Eu falei com ele ontem (terça-feira) para entender o que aconteceu. Ele realmente está bem chateado, bem desapontado porque afirma não ter usado em momento algum. Eu particularmente acredito nele, já que ele tem uma carreira exemplar e nunca passou por uma coisa dessa. Ele está muito desapontado e não está entendendo o que aconteceu. Antes de se pronunciar, ele quer esperar terminar esse processo, que ainda está em andamento para depois fazer um comunicado oficial ou não. Ou até provar que ele é inocente, que eu acredito que é o que vai acontecer”, disse em entrevista ao SporTV.

Tannure afirma que é cedo para fazer qualquer julgamento, já que o processo continua em andamento. “Eu acho que ainda é muito cedo para falar qualquer coisa ou tomar qualquer partido. O processo ainda está em andamento, a própria comissão de Nevada ainda não se manifestou. Ele fez mais dois exames depois disso e pode ter acontecido alguma contaminação, algum erro, algo que é incomum, mas pode ter acontecido. E ele também tem o direito de pedir a contraprova, que pode mostrar isso. Antes de falar qualquer coisa é preciso esperar terminar esse processo que ainda não foi terminado”, completou.



FANTASMA

Um vídeo flagra o momento em que uma mulher é supostamente empurrada por um fantasma em Santiago, no Chile. Segundo o Gadoo, o vídeo mostra a “vítima” chegando ao local acompanhada de outra mulher. Em certo momento, Cecilia Carrasco, de 34 anos, para e, enquanto conversava, sofre uma queda como se estivesse sido empurrada por alguém. A chilena alegou que andava na recepção do escritório de seu advogado, em Santiago, no Chile, quando foi surpreendida pelo fantasma. Após a queda, a mulher foi encaminhada para um hospital. “Estou incapaz de trabalhar devido às minhas lesões”, afirmou a vítima do empurrão.



A saída de Xuxa Meneghel para a TV Record, após 30 anos na TV Globo, gerou piadas e memes nos sites de redes sociais.

Mesmo com a informação preliminar de que Xuxa vá receber R$ 1 milhão de salário e mais participação em merchandisings e faturamento comercial de seus programas – cinco vezes o que a apresentadora ganhava na Globo – algunsi internautas brincaram sobre a situação da loira.

XUXA
Ver imagem no Twitter

 Foto: Twitter / Reprodução

 



 anderson-silva2

ex-campeão dos médios.

 Anderson Silva teve um bom retorno ao octógono ao ganhar de Nick Diaz. Mas, dois dias depois, o brasileiro teve a informação de que testou positivo em exame antidoping.

Em nota oficial, o UFC informou que comunicado pela Comissão Atlética de Nevada de que Anderson Silva testou positivo para substância drostanolona. O teste aconteceu no dia 9 de janeiro, quase um mês antes de seu combate com Diaz.



QUEIMADA VIVO

Capturado no fim de dezembro na Síria, o piloto jordaniano Muaz AL-Kasasbeh aparece sendo queimado vivo pelo Estado Islâmico em vídeo divulgado nesta terça-feira (3).

O primeiro-tenente de 26 anos teve sua libertação condicionada à soltura da mulher-bomba Sajida al-Rishawi pela Jordânia.

De acordo com O Globo, No vídeo de 22 minutos, Kasasbeh aparece como um apresentador jornalístico culpando o governo da Jordânia por sua morte, a exemplo dos outros reféns estrangeiros.

Com o olho repleto de hematomas, ele então é filmado em uma jaula, com rastros de petróleo. O primeiro-tenente é queimado, aos gritos, visto de perto por um esquadrão de fuzileiros.

A autenticidade do vídeo ainda não foi confirmada, mas a Jordânia deve se pronunciar em breve sobre a gravação.

Um membro da família disse à Reuters que o chefe das Forças Armadas do país confirmou aos parentes de Kasasbeh sua execução.



xuxa

Pensando nas principais contratações feitas pela Record nos últimos dez anos, o acerto com Xuxa é, de longe, o mais importante.

A Record contratou vários artistas e jornalistas da Globo nesta última década, mas nenhum com o peso de Xuxa – um nome que fez história na TV brasileira. Ana Paula Padrão também foi uma estrela na emissora carioca, mas passou primeiro pelo SBT antes de chegar à Record (em 2009).

O único nome que se compara ao da ex-rainha dos baixinhos seria o de Gugu Liberato (2009). Chegou a ser apontado como um possível sucessor de Silvio Santos, mas já não tinha mais tanto prestígio quando deixou o SBT. Para piorar, fracassou em sua primeira temporada na Record, encerrada em 2013 – está de volta este ano, com um novo contrato.

Outras duas contratações importantes recentes, as de Sabrina Sato (2013) e Cesar Filho (2014), não têm o peso simbólico que carrega o nome de Xuxa. A primeira, apesar do carisma, ainda tem muita estrada para percorrer. O segundo, em que pese a experiência e a versatilidade, não pode ser comparado, em termos de prestígio, a Xuxa.

A nova contratação vai dar certo na Record? Essa é a pergunta de um milhão de dólares.



Primeira surdocega do país aprovada em curso universitário é da Bahia

Contrariando a todas as dificuldades, a surdocega Janine Farias, de 22 anos, foi aprovada no curso de pedagogia da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) – segundo o Grupo Brasil de Apoio ao SurdoCego e ao Múltiplo Deficiente, ela é a primeira surdocega do país a ser aprovada em curso universitário. Ao G1, a mãe da universitária, Sandra Samara Farias, disse que a família está muito feliz. Natural de Barreiras, Janine aprendeu o braile e a língua de sinais. Ela passou pelo ensino infantil, fundamental e médio em escola normal. A mãe contou que, devido à falta de profissional para trabalhar com ela, se especializou, aprendeu a língua de sinais, o braile, fez diversos cursos, se graduou em pedagogia, se especializou em educação inclusiva e hoje está fazendo mestrado na área de surdocegueira. “Eu passei no vestibular na Uneb e fiquei muito feliz. Eu gritava, eu gritava de felicidade. Vou fazer pedagogia, vou ser professora. Eu desejo ensinar as pessoas o braile”, afirmou a jovem.



Caculé: Idosa cobra dívida e é violentamente agredida por vizinha

Na manhã de hoje (02), uma idosa foi levada em estado grave ao Hospital Nossa Senhora Aparecida, em Caculé. Segundo a polícia, Osvaldina Fernandes, de 89 anos, teria sido violentamente agredida por uma vizinha, identificada como Inês Maria dos Santos, que está foragida. Vizinhos relataram que a vítima foi agredida porque cobrou uma dívida de Maria Inês, que, em contrapartida, não gostou. De acordo com o Informe Cidade, como retaliação pela cobrança, a acusada agrediu a idosa, deixando-a com um corte profundo na testa e várias escoriações pelo corpo. Dona Preta do Hotel, como a vítima é conhecida na cidade, foi socorrida por vizinhos e ainda está internada. Os médicos avaliam o estado de saúde da idosa e a necessidade de remoção da paciente para um hospital maior.

FONTE: BRUMADO NOTICIAS


Desejos, distanciamento, tesão, raiva, mentiras, traições, fetiches, dissimulações, diferença de idade, impotência e fantasias…
Série da Globo retrata com realismo o que acontece dentro dos quartos dos casais.

Série trata com propriedade o cotidiano dos relacionamentos afetivos, gerando identificação com a vida real; sexóloga Maria Claudia Lordello comenta temas apresentados por atração

É difícil um casal assistir à série “Felizes Para Sempre?” e não se identificar com alguma das inúmeras questões que envolvem os cinco pares da trama. Desejos, distanciamento, tesão, raiva, mentiras, traições, fetiches, dissimulações, diferença de idade, impotência e fantasias. Todos estes temas estão lá na atração de fim de noite da Globo, escrita por Euclydes Marinho e dirigida por Fernando Meirelles . A dupla de criadores abre a porta do quarto e faz um verdadeiro inventário da vida a dois.

“A série é bem realista, mostra um cotidiano dos casais quase sempre escondido pelas produções da TV e do cinema. Ela quebra com uma idealização da vida a dois que as novelas e as comédias românticas exibem”, avalia a sexóloga e psicóloga Maria Claudia Lordello, que comentou a produção global a pedido do Delas.

FELIZES PARA SEMPRE
Na série, o casal Marília (Maria Fernanda Cândido) e Cláudio (Enrique Díaz) contrata a prostituta Danny Bond (Paolla Oliveira) para fazer um ménage à trois e esquentar a relação. Foto: Divulgação/TV Globo
Pressionada por Cláudio, Marília acaba topando o sexo a três, mas acaba desistindo de prosseguir no ménage. Foto: Reprodução
Mesmo não aceitando o ménage, Marília vai acabar se envolvendo afetivamente com Denise/Danny. Foto: Divulgação/TV Globo
Demonstrando furor sexual fora de casa, Cláudio não enxerga mais a mulher Marília como objeto de seu desejo sexual . Foto: Divulgação/TV Globo
‘Nome de guerra’ da personagem Denise, Danny Bond é uma prostituta que quebra tabus, ao demonstrar prazer com o seu trabalho . Foto: Reprodução/TV Globo
A invejável forma física de Paolla exibida na série foi um dos temas mais discutidos no País na última semana . Foto: Reprodução
Além de um passado obscuro e atribulado, Denise também tem em sua história uma vida dupla . Foto: Divulgação/TV Globo
Bissexual, Denise se relaciona com Daniela (Marta Nowill), mas esconde da namorada o seu trabalho como prostituta de luxo . Foto: Reprodução
Tânia (Adriana Esteves) e Hugo (João Miguel) também vivem uma relação com problemas. Escondido do marido que quer ser pai novamente, ela toma anticoncepcional . Foto: Divulgação/TV Globo
A personagem de Adriana acaba tendo um caso com seu chefe numa clínica de cirurgia plástica . Foto: Divulgação/TV Globo
Casada há quase 50 anos com Dionísio (Perfeito Fortuna), Norma (Selma Egrei) se vê surpreendida na vida afetiva ao atrair atenção de um homem mais jovem . Foto: Divulgação/TV Globo
Guilherme (Antônio Saboia) investe pesado para ficar com Norma, que fica tentada com a situação . Foto: Divulgação/TV Globo
Se conhecendo numa clínica de desintoxicação de drogas, Joel (João Baldasserini) e Susana (Carol Abras) têm uma turbulenta e violenta separação . Foto: Divulgação/TV Globo
SEXO A TRÊS 

Uma das cenas mais impactantes da primeira semana da série foi a do casal Marília (Maria Fernanda Cândido) e Cláudio (Enrique Díaz), que contratou a prostituta Danny Bond (Paolla Oliveira) para fazer um ménage à trois e esquentar a relação.  “Nós vivemos um momento de transição na sexualidade, que caminha para uma flexibilização do modelo de exclusividade. Cada vez mais as pessoas vão buscar alternativas de prazer, quebrando tabus”, aponta Maria Claudia, ressaltando que os dois parceiros têm que concordar com a fantasia.

Na cena, Marília acabou desistindo de continuar o sexo a três, dizendo que a prática era demais para ela. “Numa relação, cada parceiro tem os seus limites, que vão sendo testados ao longo do tempo. Você pode até achar que vai gostar de uma fantasia e na hora a experiência não ser tão prazerosa”, analisa a psicóloga.

PODER É AFRODISÍACO

O personagem Claudio também exemplifica outro aspecto em relação à sexualidade. Influente magnata dono de uma construtora, ele usa o seu status social como fator de sedução na relação com Danny. A prostituta, cujo nome verdadeiro é Denise, se encanta com a posição dele. “O poder é uma elemento de sedução, com grande apelo erótico para muitas pessoas”, afirma a psicóloga.

Por outro lado, Cláudio não exibe a mesma liberdade sexual com a mulher. Além de um comportamento machista, o magnata parece separar a sexualidade do afeto, segundo Maria Claudia. “Algumas pessoas não conseguem associar o sexo mais carnal com o amor. Para elas, são duas coisas que andam separadas.”

SEGREDOS E DISSIMULAÇÕES

Em seu realismo, “Felizes Para Sempre?” desmistifica a idealização de que os parceiros não terão segredos um para o outro. “Um casal é formado por duas pessoas independentes que não viram uma só quando se juntam. Cada um tem a sua individualidade, com necessidades e desejos próprios. E eles nem sempre vão contar tudo um para outro e isso não é necessariamente um problema”, avalia Maria Claudia.

Obviamente, os segredos também podem causar grandes problemas no futuro de um casal. Esse é o horizonte que parece se desenhar para as namoradas Denise (Paolla Oliveira) e Daniela (Marta Nowill). A personagem de Paolla omite da parceira a sua vida como prostituta de luxo Danny Bond. “Quem esconde algo assim, tira o direito de escolha do outro. A negação desse direito é algo difícil de ser perdoado”, explica a psicóloga.

As atrizes de 'Felizes Para Sempre?' interpretam mulheres em diferentes fases da vida afetiva e sexual feminina

As atrizes de ‘Felizes Para Sempre?’ interpretam mulheres em diferentes fases da vida afetiva e sexual feminina

ELE QUER FILHO, ELA NÃO

O casal Tânia (Adriana Esteves) e Hugo (João Miguel) também esconde um segredo com potencial de acabar com o relacionamento.  Ele sonha em ser pai pela segunda vez, mas ela esconde dele que toma pílula anticoncepcional e que não quer ser mãe novamente. O grande desejo da personagem de Adriana é manter sua ascensão profissional como cirurgia plástica de sucesso.

“Nem sempre os casais vivem o mesmo momento de suas trajetórias. É comum acontecer de uma parte querer focar na carreira profissional e a outra estar interessada na vida familiar”, aponta a psicóloga, lembrando que certos sonhos podem ser adiados por meio de uma acordo dos parceiros, mas dificilmente esquecidos. “Em algum momento o outro vai querer realizar o seu desejo. Se isso não acontecer, a relação pode chegar ao fim.”

BISSEXUALIDADE

Para Maria Claudia, a bissexualidade da personagem de Paola é outro exemplo de que vivemos um momento de transição em busca de uma maior abertura na sexualidade. “O futuro parece apontar para uma era em que as escolhas amorosas das pessoas não se basearão apenas no gênero. As pessoas quererem amar, independemente do sexo do parceiro “, projeta a psicóloga.

Outro fator interessante no personagem é o fato dela ter plena satisfação tanto relações heterossexuais quantos gays.  “Imagina-se que as pessoas exercem a bissexualidade alternando relações héteros e homossexuais. Mas elas também podem viver isso concomitantemente”, diz a psicóloga.

DIFERENÇA DE IDADE 

Outro tabu apresentado pela série é a relação entre pessoas com grande diferença de idade. “A série mostra a relação de uma mulher mais velha com um homem jovem, algo que é visto com muito preconceito pela sociedade. Mas não é incomum que homens jovens tenham mais atração por mulheres maduras”, ressalta Maria Claudia, se referindo ao personagem Guilherme (Antônio Saboia) que se encanta pela professora de sociologia Norma (Selma Egrei).

INFIDELIDADE

A infidelidade conjugal é algo que ronda a vida de todos os casais de “Felizes Para Sempre?”. O tema aparece no dia a dia dos cinco pares. “Desejar alguém que não o parceiro é algo que pode acontecer a qualquer um, a qualquer hora, e isso não acontece só quando as relações estão fragilizadas. Mas trair ou não trair é uma escolha de cada parceiro”, pondera a psicóloga, acrescentando que fazer sexo com alguém fora do casamento nem sempre significa falta de afeto pelo marido ou mulher.

“Muitos casais adotam o relacionamento aberto porque sentem que precisam variar sua vida sexual. Mas essa não é uma escolha fácil ou menos trabalhosa”, conclui Maria Claudia.



Um morador de Vitória da Conquista, Samerson Freire de Oliveira, de 31 anos, morreu vítima de afogamento na Barragem Água Fria II em Barra do Choça. O acidente ocorreu por volta das 16:30 horas deste domingo, 1º de fevereiro.

De acordo informações, Samerson com os seus amigos tomavam banho na Barragem. Eles nadaram de uma margem à outra, ao retornarem, os amigos continuaram nadando e a vítima não conseguiu alcançá-los. Os colegas imaginaram que ele estivesse mergulhando, mas ele não conseguiu e acabou se afogando.

O corpo da vítima foi retirado por Homens do Núcleo de Mergulhadores do 7º Agrupamento Militar de Vitória da Conquista, liderado pelo Cabo George. De acordo o militar, O corpo foi encontrado a quinze metros da margem e a 2,5 metros de profundidade. Samerson Freire era casado e tinha uma filhinha. O corpo foi resgatado e levado IML de Vitória da Conquista.

Fonte: ITAMBÉ AGORA


0