NA MADRUGADA DESTE DOMINGO (01) , FALECEU NO HOSPITAL SÃO VICENTE DE VITÓRIA DA CONQUISTA-BA, GABRIELA FERRAZ, CONHECIDA COMO GABI (AGENTE DE ENDEMIAS).

10384288_765042876876795_5191324700403681021_n

gabi3

Gabi como é carinhosamente conhecida na cidade de Itororó, trabalhava como Agente de Endemias  na zona rural.

Natural da cidade de Maiquinique, Gabi chegou a Itororó no final de 2009, passou no concurso da prefeitura e a alguns anos exercia sua função, ajudando as famílias da zona rural.

Gabi já tinha passado 15 dias na UTI ( Unidade de Terapia Intensiva), por complicações com Diabetes.gabi1

Logo depois que ela teve alta da UTI, começou a sentir falta de ar e perdeu a voz. Gabi passou por um procedimento cirúrgico conhecido como Traqueostomia (Cirurgia de Garganta). O procedimento foi realizado no hospital São Vicente.

Gabi vinha se recuperando, mas o orifício que foi aberto na garganta dela, não fechou por causa do diabetes que sempre estava descompensado.gabi2

O Corpo de Gabi está sendo velado na Capela do Hospital São Vicente e será sepultado amanhã (02) às 10:00 horas em Vitória da Conquista. O cemitério ainda não foi definido.

POR KELVES AZEVEDO



Anderson Silva não cai em provocações exageradas do americano, chuta sem medo com a recuperada perna esquerda e se emociona. Futuro é deixado em aberto.

anderson chute

A agonia de ficar longe do que mais ama durou 398 dias. Dúvidas e questionamentos não deixaramAnderson Silva em paz desde a fratura na perna esquerda na revanche contra Chris Weidman, em 28 de dezembro de 2013. Mas tudo isso se transformou em energia e força para o esperado retorno ao octógono. Os fãs de MMA aguardaram um bom tempo e agora podem desfrutar: a lenda está de volta. O Spider teve pela frente o americano Nick Diaz na noite deste sábado em Las Vegas (madrugada no Brasil), na luta principal do UFC 183, e cumpriu seu papel com êxito. Precisou de cinco rounds, é verdade, mas saiu com a vitória.

O brasileiro, que costuma tentar desestabilizar os adversários emocionalmente, experimentou o outro lado da moeda com Diaz e jogou as provocações e palhaçadas exageradas do rival para escanteio. Não teve medo de chutar com a recuperada perna esquerda e se sagrou vencedor por decisão unânime dos jurados (49 a 46, 50 a 45 e 50 a 45) após cinco rounds, em sua primeira luta a terminar na buzina final desde que bateu Demian Maia em 10 de abril de 2010. Na comemoração, o alívio, e Anderson caiu no choro, aos prantos. Foi o fim de um capítulo emocionante na história do maior nome das artes marciais mistas na atualidade.

Anderson Silva x Nick Diaz, UFC 183 (Foto: Getty Images)
Spider cai no chão e chora após ser anunciado vencedor em sua primeira luta pós-lesão (Foto: Getty Images)

– Eu não sei o que dizer. Obrigado, Deus, por me dar mais uma chance. Obrigado aos meus amigos e à minha família. Esse momento é muito importante para mim, para toda a minha família e para todos os brasileiros. Queria agradecer a todos vocês que estiveram aqui, a todos os brasileiros. Esse momento, para mim, é muito importante por conta de tudo o que sofri neste um ano. Achei que não ia voltar a lutar no começo. Queria agradecer ao Dr. Márcio Tannure, ao médico que me operou aqui, ao Dana White, ao Lorenzo Fertitta e a todo mundo que me apoiou até aqui – disse Anderson, emocionado, ao fim do duel

O futuro de Anderson Silva é uma incógnita. Com mais 14 lutas no contrato com o UFC, ele está com 39 anos e vive recebendo pedidos da família para que se aposente. Se depender do público, ele ainda lutará por muitos anos.

– Vou voltar para a minha família agora. Meu filho Kalyl pediu para eu parar de lutar. Então eu vou voltar para a minha casa para ficar com meus filhos e, não sei, talvez eu volte.

Anderson Silva x Nick Diaz, UFC 183 (Foto: Getty Images)Anderson Silva venceu Nick Diaz por decisão unânime no UFC 183 (Foto: Getty Images)

A LUTA: DOMÍNIO DO SPIDER

O frio na barriga na hora da entrada de Anderson foi geral na MGM Grand Garden Arena, mesmo palco de quando ele quebrou a perna, 13 meses atrás. O suspense até que as luzes fossem ligadas, após a escuridão momentânea, contribuiu para o cenário. E ele caminhou aparentando a maior tranquilidade do mundo. Cantou sua clássica música “Ain’t no sunshine” e cumprimentou todos da sua equipe. Subiu no octógono. Era chegado o momento, era para valer. Antes de começar, pediu proteção a Deus, apontando para o céu.

Bem ao seu estilo, Nick Diaz começou a falar e a fazer provocações a Anderson logo de cara. O americano tentou entrar na mente do Spider e até se jogou no chão. Foi para a grade e chamou o brasileiro, que ficou parado. Foi apenas uma prévia do que faria no decorrer da luta.

Anderson Silva x Nick Diaz, UFC 183 (Foto: Getty Images)

Nick Diaz deita e provoca Anderson Silva (Foto: Getty Images)

O ex-campeão soltou bons cruzados e acertou Diaz, que não esboçou reação. Nick jogou bons golpes. Anderson respondeu com chute baixo com a perna esquerda, aquela fraturada. E a torcida inteira passou a apoiá-lo. O brasileiro também fez as suas provocações. Ele encurralou Diaz e conectou bons jabs. Nick tentou um chute alto que pegou de raspão. A essa altura, o campeão dos pesos-meio-pesados, Jon Jones, e o desafiante número 1 dos pesos-penas, Conor McGregor, já estavam de pé na primeira fila. Jones, por sinal, praticamente trabalhou como instrutor de Anderson no combate, gritando dicas para Spider o tempo todo.

As provocações continuaram no segundo round, e a torcida brasileira passou a xingar Diaz com palavrões. Focado, Anderson não deu brecha para o azar. Nick jogou chutes baixos, e Anderson respondeu com um direto e outro chute com a perna esquerda. Diaz jogou boa combinação e por pouco não levou uma cotovelada no contra-ataque. Anderson conectou um chutaço na barriga; na sequência, botou a mão na cabeça do americano e levou três diretos, mas não sentiu.

PROVOCAÇÕES DE DIAZ NÃO SURTEM EFEITO

No terceiro assalto, Anderson deu um pisão no joelho de Nick Diaz e emendou outro chute baixo com a esquerda. Foi para cima e conectou joelhadas, mais golpes de boxe. Nick, com o rosto parcialmente ensanguentado, cuspiu o protetor bucal e sem ele ficou até o fim do round, sem que o árbitro John McCarthy percebesse. Sem ter resultado nas provocações, o americano foi perdendo cada vez mais espaço na luta, enquanto Anderson ia soltando o jogo.

Anderson Silva x Nick Diaz, UFC 183 (Foto: Getty Images)Nick Diaz vira de costas para o brasileiro durante o combate (Foto: Getty Images)

– Eu estava dizendo: “Vamos lá. Me bata, venha apanhar um pouco”. Eu vou falar o que falo, fazer o que faço. Esse foi um grande show. Esse é Anderson Silva – explicou Nick Diaz, que foi elogiado por Anderson, apesar das palhaçadas.

– Nick é o melhor. Eu já estou aqui há muito tempo. É a primeira vez na minha vida que eu luto contra um cara mentalmente forte, que tem golpes e chutes potentes. Esse é um grande show para as pessoas. Ele é um bom show, eu também. Ele não é um cara mau. É apenas Nick Diaz.

Os dois se movimentaram muito no começo do quarto round, e Diaz acertou bela combinação de boxe. Com a guarda baixa, Anderson saiu de vários golpes do americano. Nick foi no chute baixo e levou prejuízo no contra-ataque. O chute alto passou raspando o rosto dele. Diaz voltou a provocar e fez polichinelo no octógono. O ritmo do combate diminuiu, e o público ensaiou algumas vaias.

Diaz deu a cara para Anderson bater no início do quinto assalto, dançou e foi vaiado. Anderson foi para cima no boxe, mas ficou na defesa. O americano deu leve balançada em Anderson com um cruzado de esquerda e levou um chute alto na cabeça como resposta. Nick se animou, mas foi para trás com um jab potente. O Spider jogou joelhada voadora e chute alto rodado, ambos passando perto. Nos momentos finais do duelo, o brasileiro não deu brecha para uma surpresa de Nick e, ao soar do gongo, saiu comemorando. Ele sabia o que estava por vir: a vitória que consagrou seu retorno ao MMA após 13 meses longe de seu habitat natural



Neste sábado (31), o Blog do Kelves está sorteando 2 ingressos do Lagoa Indoor, a festa que arrasta multidões.

Para  participar basta apenas deixar seu comentário na pergunta:

Qual o Blog que está Bombando na Região?

10955760_813177898749714_1721758833277601472_n-720x720

Não perca essa chance você pode ser o ganhador, o sorteio acontece dia 01 de fevereiro  às 14 horas.

Participe e concorra! Você pode ir ao Mega Evento no 0800!

Corra  e deixe seu comentário ou ligue e deixe seu nome:

(73) 9969-0086

POR KELVES AZEVEDO



Após ficar 13 meses se recuperando da fratura na perna sofrida na luta contra Weidman, Anderson Silva está de volta ao octógono neste sábado dia 31/01/2015 contra o norte-americano Nick Diaz. Em entrevista ao UFC ele disse que vai ser uma luta muito equilibrada e que seu adversário é muito forte, mas se mantém confiante ao dizer que vai ser uma luta que os fãs vão querer ver todos os dias.

“Nick Diaz é um cara perigoso. Ele está quase na mesma situação que eu, muito tempo sem lutar, mas é um desafio pra ele e pra mim. O mais importante é o teste marcial que ambos vamos ter. Acho que essa luta vai ser uma luta que as pessoas vão parar para ver, e depois que passar vão querer ver todos os dias. Tenho certeza disso”, disse Spider ao site do UFC.

anderson-silva2

Ele disse que suas lutas contra Weidman foi uma nuvem negra em sua carreira de invencibilidade, “Por muito tempo as pessoas acharam que eu era invencível, mas ninguém é invencível. Todo mundo tem o seu momento da nuvem negra. Todo mundo tem. E todo mundo tem um momento mágico. O meu momento mágico durou oito anos. Nunca imaginei perder da maneira que perdi e nunca imaginei na minha vida me machucar como me machuquei”, disse Anderson.

Toda sorte do mundo ao nosso Campeão SPIDER!!!!



Muito tem se falado a respeito de Marco Archer, o brasileiro que foi executado há dois dias na Indonésia. Algumas pessoas acham que o governo indonésio errou, e é severo, além do aceitável, com situações como essa. Outros, concordam com a atitude irredutível do presidente do país perante às súplicas da presidente brasileira (que tentou até recorrer ao Papa, vejam só). Cada um com seu ponto de vista, e a vida continua linda para nós, não traficantes de drogas, que moramos no Brasil. A questão é: a vida também continua para marginais, criminosos, e traficantes de drogas, que vivem no Brasil. A vida continua linda para eles, e mais linda ainda para Marcola, um dos maiores criminosos que esse país já conheceu.

Sabe quem é Marcola? Ninguém menos que o chefão do PCC (Primeiro Comando da Capital), a uma das mais perigosas facções criminosas do Brasil.  Marcola foi preso há 27 anos atrás, e hoje é um dos detentos no presídio de segurança máxima Presidente Vencislau. Marcola, ou Marcos Willian Herbas Camacho, foi preso aos dezessete anos, e desde então tem “trabalhado à distância”. O que quero dizer com isso? Marcola nunca se desligou da facção, sempre manteve contato com seus comparsas através do celular e internet (o que ele tem livremente), e continua, até hoje, apontado como um dos grandes cabeças por trás do PCC. Porém, vejam que coisa linda: Marcola terá sua liberdade novamente, em apenas três anos. Sim, ele que foi condenado a quase 234 anos de cadeia, recebeu a bênção da lei brasileira, que afirma que nenhum detento deva ficar preso por mais de trinta anos. Ou seja, em três anos, Marcola, que estará com 49, completará trinta anos de pena, por isso, estará livre.

O Brasil é ou não é o melhor país para se viver? Especialmente para criminosos e traficantes de drogas! Marco Archer mandou mesmo muito mal em ter saído daqui.

E você? Concorda com tal lei brasileira? Ou acha que Marcola deva cumprir todos os seus 234 anos de pena? Conte-nos nos comentários.



A cidade de Itabuna, no sul do estado, apresentou o pior índice de homicídios na adolescência no país, com 17,11 mortes para cada mil habitantes. Os dados foram apresentados ontem pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR).

A pesquisa é promovida desde 2007 e tem como parceiros o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), o Observatório de Favelas e o Laboratório de Análise da Violência da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (LAV-UERJ). O levantamento apontou cinco cidades baianas entre as 20 mais violentas para adolescentes em todo o Brasil.

Camaçari ficou em quinto lugar com 9,82; Vitória da Conquista está na oitava colocação com 8,7; Salvador fica em nono, com 8,32, e Feira de Santana ocupa a 13ª posição no ranking no país, com 6,79 assassinatos para cada mil pessoas. Ou seja, quatro dos 10 municípios com maior valor, incluindo o valor mais alto, pertencem ao estado da Bahia.



potiragua

Enquanto os prefeitos da região se movimentam para buscar, empreendedores e investimentos para suas respectivas cidades, Itapetinga dorme e só perde postos de trabalho.

ZE-CARLOS-COCHILANDO

Através desse simples texto, você vai perceber que em (Itapetinga), estamos fora do contexto da geração de emprego e renda. Às cidades de Itororó, Firmino Alves, Itambé e outras mais, já estão com os pavilhões ocupados e gerando emprego.

Os diretores da fabrica de CONFECÇÕES BOZZI, estiveram em Itapetinga a aproximadamente dois anos, olharam o pavilhão que está desocupado no bairro Quintas do Sul e fechou um acordo, garantindo ficar com o pavilhão e gerar em torno de 120 empregos.

Em contra partida, solicitou da prefeitura que a mesma fizesse convênios com o SENAI E PRONATEC, para que os possíveis funcionários tomassem cursos de corte e costura.

Pediu também que o pavilhão fosse reformado e que se colocasse um transformador de energia, pois o que estava instalado lá desapareceu e junto levaram a fiação.

O prefeito nada fez, e os diretores da BOZZI, acabaram desistindo de instalar à fábrica em nosso município.

Para não ficar de incompetente, o prefeito foi instruído a entregar o Pavilhão, que iria gerar 120 empregos, para a fabrica  BÁRBARA KRÁS fazer um CD ( centro de distribuição de materiais), o qual deve gerar em torno de 6 empregos.az4az5AZALEIA

Para complicar ainda mais, a fabrica VULCABRAS/AZALEIA demitiu hoje, 670 pais e mães de família, usando como argumento apenas a redução de custo.  Será que esses trabalhadores não eram produtivos?

Fonte: Blog do Tarugao



Até pouco mais da metade do século XX todas as famílias eram constituídas da mesma forma: pai, mãe e filhos. Os pais eram casados na Igreja e os filhos ali batizados. Pouquíssimas eram as exceções. A partir dos anos 60, 70, outras formas de convívio, infelizmente, foram surgindo. Muitos casais deixaram de se unir em matrimônio perante Deus, na Igreja, e a dúvida surgiu: é possível batizar os filhos desses casais que não receberam o sacramento do matrimônio?

Como mãe e mestra, a Igreja sempre acolhe seus filhos e não seria diferente para com essas crianças. Para tanto, basta que os pais, ou apenas um dos cônjuges ou ainda quem, de forma legítima, fizer as suas vezes, consintam no batismo. Outro fato importante e que a Igreja recomenda é de que “haja fundada esperança de que [a criança] será educada na religião católica; se essa esperança faltar de todo, o batismo seja adiado segundo as prescrições do direito particular, avisando-se aos pais sobre o motivo.” (CDC 868)

Esse cânon deixa claro que a criança cujos pais não são legitimamente casados pode – e deve – ser batizada. Para tanto, basta que alguém próximo, normalmente a avó, tenha a reta intenção de educar a criança na fé católica e que um dos pais consinta, ainda que o outro se oponha. O que é indispensável, nesse caso, é que seja feita uma boa escolha dos padrinhos, pois, a eles caberá a missão de garantir à criança o acesso a uma educação católica e à Igreja.

Existe ainda a possibilidade de somente um dos pais dessa criança ser católico. Aos olhos da Igreja, o cônjuge católico encontra-se em pecado, posto que vive maritalmente sem ter recebido o sacramento do matrimônio. Para ele, a Igreja oferece também uma solução, pois entende que o casamento civil, por si só, já é um consentimento manifestado por ambas as partes de que desejam estar casados. Assim, basta que deem início ao pedido de sanação radical do matrimônio.

Conforme se sabe, esta medida visa a convalidar um matrimônio nulo, sem que seja necessária a renovação do consentimento. A sanação só pode ser “concedida pela autoridade competente, trazendo consigo a dispensa do impedimento, se o houver, e também da forma canônica, se não tiver sido observada, como ainda a retroação dos efeitos canônicos ao passado.” (CDC 1161)

A sanação radical pode ser aplicada quando apenas um dos pais é católico. Essa possibilidade é contemplada pelo cânon 1163, do mesmo código, quando diz que “pode ser sanado, o matrimônio nulo por impedimento ou por falta de forma legítima, contanto que persevere o consentimento de ambas as partes.”

Ora, como já existe a vontade de se casar, pois os pais já o fizeram no civil, é possível, então, procurar o Bispo diocesano, o qual está apto a oferecer esse remédio canônico para que o cônjuge católico possa voltar à comunhão da Igreja e receber os sacramentos.

Como se vê, a Igreja procura acolher todos os seus filhos e contemplar, com seus olhos de mãe, todas as situações pelas quais eles possam passar, propiciando para que retornem ao seu seio pelo amor e acolhimento.



caminhão

A partir de 30 de abril, os motoristas que forem obter ou renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias C, D e E serão obrigados a fazer exame toxicológico de larga janela.

Para o exame será utilizado para identificar ou não o consumo de drogas como a maconha e derivados, cocaína e derivados incluindo, crack e merla, opiáceos incluindo codeína, morfina e heroína, “ecstasy” (MDMA e MDA), anfetamina e metanfetamina por longos períodos.

As informações são da Agência Brasil. Para o teste será coletado material biológico que poderá ser cabelos ou pelos; na ausência destes, unhas. O exame deverá ser realizado em clínicas credenciadas pelo Departamento Nacional de Trânsito.

Caso o laudo, que terá validade de 30 dias, constate a utilização de drogas ou substâncias proibidas, o motorista será considerado inapto temporário, ou seja não poderão obter a CNH.

Para conseguir a autorização para obter ou renovar a CNH, o exame do motorista deve apresentar resultados negativos para um período mínimo de 90 dias, retroativos à data da coleta.

De acordo com resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), publicada hoje (30) no Diário Oficial da União, os motoristas que não se submeterem ao exame também serão considerados inaptos temporários ou inabilitados enquanto não apresentarem o laudo negativo do exame toxicológico.

De acordo com o Contran, a medida atende dispositivo da Lei 12.619, de 30 de abril de 2012, conhecida como Lei do Motorista, que obriga o condutor das categorias C, D e E a submeter-se a teste e a programa de controle de uso de droga e de bebida alcoólica, instituído pelo empregador, com ampla ciência do empregado.



Um homem que nasceu sem grande parte do lado esquerdo de seu corpo vem se tornando inspiração para as pessoas.

Luke Ericson nasceu sem a maior parte do pulmão e sem o braço esquerdos. Desde criança, ele insistiu em fazer tudo sozinho, recusando-se a tomar o caminho mais fácil.

Agora, adulto, ele tem uma missão: mostrar as outras pessoas que nascem com deficiência e aqueles que enfrentam um caminho difícil a perseverar, nunca desistir e ‘ser ao melhor pessoa que puder’.

O atleta tem trabalhado duro na academia para construir a sua força realizando concursos globais.

1612

Luke Ericson nasceu sem parte do corpo, do lado esquerdo, mas mostra sua missão de inspirar outras pessoas superando sua deficiência e construindo um corpo escultural.

Para compartilhar sua jornada e inspirar outras pessoas, ele criou uma série de vídeos mostrando sua rotina de treinos.

1664

Em novembro de 2014 Luke embarcou em seu mais recente projeto com seu amigo e cinegrafista, Andrew Rizer, para produzir um novo filme que busca mostrar a sua preparação antes do Festival de Fitness Wodapalooza, que acontecerá em Miami – um evento de três dias, com mais de 1.100 atletas de oito países participantes.

1666

O atleta, que vive no Havaí, disse em sua página no Kickstarter: “Eu vi o efeito da minha história em outros atletas adaptados. (…) Comecei com uma ou duas pessoas me assistindo, em seguida, na minha primeira competição, foram centenas e agora são milhares. Todos os dias eu recebo mensagens e cartas sobre a forma como a minha história inspirou e incentivou outras pessoas a vencerem as suas próprias barreiras e obterem sua vida de volta.”

16666

Segundo Luken, isso foi o que o inspirou a fazer um documentário sobre suas próprias experiências. Ele diz que faz isso porque cada diferença que realiza na vida de uma pessoa vale apena.

Luken desenvolveu a escoliose e há oito anos os médicos o diagnosticaram com diabetes tipo 1, mas isso também não o impede ou o desanima. Ele conta que começou a receber olhares estranhos quando ia para a academia, mas que nunca deixou que eles o intimidassem.

Suas fotos e vídeos foram compartilhados e curtidos gostei em mídias sociais mais de 300.000 vezes.



Um exemplo de honestidade em Barretos

Catadora Ana Maurícia dos SantosUma catadora de recicláveis encontrou doações ao Hospital de Câncer de Barretos e fez questão de devolver. A boa ação rendeu a ela um novo emprego.

No meio de papelões e plásticos que ficam no depósito de recicláveis do Hospital de Câncer de Barretos, Ana Maurícia dos Santos Cruz encontrou um envelope e uma agenda. Quando chegou em casa à noite, abriu o envelope e descobriu que estava com cheques que somavam R$ 250 mil, todos nominais ao hospital. A doação foi arrecadada em um leilão realizado em Mato Grosso.

“Eu peguei a agenda, achei muito bonita e coloquei dentro do caminhão. Mas não cheguei em momento nenhum a olhar a agenda por dentro. Depois que eu voltei, sete e pouca da noite, do serviço, fui ver lá a agenda aí eu vi o envelope embaixo, mas eu não imaginava que tinha cheque dentro. Na hora que eu abri, tinha cheque, levei um susto, porque tem bastante cheque, né? Muito valor ali dentro”, conta Ana Maurícia.

A boa ação rendeu um novo emprego para Ana Maurícia, que sempre sonhou em trabalhar no hospital.



sem-banho

Amou Hadji, iraniano, 80 anos, não toma banho a 60 anos.

Autorizou fazer uma breve série de fotos que detalha o que pode acontecer com o corpo humano.

Não surpreendentemente, Hadji tem um odor profundo e sua pele é dura e escamosa.
Hadji é sem-teto e se recusa a comer alimentos ou beber água limpa.
Sua comida favorita é porco-espinho morto e ele fuma regularmente um tubo preenchido com fezes de animais.
Hadji afirma que ele escolheu este estilo de vida para ficar em contato  com a terra.

O último recorde de maior tempo de ir a chuveiros pertencia a um homem de 66 anos, indiano, Kailash Singh, que não tinha tomado um banho a mais de 38 anos.
Não para nossa surpresa, quando foi procurada a razão por trás da maneira Amou Haji levar a vida, descobriu-se que ele havia passado por alguns reveses emocionais em sua juventude e desde então decidiu viver uma vida isolada.
Ele escapou das mãos de alguns jovens que lhe ofereceram um banho, porque ele acredita limpeza traz doença.

Fonte: World Online Observer



0