Triste: Consternados, familiares e amigos lamentam morte de Carlos Geovane, soldado da PM


Antes ele postou uma mensagem no Facebook dizendo que ia se matar. Policial foi encontrado morto em sua residência, na manhã desta terça (31).

O soldado da policial militar de Ilhéus, Carlos Geovanne Castro Araújo, cometeu suicídio em sua própria residência, situada na 5ª travessa da Avenida Princesa Isabel. O policial, segundo informações, é filho do cantor ilheense Bebeto. O corpo foi encontrado em decúbito dorsal, trajando short preto, com um revólver junto ao corpo na mão direita, com uma lesão próximo ao queixo. Até o momento, não se sabe o que motivou o PM tirar a própria vida. O DPT foi acionado para o levantamento cadavérico e, posteriormente, necrópsia. O clima é de muita tristeza na localidade, onde o policial residia. As informações são do Fábio Roberto Notícias. Carlos Geovane anunciou seu próprio suicídio no Facebook:

“Aos que me amam me perdoem se minha atitude pareça egoísta mas é a única forma que eu tive de encontrar saída para os meus problemas . O que eu tenho a falar é que nunca julguem uma pessoa depressiva e/ou uma pessoa com tendências suicidas, pois apesar de mórbida que for nossas decisões sabemos que a única forma de resolver (infelizmente) é assim .. eu não queria me matar , eu queria viver , mas tudo foi contrário a minha progressão em todas as áreas da minha vida , e aqui fica o meu adeus aqueles que gostaram de mim genuinamente , eu amo vocês , e tenham certeza que qualquer lugar que eu for é melhor que esse inferno que eu vivo .. Adeus”