Triste: Garotinha de 2 anos morre atropelada pela mãe, quando deu marcha à ré no carro

Ana Beatriz, que passou atrás da caminhonete, chegou a ser levada para o Hospital de Urgência, mas morreu minutos depois. Pais estão sob efeito de sedativos.

Uma menina de apenas dois anos morreu após ser atropelada acidentalmente pela mãe. Ana Beatriz Pismel de Paula passava por trás do carro no momento em que a mãe dava ré para arrumar o veículo dentro da garagem. A tragédia ocorreu no bairro Morada do Sol, em Rio Branco. Muito abalada, a tia da menina Maria José Pismel, contou que Ana Beatriz chegou a ser levada para o Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), mas morreu minutos depois. “Ela estava dentro de casa [menina] brincando quando viu a mãe dela. Foi muito rápido. Eu não estava em casa, meu filho estava lá, viu tudo e está em choque. Ela não viu porque o carro é grande, é uma caminhonete alta. [Ana Beatriz] ainda gritou ‘mãe, mãe’ e correu por trás do carro”, relembrou emocionada.

Maria José relata que a garotinha ficou embaixo do carro e o avô e o primo levantaram o veículo para retirará-la. Ainda conforme a tia, a menina foi levada ao hospital pelo pai. O acidente ocorreu na tarde do último domingo (31) “Foi uma cena terrível. O pai dela e minha outra irmã levaram para o hospital. Meu filho chegou gritando, chorando muito e achei que tinha sido minha mãe, que está internada na UTI.

Eu tinha passado a tarde brincando com ela aqui em casa”, falou. Os pais de Ana, segundo a tia, estão sob efeito de sedativos, na casa de parentes na cidade de Senador Guiomard, interior do Acre, e não querem voltar para a casa. “Não quer voltar para cá. Disse que não quer mais entrar nessa casa. Nenhum parente quer entrar lá. Isso não vai sair da mente dela. Estamos orando para superar. Não é fácil”, lamentou.

Fonte: Rede Amazônica.



Comentários

Os comentários estão fechados.